Associação Brasileira de Cineastas

A Associação Brasileira de Cineastas (ABRACI) é uma associação de cineastas do Brasil, com sede no Rio de Janeiro. Foi fundada em julho de 1975, em Assembleia realizada na Cinemateca do Museu de Arte Moderna, sendo ainda hoje a mais antiga associação brasileira de diretores de longa-metragem.[1]

Diretoria atualEditar

A mais recente eleição da Abraci, ocorrida em maio de 2015, elegeu a diretoria para o período 2015-2017, com a seguinte composição: Presidente Carolina Paiva Vice-Presidente, Aída Marques; Tesoureiro, Daniel Caetano; Diretora Secretária Daniela Broitman; Diretores Executivos, Eunice Gutman, Frederico Cardoso e André da Costa Pinto; Conselho Fiscal, Helena Solberg, Ana Maria Magalhães e Jorge Durán. Conselho Consultivo: Luiz Carlos Lacerda, Orlando Senna, José Joffily e Lúcia Murat. Secretária Nathalia de Oliveira.[2]

Primeira diretoriaEditar

O boletim informativo número um da ABRACI relata que a Assembléia Geral foi composta pelos cem membros – devidamente registrados - que compareceram a esta Assembléia de fundação e elegeram uma primeira diretoria para o biênio que foi de julho de 1975 a julho de 1977.

PresidentesEditar

(lista incompleta [3])

Referências

  1. "Artes e manhas da Embrafilme: cinema estatal brasileiro em sua época de ouro, 1977-1981", de Tunico Amancio, editora EdUFF, 2000, p. 64.
  2. «Página oficial da ABRACI». Consultado em 20 de abril de 2012 
  3. 3 primeiras diretorias listadas em "Contribuição à história do curta-metragem brasileiro", de Oswaldo Caldeira, Sérgio Sanz e Manfredo Caldas, Rio de Janeiro, 2003.