Abrir menu principal

Através da Janela

filme de 2000 dirigido por Tata Amaral
Através da Janela
 Brasil
2000 •  cor •  82 min 
Direção Tata Amaral
Produção executiva Van Fresnot
Alain Fresnot
Roteiro Jean-Claude Bernardet
Fernando Bonassi
Tata Amaral
Elenco Laura Cardoso
Fransérgio Araújo
Ana Lúcia Torre
Gênero drama
Música Lívio Tragtenberg
Wilson Sukorski
Direção de fotografia Hugo Kovensky
Direção de arte Ana Maria Abreu
Clô Azevedo
Figurino Cristina Camargo
Companhia(s) produtora(s) A.F. Cinema e Vídeo
Anhangabaú Produções Ltda.
Plus Rental Service
Light Movie Equipamentos
Distribuição Riofilme
Lançamento Brasil 19 de maio de 2000[1][2]
Idioma português
Orçamento R$ 1,4 milhão[2]

Através da Janela é um filme brasileiro de 2000, do gênero drama, dirigido por Tata Amaral.

O roteiro é de Tata Amaral, Fernando Bonassi e Jean-Claude Bernardet. Bernardet foi assistir à peça teatral Vereda da Salvação, dirigida por Antunes Filho, em que há uma cena em que Luís Melo está falando para o público, se transformando em líder, e a mãe sai detrás do palco e fica atrás dele. Essa cena inspirou todo o roteiro do filme. A mãe na peça é Laura Cardoso. Esse filme foi inspirado por uma cena da Laura.[2]

Tem produção de Van Fresnot, direção de fotografia de Hugo Kovensky, trilha sonora de Lívio Tragtenberg e Wilson Sukorski. A estreia do filme foi no Festival Internacional de Cinema de Roterdão.[3][4]

As filmagens foram feitas na rua Cuevas, do bairro da Lapa na cidade de São Paulo entre julho e agosto de 1998.[2][5] A maior parte dos recursos para a produção do filme veio do Banespa, do BNDES, da Riofilme e da Tecban e Salvaguarda, por meio da Lei do Audiovisual e Lei Mendonça, e do Hubert Bals, um fundo holandês de apoio ao cinema independente, ligado ao Festival de Roterdã.[6][5]

SinopseEditar

Numa casa deixada pelo falecido marido, situada num bairro em transformação da classe média paulistana, vive Selma, uma enfermeira aposentada, com Raimundo, seu filho de 24 anos. Mãe e filho são muito apegados um ao outro, numa relação não desprovida do erotismo.

Selma tem uma vida rotineira, da qual participa sua amiga Tomasina. Sua rotina começa a ser perturbada quando o filho passa a ter uma mudança de comportamento. Selma atribui essa mudança a existência de uma namorada. Raimundo nega que tenha uma namorada. O receio de perder a presença e o afeto do filho perturba Selma. As relações entre ambos passam por momentos de agressividade, bem como de intensificação de seu erotismo afetuoso.

O desespero de Selma chega ao ápice e, para não perder o afeto de Raimundo, Selma é capaz de fazer qualquer coisa. Raimundo, ciente dito, leva a mãe a uma situação irreversível e trágica.

ElencoEditar

PrêmiosEditar

 "Prêmio Passista de Melhor Filme"

 "Prêmio Passista de Melhor Atriz"

 "Prêmio Passista de Melhor Roteiro"

"Prêmio Lente de Cristal" de Melhor Direção

"Prêmio Lente de Cristal"  de Melhor Atriz

"Prêmio Lente de Cristal" de Melhor Roteiro

  • Recebeu uma indicação ao Grande Prêmio Cinema Brasil, na categoria de melhor atriz (Laura Cardoso).[11]
  • . Kerala International Film Festival em Kerala, India em 2000 "Menção Honrosa do Júri" pelo Kerala International Film Festival[10]
  • . Prêmio APCA em 2001 "Melhor Atriz" para Laura Cardoso[10]
  • Festival Melhores do Ano promovido pelo SESC em 2001 "Melhor Atriz" para Laura Cardoso[10]
  • . Festival de Cuiabá em 2000 "Melhor Atriz" para Laura Cardoso[12]

Referências

  1. «Tata Amaral mostra "Através da Janela" em São Paulo». Folha de São Paulo. 18 de abril de 2000. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  2. a b c d Daniel Castro (19 de maio de 2000). «"Através da Janela" narra uma complicada relação entre mãe e filho». Folha de São Paulo. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  3. «"Através da Janela", novo longa de Tata Amaral, tem estréia mundial em Roterdã». Folha de Londrina. 1 de fevereiro de 1999. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  4. «'Através da Janela' de Tata Amaral vai ao Sesc». Folha de São Paulo. 24 de março de 2000. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  5. a b José Geraldo Couto (14 de janeiro de 2000). «Tata Amaral leva seu Édipo rebelde a Roterdã». Folha de São Paulo. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  6. «"Através da Janela", de Tata Amaral, concorre no Festival de Roterdã». Folha de Londrina. 8 de dezembro de 1999. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  7. «Laura Cardoso se emociona ao receber homenagem». Cine PE. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  8. Luiz Zanin Oricchio (1 de abril de 2000). «"Através da Janela" ganha prêmio de filme, roteiro e atriz no Recife». Folha de Londrina. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  9. «Festival de Miami premia filmes de Tata Amaral e Marcelo Massagão». Folha de São Paulo. 12 de junho de 2000. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  10. a b c d «Através da Janela (2000)». Tangerina Entretenimento. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  11. «Conheça os filmes nacionais que ganharam o "Oscar" brasileiro». Folha de São Paulo. 11 de fevereiro de 2001. Consultado em 25 de novembro de 2019 
  12. «"Hans Staden" vence principal prêmio em festival de Cuiabá (MT)». Folha de São Paulo. 1 de novembro de 2000. Consultado em 25 de novembro de 2019 

Ligações externasEditar