Baby, Baby

Disambig grey.svg Nota: Se procura por outras acepções, veja Baby Baby.

"Baby, Baby" foi a canção que representou a Bélgica no Festival Eurovisão da Canção 1973, interpretada em neerlandês (com algumas linhas em inglês, castelhano e francês pelo duo Nicole & Hugo (nomes verdadeiros: Nicole Josy e Hugo Sigal). Foi a segunda canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção finlandesa "Tom Tom Tom", interpretada por Marion Rung e antes da canção portuguesa "Tourada", interpretada por Fernando Tordo. No final, terminou em 17.º lugar (último), e recebendo 58 pontos. Apesar da fraca classificação é considerada uma canção de culto entre alguns entusiastas do Festival Eurovisão da Canção. Muito deste entusiasmo deve-se aos originais (para a época) fatos de treino cor de púrpura vestidos pelos intérpretes e os movimentos de dança pouco comuns, não fora isso cairia no esquecimento, porque a qualidade da canção não ultrapassa a mediania.

Baby, Baby
País
Artista(s)
Hugo Sigal, Nicole Josy
Grupo
Línguas
Compositor(es)
Ignace Baert
Letrista(s)
Erik Marijsse
Resultado da final
17.º
Pontos da final
58
Cronologia de aparecimentos
◄ "À la folie ou pas du tout" (1972)   
"Fleur de liberté" (1974) ►

AutoresEditar

  • Letrista: Erik Marijsse
  • Compositor: Ignace Baert
  • Orquestrador: Francis Bay

LetraEditar

A canção em si é um dueto de amor, com o duo apelando ao amor franco de ambos, transmitida em várias línguas (já citadas anteriormente) (fazendo o comentário pouco usual para a época de que "o divórcio não fere de todo").

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.