Bernardo, Príncipe de Saxe-Meiningen

aristocrata alemão

Bernardo, Príncipe de Saxe-Meiningen (em alemão: Bernhard, Prinz von Sachsen-Meiningen; 30 de Junho de 19014 de Outubro de 1984) foi o chefe da Casa de Saxe-Meiningen desde 1946 até à sua morte.

Bernardo
Príncipe de Saxe-Meiningen
Príncipe de Saxe-Meiningen
Título hereditário 6 de janeiro de 1946
a 4 de outubro de 1984
Antecessor(a) Jorge, Príncipe de Saxe-Meiningen
Sucessor(a) Konrad, Príncipe de Saxe-Meiningen
 
Nascimento 30 de junho de 1901
  Colónia, Alemanha
Morte 4 de outubro de 1984 (83 anos)
  Bad Krozingen, Alemanha
Esposa Margot Grössler
Vera Schäffer de Bernstein
Casa Saxe-Meiningen
Pai Frederico João de Saxe-Meiningen
Mãe Adelaide de Lippe-Biesterfeld
Religião Luteranismo

Príncipe de Saxe-MeiningenEditar

Bernardo nasceu em Colónia, sendo o terceiro filho do príncipe Frederico João de Saxe-Meiningen e da sua esposa, a condessa Adelaide de Lippe-Biesterfeld. O seu pai era o segundo filho de Jorge II, Duque de Saxe-Meiningen e a sua mãe era filha do conde Ernesto de Lippe-Biesterfeld.

Após a morte do seu irmão mais velho, o príncipe Jorge em 1946, o seu sobrinho, o príncipe Frederico Alfredo renunciou aos seus direitos de sucessão e, assim, Bernardo sucedeu ao irmão como chefe da Casa de Saxe-Meiningen, recebendo o título honorário de Saxe-Meiningen (como Bernardo IV).

Uma vez que o seu primeiro casamento foi morganático, foi o seu segundo filho, o príncipe Frederico Konrad sucedeu-o como chefe da casa ducal, após a sua morte em Bad Krozingen.

Juntamente com a sua esposa, Bernardo foi declarado culpado de uma conspiração Nazi contra a Áustria em 1933; foi condenado a seis semanas na prisão e a sua esposa ficou em prisão domiciliária. Após a intervenção de uma enviado alemão, foi libertado da prisão e fugiu para a Itália. Três semanas depois, foi preso quando tentava regressar ao seu castelo em Pitzelstaetten[1][2]

FamíliaEditar

Bernardo casou-se morganaticamente com Margot Grössler (1911–1998), a filha de um comerciante de Breslau (actual cidade de Bresláva) em Eichenhof im Riesengebirge a 25 de Abril de 1931. Este casamento terminou em divórcio a 10 de Junho de 1947. Juntos, tiveram dois filhos que não tiveram quaisquer direitos de sucessão:

  • Feodora de Saxe-Meiningen (27 de Abril de 1932) casou-se com Burkhard Kippenberg a 6 de Abril de 1967. Têm um filho:
    • Walter Johannes Kippenberg (27 de Janeiro de 1968)
  • Frederico Ernesto de Saxe-Meiningen (21 de Janeiro de 1935–13 de Julho de 2004) casou-se com Ehrengard von Massow a 3 de Março de 1962. Casou-se depois com a princesa Beatriz de Saxe-Coburgo-Gota a 12 de Junho de 1977. Tiveram dois filhos e um neto:
    • Maria Alexandra de Saxe-Meiningen (5 de Julho de 1978) casou-se com Benno Beat Christian Wiedmer a 27 de Julho de 2004.
    • Frederico Constantino de Saxe-Meiningen (3 de Junho de 1980) Tem um filho com Sophia Lupus:
      • Miguel de Saxe-Meiningen (nascido em 2015)

Em segundo lugar, Bernardo casou-se em Ziegenberg über Bad Nauheim a 11 de Agosto de 1948 com a baronesa Vera Schäffer von Bernstein (1914–1994). Tiveram três filhos que detêm os direitos de sucessão da casa de Saxe-Meiningen:

  • Leonor Adelaide de Saxe-Meiningen (9 de Novembro de 1950) casou-se com Peter Eric Rosden a 22 de Outubro de 1982.
  • Frederico Konrad de Saxe-Meiningen (14 de Abril de 1952)
  • Almut de Saxe-Meiningen (25 de Setembro de 1959) casou-se com Eberhard von Braunschweig a 16 de Outubro de 1993. Têm dois filhos:
    • Marie Cecilie von Braunschweig (4 de Agosto de 1994)
    • Julius-Alexander von Braunschweig (20 de Outubro de 1996)

GenealogiaEditar

Os antepassados de Bernardo III, Duque de Saxe-Meiningen em três gerações
Bernardo, Príncipe de Saxe-Meiningen Pai:
Frederico João de Saxe-Meiningen
Avô paterno:
Jorge II, Duque de Saxe-Meiningen
Bisavô paterno:
Bernardo II, Duque de Saxe-Meiningen
Bisavó paterna:
Maria Frederica de Hesse-Cassel
Avó paterna:
Feodora de Hohenlohe-Langenburg
Bisavô paterno:
Ernesto I, Príncipe de Hohenlohe-Langenburg
Bisavó paterna:
Feodora de Leiningen
Mãe:
Adelaide de Lippe-Biesterfeld
Avô materno:
Ernesto, Conde de Lippe-Biesterfeld
Bisavô materno:
Júlio, Conde de Lippe-Biesterfeld
Bisavó materna:
Adelaide de Castell-Castell
Avó materna:
Karoline von Wartensleben
Bisavô materno:
Leopoldo, Conde de Wartensleben
Bisavó materna:
Mathilde Halbach

ReferênciasEditar