Arnold Nordsieck

físico norte-americano
Arnold Nordsieck
Nascimento 5 de janeiro de 1911
Marysville, Ohio
Morte 19 de janeiro de 1971 (60 anos)
Santa Bárbara, Califórnia
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade do Estado de Ohio, Universidade da Califórnia
Ocupação físico
Prêmios Bolsa Guggenheim
Empregador Universidade Columbia, Universidade de Illinois em Urbana-Champaign
Orientador(es) Robert Oppenheimer[1]
Orientado(s) Erwin Hahn
Instituições Universidade de Illinois em Urbana-Champaign
Tese 1935: Scattering of radiation by an electric field

Arnold Theodore Nordsieck (Marysville, Ohio, 5 de janeiro de 1911Santa Bárbara, Califórnia, 19 de janeiro de 1971) foi um físico estadunidense.

Nordsieck estudou na Universidade do Estado de Ohio, onde obteve um mestrado em física em 1932, e obteve um doutorado em 1935 na Universidade da Califórnia, orientado por Robert Oppenheimer, com a tese Scattering of radiation by an electric field. Foi um colaborador muito próximo a Robert Oppenheimer (com quem lia Platão no original em grego antigo)[2] e a Felix Bloch da Universidade Stanford. Foi pós-doutorando de Werner Heisenberg na Universidade de Leipzig. Com Bloch resolveu o problema infravermelho da eletrodinâmica quântica, o problema da variação das amplitudes de espalhamento por exemplo da Bremsstrahlung, que teria sua causa na massa de repouso de desaparecimento dos fótons. Bloch e Nordsieck mostraram que isto era apenas um problema aparente da teoria de perturbação usada.[3] De 1947 a 1961 foi professor da Universidade de Illinois em Urbana-Champaign. Mais tarde trabalhou na General Research Corporation em Santa Barbara, onde foi diretor da seção de física.[4]

Em 1950 construiu um computador analógico (Differential Analyzer) na Universidade de Illinois (usando componentes eletrônico no valor de 700 dólares, provenientes de legados da Segunda Guerra Mundial) e um outro, que veio a ser o primeiro computador do Laboratório Nacional de Lawrence Livermore.[5]

Em 1953 desenvolveu o giroscópio eletrostaticamente suspenso (ESG, electrostatically suspended gyroscope), que foi produzido pela Honeywell e outras firmas e foi usado como instrumento de navegação em submarinos atômicos.[6] Também propôs para a Marinha dos Estados Unidos o Cornfield System, um sistema de decisão auxiliado por computador para avaliar dados de radar para a defesa aérea em navios.

Foi também um pioneiro da simulação computacional e resolveu na década de 1960 com Bruce L. Hicks a equação de transporte de Boltzmann completamente não-linear em diversos problemas de não-equilíbrio da gasdinâmica.[7] Nordsieck também publicou trabalhos sobre matemática numérica.[8]

Em 1955 foi bolsista Guggenheim.

Dentre seus doutorandos consta Erwin Hahn (1949).

Referências

  1. «Curriculum vitae acadêmico resumido» (PDF) (em inglês) 
  2. BETHE, H.A (1997). Biographical Memoirs (em inglês). 1. Washington: The National Academies Press. p. 176-177. ISBN -309-05738-8 Verifique |isbn= (ajuda)  Parâmetro desconhecido |url_seção= ignorado (ajuda);
  3. Bloch, Nordsieck Note on the radiation field of the electron, Physical Review, Volume 52, 1937, p. 54
  4. Anúncio fúnebre na Science 1971
  5. «História da Física na Universidade de Illinois na década de 1950, com uma foto de Nordsieck com seu computador» (em inglês) 
  6. «Fotografia de Nordsieck com seu giroscópio». Consultado em 24 de outubro de 2014. Arquivado do original em 12 de março de 2010 
  7. Nordsieck, Hicks Monte Carlo evaluation of the Boltzmann collision integral, in C. L. Brundin (Editor), Proc. 5th Int. Symp. Rarefied Gas Dynamics, Academic Press, Volume 1, 1967, p. 695
  8. Nordsieck On numerical integration of ordinary differential equations, Mathematics of Computation, Volume 16, 1962, p. 22-49

Ligações externasEditar