Aristarkh Belopolsky

Aristarj Apolónovich Belopolski (em russo: Аристарх Аполлонович Белопольский, também citado como A. A. Belopol'skiy; Moscou, janeiro de 7Pulkovo, Oblast de Leningrado, 16 de maio de 1934) foi um astrônomo russo-soviético. Além de identificar diversas estrelas binárias, descobriu a rotação diferencial das franjas de Júpiter e a natureza fragmentária dos anéis de Saturno.

Aristarkh Belopolsky
Nascimento 1 de julho de 1854
Moscovo
Morte 16 de maio de 1934 (79–80 anos)
São Petersburgo
Residência Império Russo
Sepultamento Pulkovo Observatory cemetery
Cidadania Império Russo, União Soviética, Rússia bolchevique
Alma mater
  • Faculty of Physics and Mathematics of Moscow Imperial University
Ocupação astrofísico
Prêmios
Empregador Krasnopresnenskaja Observatory MSU, Observatório de Pulkovo

Belopolski graduou-se na Universidade Estatal de Moscou em 1876, e em 1878 começou a trabalhar como ajudante de Fyodor Bredikhin no Observatório de Moscou. Em 1888 começou a trabalhar no Observatório de Pulkovo.

Trabalhou com espectroscopia e descobriu diversas estrelas binárias (dentre outras conclusões, demonstrou que Castor B é uma estrela binária com período de 2,92 dias).

Foi amigo de Oskar Backlund, a quem sucedeu depois de sua morte em 1916 como diretor do Observatório de Pulkovo.

O asteroide 1004 Belopolskya é denominado em sua memória. Recebeu o Prêmio Lalande de 1918.[1]

Referências

NecrologiasEditar

Ligações externasEditar

  • (Francês) "Les taches solaires et leur mouvement". Memorie della Società degli spettroscopisti italiani vol. 16 (1888), p. 17