Abrir menu principal

Antônio da Costa Pinto Júnior

(Redirecionado de Barão de Oliveira)
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Antônio da Costa Pinto, veja Antônio da Costa Pinto (desambiguação).
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo nobre português, barão de Oliveira, veja Joaquim da Rocha Abreu de Oliveira.
Antônio da Costa Pinto Júnior
Nascimento 23 de agosto de 1838
Morte 20 de dezembro de 1920 (82 anos)
Cidadania Brasil

Antônio da Costa Pinto, primeiro e único barão e visconde de Oliveira, (Santo Amaro, 23 de agosto de 1838 — Santo Amaro, 20 de dezembro de 1920), foi um sucroalcooleiro e político brasileiro. Proprietário de diversos engenhos de açúcar, foi vereador de Santo Amaro e coronel da Guarda Nacional.

Filho do conde de Sergimirim, e neto do português Antônio Costa Pinto. Casou-se com sua prima Maria Rita Lopes da Costa Pinto, deixando descendência. Era cunhado do líder político baiano, o barão de Jeremoabo.

Cavaleiro e comendador da Imperial Ordem da Rosa e fidalgo da Casa Imperial. Recebeu o baronato por decreto de 6 de setembro de 1866, e o viscondado por decreto de 16 de fevereiro de 1880.