Benjamin Mary

Benjamin Mary (Mons, 21 de janeiro de 1792 - Bagnères-de-Luchon, 2 de agosto de 1846) foi um pintor, desenhista e diplomata belga, o primeiro embaixador da Bélgica no Brasil[1], onde viveu e trabalhou de 1834 a 1838.

Benjamin Mary
Nascimento 12 de março de 1792
Liège
Morte 2 de agosto de 1846 (54 anos)
Bagnères-de-Luchon
Cidadania Bélgica
Irmão(s) Edouard Mary
Ocupação diplomata, artista, biólogo, desenhista
Prêmios
Gravura pintada em novembro de 1837 por Benjamin Mary do Imperador Dom Pedro II no mirante, observando a paisagem da Fazenda de Santa Cruz.

Benjamin Mary construiu ao longo de sua vida um acervo marcado pela retratação da flora do Brasil e da Europa, dono de grande originalidade, qualidade gráfica e riqueza de detalhes.

BibliografiaEditar

  • BERGER, Paulo et all. Pinturas e pintores do Rio antigo. Rio de Janeiro: Kosmos, 1990.

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Consulado Geral da Bélgica em São Paulo». Consultado em 8 de fevereiro de 2014 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.