Beatriz de Dia

Beatriz de Dia ou Condessa de Dia (Provença, 1140-1180) foi uma trovadora italiana. Foi a mais famosa trovadora do pequeno grupo das trobairitz, versão feminina de trovadores homens, que escreveram canções de amor durante os séculos XII e XIII.

Beatriz de Dia
Nascimento 1140
Montélimar
Morte 1212
Provença
Cidadania França
Ocupação trobairitz, poetisa, escritora, compositora
Movimento estético poesia trovadoresca

A sua canção "A chantar m'er de so qu'eu no volria", é a única peça trovadoresca de autoria feminina cuja música sobrevive intacta.[1]

PercursoEditar

Beatriz nasceu em uma cidade junto ao rio Drôme, filha do Conde Isoardo II de Die, em Provença. Foi casada com o conde de Viennois, e cultivou, durante muito tempo, uma paixão proibida, mas não muito secreta, pelo trovador Rimbaud de Orange, a quem dedicou seus poemas. Das quatro canções que escreveu - A chantar m’er de so q’ieu non volria, Ab joi et ab joven m’apais, Estat ai en greu cossirier e Fin ioi me don'alegranssa -, a primeira é a única peça trovadoresca medieval de autoria feminina cuja música sobrevive intacta até hoje. Eis a primeira estrofe dessa canção:[2]

Ponho-me a cantar o que não queria Queixo-me tanto de quem sou a ‘amiga’ Pois amo-o mais que tudo nesta vida: Nada mais o toca: dó, nem cortesia, Nem n’alma, veleza e valores tantos. Por ele sou enganada e traída, Assim como se me faltassem encantos
 
Desenho medieval da Condessa de Dia

Obras conhecidasEditar

  • "A chantar m’er de so q’ieu non volria"
  • "Ab joi et ab joven m’apais"
  • "Estat ai en greu cossirier"

"A chantar m'er de so qu'eu no volria"Editar

Esta é a transcrição moderna da canção. O texto está em língua occitana.

A única canção feita por uma trovadora que sobreviveu até os dias de hoje.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

ReferênciasEditar

  1. Elizabeth Aubrey. "Comtessa de Dia", Grove Music Online.
  2. COSTA & COSTA, Marcos Roberto Nunes e Rafael Ferreira (2019). «Mulheres intelectuais na Idade Média: Entre a medicina, a história, a poesia, a dramaturgia, a filosofia, a teologia e a mística» (PDF). Editora Fi. ISBN 978-85-5696-599-8. Consultado em 15 de fevereiro de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.