Abrir menu principal

Benjamin Zymler (Rio de Janeiro, 25 de março de 1956) é um engenheiro, jurista e ministro do Tribunal de Contas da União brasileiro.

Benjamin Zymler
Benjamin Zymler
Foto:Valter Campanato/ABr
Ministro do Tribunal de Contas da União
Mandato: 11 de setembro de 2001
Nomeação por: Fernando Henrique Cardoso
Antecessor(a): Bento José Bugarin
Dados pessoais
Nascimento: 25 de março de 1956 (63 anos)
Rio de Janeiro
Esposa: Maria Lenir Ávila Zymler
Alma mater: Instituto Militar de Engenharia
Universidade de Brasília

Filho de imigrantes judeus da Polônia, Benjamin formou-se em Engenharia Elétrica pelo Instituto Militar de Engenharia. Trabalhou em Furnas Centrais Elétricas e na iniciativa privada até 1992, quando ingressou no Tribunal de Contas da União como Analista de Finanças e Controle Externo, mediante concurso público.

Formaria-se, ainda, em Direito, com mestrado, pela Universidade de Brasília. Presta novo concurso em 1996, para ao cargo de Auditor do próprio tribunal, sendo aprovado e empossado em 1998.[1] Com a aposentadoria do ministro Bento Bugarin, foi indicado pelo presidente da república Fernando Henrique Cardoso a vaga destinada a Auditores do TCU. Aprovado pelo Senado Federal,[2] foi empossado em 11 de setembro de 2001. Presidiu o Tribunal desde Janeiro de 2011 até o fim de 2012.

Referências

Ligações externasEditar