Araranguá Esporte Clube

O Araranguá Esporte Clube é um time de futebol amador da cidade de Araranguá, localizada no sul de Santa Catarina. Foi fundado no dia 30 de Junho de 1981. Disputou em diversas oportunidades a segunda divisão estadual profissional.

Araranguá
Araranguá-EC.png
Nome Araranguá Esporte Clube
Mascote Arara
Fundação 30 de junho de 1981 (41 anos)
Estádio Estádio Municipal de Araranguá (em construção)
Capacidade 1.200 pessoas
Localização Bandeira ararangua.jpgAraranguá Santa CatarinaSC BrasilBrasil
Presidente Brasil Filipe Sasso
Competição Santa Catarina Campeonato Catarinense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

HistóriaEditar

O futebol foi no início do século XX, ao lado do remo, uma das atividades esportivas mais praticadas em Araranguá. Com o advento desses esportes na região surgiu o Fronteira Foot Ball Clube, oficialmente criado em 1º de setembro de 1932. O primeiro clube da cidade a se destacar foi o Campinas, que atuou em 1939 no primeiro campeonato da AESC – Associação Esportiva Sul Catarinense, hoje Liga Tubaronense de Futebol. Em 21 de julho de 1948 é fundado o Grêmio Esportivo Araranguaense, clube que disputou algumas edições do campeonato catarinense profissional na década de 1950. A união do Grêmio Esportivo Araranguaense com o Fronteira Futebol Clube deu origem ao Grêmio Fronteira, sede esportiva dos clubes de futebol. O Araranguá Esporte Clube surgiu em 3 de junho de 1981, estreando cinco anos mais tarde no futebol profissional, tendo como sede, o mesmo Grêmio Fronteira. Palco dos espetáculos futebolísticos, o estádio reunia diversas pessoas – que na falta de arquibancadas – se equilibravam como podiam para espiar do lado de fora o espetáculo dos gramados.[1]

Assim que estreou nos gramados o Araranguá Esporte Clube tornou-se campeão. O ano era o de 1988, quando então conquistou a primeira colocação na segunda divisão do campeonato catarinense. Mas os tempos de glória estavam só começando. Três anos mais tarde, em 1991, o Araranguá se sagrou vencedor da Copa Santa Catarina. O título foi conquistado diante do Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Também disputou durante 5 anos consecutivos a elite do futebol catarinense, com destaque à campanha de 1993, quando alcançou a quarta colocação.[1]

Em 1995 o clube licenciou-se do futebol profissional, retornando no futebol amador em 2014 com a conquista da Segunda Divisão da LARM (Liga Atlética da Região Mineira), vencendo o Turvo por 2 x 1 na cidade de Turvo. Em 2017, após vencer a primeira divisão da LARM, tornou-se a maior potência do futebol amador do sul do estado. O clube pretende se profissionalizar novamente no ano de 2020, após a conclusão do estádio municipal.

 
Escudo Antigo

O AEC planeja voltar a disputa de torneios profissionais desde 2017, o único impecilio é que mesmo após quase 6 anos, as obras do Estádio Municipal de Araranguá ainda não estão concluídas. O planejamento do clube é entrar na disputa da Série C assim que o estádio estiver concluído.[2][3]

EstádioEditar

Durante o período em que o Araguaguá jogou no futebol profissional os jogos em casa eram realizados no estádio Grêmio Fronteira, localizado na Avenida XV de Novembro, no centro da cidade. Com a demolição do estádio no centro da cidade em 1995, o Araranguá desde 2014 vem mandando seus jogos em vários campos diferentes.

Em seu retorno ao futebol amador, começou mandando seus jogos no CT Emerson Almeida, no bairro Mato Alto, em Araranguá, onde mandou seus jogos no ano de 2014 e 2015. Durante o ano de 2016 exerceu o mando de campo no Estádio da Casa Lar, no Bairro Polícia Rodoviária da cidade de Araranguá. Já no ano de 2017 jogou no Estádio Dite Freitas, que fica no Bairro Morro dos Conventos, também na cidade de Araranguá. A partir do ano de 2018 começou a mandar deus jogos no Estádio Municipal Antonio da Rocha, que fica na cidade de Maracajá.

Está em construção o Estádio Municipal de Araranguá, com recursos captados pelo poder público municipal e que vai servir ao AEC. O projeto foi aprovado em 2015 pela Caixa Econômica Federal e mas obras só começaram no ano de 2016. O investimento é de R$ 4,2 milhões. O futuro estádio localiza-se no antigo campo de aviação, na zona Sul de Araranguá, e terá capacidade para 1,2 mil torcedores e um gramado de 100 x 65, mais vestiários, pista atlética e salas de apoio.

TítulosEditar

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
  Copa Santa Catarina 1 1991
  Campeonato Catarinense - Série B 1 1988
Regionais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Regional da LARM - 1° Divisão 1 2017
  Campeonato Regional da LARM - 2° Divisão 1 2014

ParticipaçõesEditar

Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Série A 7 5º colocado (1993) 1989 1995
Série B 3 Campeão (1988) 1986 1988 1

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b PASSOS, André Fernandes (28 de junho de 2015). «A histórica participação do Araranguá Esporte Clube na Copa de Santa Catarina de 1991 e 1992.». Correio do Sul 
  2. «Araranguá pode jogar a Série C». TNSul. 20 de junho de 2020. Consultado em 3 de abril de 2021 
  3. «Agora vai? Iniciada há 4 anos, Arena Poliesportiva Municipal pode ficar pronta em 2020». UaAaU. 20 de junho de 2020. Consultado em 3 de abril de 2021 
   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.