Ateneu

(Redirecionado de Ateneu de Náucratis)
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com O Ateneu. Para outros significados, veja Ateneu (desambiguação).

Ateneu (em grego clássico: Αθήναιος; romaniz.: Athénaios; em latim: Athenaeus; fl. século II-III) foi um escritor grego da Roma Antiga, ativo entre o reinado de Marco Aurélio (r. 168–180) e Caracala (r. 211–217). Era nativo de Náucratis, no Egito.[1]

Ateneu
Nascimento 168/180
Morte após 228
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação escritor

Ateneu nasceu em Náucratis, no delta do Nilo, no Egito. Deve ter nascido no reinado do imperador Marco Aurélio (r. 168–180) e viveu até algum momento depois de 228, data da morte do jurista Ulpiano, a quem Ateneu cita em sua obra. Seu trabalho sobrevivente se chama Dipnosofistas ou Banquete dos Eruditos. Pode ser considerado uma das primeiras coleções do que é chamado Ana, ou seja, uma imensa massa de anedotas, extratos de escritos de poetas, historiadores, dramaturgos, filósofos, oradores e médicos, fatos da história natural, críticas e discussões sobre quase todos os assuntos possíveis, especialmente gastronomia, sobre a qual cita a obra perdida de Arquéstrato. Diz o próprio que teria lido e feito extratos de 800 peças da chamada comédia média. O autor se apresenta descrevendo, a seu amigo Timócrates, o banquete oferecido na casa do nobre Laurêncio para vários convidados, incluindo o médico Galeno e o jurista Ulpiano. A obra foi escrita na forma de diálogo, no qual os interlocutores são os convidados.[2]

Referências

  1. Cotton 1870, p. 400-402.
  2. Cotton 1870, p. 400.

BibliografiaEditar

  • Cotton, George Edward Lynch (1870). Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology Vol. I. Boston: Little, Brown and Company 

Ligações externasEditar