Abrir menu principal

Arábia

península no sudoeste da Ásia
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Arábia (desambiguação).
Arábia ou Península Arábica

Mapa da Arábia ou Península Arábica

Localização da Arábia ou Península Arábica no globo terrestre.
Gentílico Árabes
Vizinhos Levante (Mediterrâneo)
Divisões  
 - Países 9
 - Dependências Nenhuma
Área  
 - Total 3 237 500 km²
 - Maior país Arábia Saudita
 - Menor país Barém
Extremos de elevação  
 - Ponto mais alto Jabal an Nabi Shu'ayb
 - Ponto mais baixo
População  
 - Total 77 983 936 habitantes
 - Densidade hab./km²
Idiomas Árabe é a língua mais difundida.
Imagem de satélite da península Arábica.

A Arábia, também conhecida como península Arábica ou Árabe, é uma península no sudoeste da Ásia e situada ao nordeste da África na placa árabe. De uma perspectiva geológica, é considerada um subcontinente asiático.[1][2] É uma região majoritariamente de clima desértico.

É a maior península do mundo, com 3 237 500 km².[3][4][5][6][7] A Arábia consiste na Arábia Saudita, no Bahrein, no Catar, no Emirados Arabes Unidos, no Iêmen, no Omã e no Kuwait, e partes da Jordânia e do Iraque.[8]

Índice

GeografiaEditar

A península Arábica é localizada no Oriente Médio, a leste da Etiópia e ao norte da Somália, ao sul da Palestina, da Jordânia e da Mesopotâmia, e ao sudoeste do Irã. A península é banhada pelo Mar Vermelho e Golfo de Ácaba, na costa oeste, pelo Golfo Pérsico e pelo Golfo de Omã, na costa leste, e pelo Mar Arábico e Golfo de Masira.

EtimologiaEditar

O nome próprio árabe (e cognatos em outras línguas) tem sido utilizado para traduzir várias palavras com grafias semelhantes e foneticamente diferentes, de textos antigos e clássicos que não têm necessariamente o mesmo significado ou origem. A etimologia do termo está, naturalmente, relacionada com o nome da Península Arábica. Gustave E. von Grunebaum, no seu livro islâmico clássico diz que uma tradução aproximada é imigrante ou nómada.[9]

HistóriaEditar

A região foi tradicionalmente habitada por povos nômades, devido à escassez de água e a aridez do solo, que tornam a região inapropriada para a agricultura. Durante muitos anos, a maior parte dos países que a compõem estiveram atrasados no âmbito da tecnologia. No século XX, o achado de enormes reservas de petróleo na península permitiu aos países da região fomentar um importante desenvolvimento econômico, e suas casas reais se encontram entre as mais ricas do mundo.

AntiguidadeEditar

 Mais informações: Arábia romana

A região era habitada por sírios, judeus e pastores.[10] As cidades eram governadas por um rei, mas a sucessão não era de pai para filho.[11] Em vez disso, assim que um novo rei assumia, todas as esposas grávidas dos nobres eram registradas, e sua gravidez acompanhada.[11] O primeiro filho a nascer seria adotado e educado pelo rei, como seu sucessor.[11]

PeregrinaçõesEditar

Tribos de vida sedentária e mercadores eram influenciados por comerciantes judeus e cristãos das cidades árabes interioranas e do litoral a atrair tribos instaladas nos arredores para peregrinações religiosas que acabavam por transformar-se em grandes feiras.

Pode-se dizer que graças a estes mercadores e tribos houve tempos de paz durante os conflitos. Isso porque, devido ao sucesso das peregrinações, ficou estabelecido desde o século V que durante quatro meses suspender-se-iam os conflitos entre as tribos para que as peregrinações aos estupendos templos cúbicos ocorressem.

Esses grandiosos templos eram constituídos em geral de pedra e guardavam divindades cultuadas pelas várias tribos da Arábia.

Essas peregrinações, alimentadas pelas tréguas, tornaram a cidade de Meca um dos maiores centros religiosos da península.

AtualidadeEditar

Apesar do crescimento devido à exportação do petróleo, a instabilidade política da região e o ainda incipiente desenvolvimento das áreas econômicas não relacionadas com a exploração de hidrocarbonetos ameaçam o futuro da região quando as reservas comecem a esgotar-se.

Medina e Meca, as duas cidades sagradas do Islã encontram-se na Arábia. Os muçulmanos devem peregrinar a Meca uma vez na sua vida, desde que possuam condições físicas e financeiras para tal. Isso faz com que, a cada ano cheguem alguns milhões de muçulmanos de todo o mundo a visitar a cidade.

PaísesEditar

Os seguintes países constituem, com toda a sua área, a península Arábica.

  •   Arábia Saudita: 1.960.582 km² - 24.300.000 habitantes
  •   Bahrein: 665 km² - 670.000 habitantes
  •   Emirados Árabes: 83.600 km² - 3.500.000 habitantes
  •   Iêmen: 527.970 km² - 20.000.000 habitantes
  •   Kuwait: 17.818 km² - 2 596 799 habitantes
  •   Omã: 212.460 km² - 3.000.000 habitantes
  •   Catar: 11.437 km² - 770.000 habitantes

Parte do Iraque e da Jordânia fazem parte da península. A Arábia Saudita é o maior país da Arábia tanto em área quanto população, e por sua influência, é considerada uma potência regional. O Bahrein, ainda que seja um arquipélago, é parte da região da península Arábica.

Referências

  1. McColl, R. W. (14 de maio de 2014). Encyclopedia of World Geography (em inglês). [S.l.]: Infobase Publishing. ISBN 9780816072293 
  2. «Arabian Peninsula». World News (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017 
  3. Niz, Ellen Sturm (10 de abril de 2006). Peninsulas (em inglês). [S.l.]: Capstone. ISBN 9780736861427 
  4. McColl, R. W. (14 de maio de 2014). Encyclopedia of World Geography (em inglês). [S.l.]: Infobase Publishing. ISBN 9780816072293 
  5. Condra, Jill (9 de abril de 2013). Encyclopedia of National Dress: Traditional Clothing Around the World [2 Volumes] (em inglês). [S.l.]: ABC-CLIO. ISBN 9780313376375 
  6. Dodge, Christine Huda (1 de abril de 2003). The Everything Understanding Islam Book: A Complete and Easy to Read Guide to Muslim Beliefs, Practices, Traditions, and Culture (em inglês). [S.l.]: Simon and Schuster. ISBN 9781605505459 
  7. «15 Largest Peninsulas In The World». WorldAtlas (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2017 
  8. Geopolitics of the World System - Página 337, Saul Bernard Cohen - 2003
  9. Grunebaum, G. E. von (1970). Classical Islam: A History 600 A.D. - 1258 A.D.. Aldine Publishing Company. ISBN 0-202-15016-X
  10. Estrabão, Geografia, Livro XVI, Capítulo 4, 2
  11. a b c Estrabão, Geografia, Livro XVI, Capítulo 4, 3

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arábia