Abrir menu principal

Bad Bunny

cantor porto-riquenho
Bad Bunny
Bad Bunny em 2019
Informação geral
Nome completo Benito Antonio Martinez Ocasio
Nascimento 10 de março de 1994 (25 anos)
Local de nascimento Almirante Sur, Vega Baja
 Porto Rico
Nacionalidade porto-riquenho
Gênero(s)
Ocupação(ões) Cantor
Instrumento(s) Vocal, autotune
Período em atividade 2015–presente
Gravadora(s)
  • Rimas Entertaiment
  • Hear this Music

Benito Antonio Martinez Ocasio (San Juan, 10 de março de 1994), mais conhecido por seu nome artístico Bad Bunny, é um cantor de reggaeton e latin trap porto-riquenho. Enquanto trabalhava em um supermercado como empacotador e estudava na Universidade de Porto Rico, em Arecibo, Bad Bunny ganhou popularidade no SoundCloud e assinou contrato com uma gravadora. "Soy Peor" foi seu single de estreia em 2017 e foi seguido por vários hits, aparências notáveis ​​e uma colaboração com Cardi B e J Balvin no número 1 da Billboard Hot 100 com o single "I Like It" e com Drake em "Mia". Seu álbum de estreia, X 100pre, foi lançado em dezembro de 2018.

BiografiaEditar

Desde os 5 anos que Benito queria ser cantor.[1] Bad Bunny cresceu nas praias de Porto Rico, na comunidade de Vega Baja, com seus pais e dois irmãos mais novos. Uma de suas memórias mais antigas foi quando ele recebeu um disco de Vico C para o Natal. A partir daí, começou a cantar e compor. Ele conta que entre suas inspirações está Héctor Lavoe e Michael Jordan.[2] Bad Bunny estudou comunicação audiovisual, mas depois ele abandonou para se tornar cantor. Enquanto trabalhava em um supermercado como empacotador, Bad Bunny lançava música como artista independente.[3][4]

Carreira musicalEditar

Antes de se tornar famoso, Bad Bunny fazia pequenos shows em San Juan, que publicava no seu Instagram[5] e compartilhava em sua conta no Soundcloud. E foi no Soundcloud que ele conseguiu sucesso e apoio muito rápido. Sua canção "Diles" chamou a atenção do produtor musical Luian, que o contratou para ser o primeiro artista de sua gravadora, Hear This Music.[6]

2017 foi um ano muito bem-sucedido em sua carreira, pois ele conseguiu posicionar 15 músicas na parada americana Hot Latin Songs.[7] Seu jeito fotogênico e sua voz fizeram com que ele se tornasse um excelente projeto para a Hear This Music. Tem colaborado com grandes artistas na indústria da musica, e até mesmo com artistas de outros gêneros, como Victor Manuelle (em "Mala y Peligrosa"), Becky G (em "Mayores"), Enrique Iglesias (em "El Baño "), Drake (em "MIA"), Future (em "Thinkin"), Natti Natasha (em "Amantes de Una Noche"), entre outros.[8]

Em novembro de 2018, Bad Bunny registrava mais de 9 milhões de seguidores no Spotify e mais de 41 ouvintes mensais e foi o 5º artista musical mais ouvido naquela plataforma de streaming durante esse mês.[9][10]

No verão de 2018, "I Like It" (2018), canção da americana Cardi B, em que Bad Bunny e o colombiano J Balvin participam, chegou ao nº 1 da Billboard Hot 100, passando uma semana no topo da mesma.

A rádio pública americana NPR considerou a sua música "Estamos Bien", que aborda o estado de espírito dos porto-riquenhos após a destruição causada pelo Furacão Maria, em 2017, como o 86º melhor tema musical de 2018.[11]

DiscografiaEditar

Veja TambémEditar

ReferênciasEditar