Abrir menu principal

Bernardo III, Duque de Saxe-Meiningen

Bernardo III
Duque de Saxe-Meiningen
Duque de Saxe-Meiningen
Reinado 25 de junho de 1914
a 10 de novembro de 1918
Antecessor(a) Jorge II, Duque de Saxe-Meiningen
Sucessor(a) Ernesto, Príncipe de Saxe-Meiningen
 
Esposa Carlota da Prússia
Casa Saxe-Meiningen
Nascimento 1 de abril de 1851
  Meiningen, Ducado de Saxe-Meiningen
Morte 16 de janeiro de 1928 (76 anos)
  Meiningen, República de Weimar
Pai Jorge II, Duque de Saxe-Meiningen
Mãe Carlota Frederica da Prússia
Religião Luteranismo

Bernardo III (Bernardo Frederico Guilherme Alberto Jorge), (1 de Abril de 1851 - 16 de Janeiro de 1928) foi o último duque reinante do ducado de Saxe-Meiningen.

VidaEditar

 
Bernardo com a sua esposa, a princesa Carlota.

Bernardo nasceu a 1 de Abril de 1851, sendo filho mais velho do duque Jorge II de Saxe-Meiningen e da sua primeira esposa, a princesa Carlota Frederica da Prússia. Tinha uma irmã de sangue, a princesa Maria Isabel de Saxe-Meiningen, e vários meios-irmãos do segundo casamento do pai.[1]

A partir de 1860, Bernardo recebeu aulas em casa do professor Rossmann, antes de ir estudar para a Universidade de Heidelberg em 1869. Interrompeu os seus estados quando rebentou a Guerra Franco-Prussiana e prestou serviço no exército na categoria de Ordonnanz-Offizier. Após o final da guerra, voltou aos estudos em Leipzig. A partir de 1873, voltou a prestar serviço militar e subiu até às posições mais elevadas do exército. Em 1905 era já Generaloberst e Generalinspekteur der 2. Armeeinspektion (Mitteldeutschland). Em 1909, tornou-se Generalfeldmarschall e, em 1912, saiu do exército com essa posição.[1]

Casou-se em Berlim, a 18 de Fevereiro de 1878 com a princesa Carlota da Prússia, sua prima em segundo grau, filha do imperador Frederico III da Alemanha e neta da rainha Vitória do Reino Unido. Juntos, tiveram uma filha:

ReinadoEditar

Bernardo assumiu o reinado do Ducado de Saxe-Meiningen após a morte do pai em 1914. Com o rebentar da Primeira Guerra Mundial, Bernardo esperava receber o comando de um exército, mas ficou desapontado. Ficou de tal forma desiludido que também se retirou da sua posição como chefe do governo do ducado.[1]

Depois de Alemanha perder a guerra, e após a Revolução Alemã, Bernardo foi forçado a abdicar a 10 de Novembro de 1918. Tal como todos os outros príncipes alemães, perdeu o seu título e as suas propriedades. Passou o resto da vida a viver como cidadão privado.[1]

Bernardo morreu a 16 de Janeiro de 1928 em Meiningen. Foi sepultado ao lado da esposa no parque de Altenstein.

InteressesEditar

Apesar de ser conhecido principalmente pela sua carreira militar, Bernardo também tinha um grande interesse pelas artes. Era um compositor, poeta e tradutor activo. Era especialista em grego moderno e reconhecido pelas suas traduções de literatura alemã para grego. Realizou também vários estudos históricos, para os quais viajou várias vezes até à Grécia e à Ásia Menor (actual Turquia), e que lhe valeram um doutorado honorário atribuído pela Universidade de Breslau.[1]

GenealogiaEditar

Os antepassados de Bernardo III, Duque de Saxe-Meiningen em três gerações
Bernardo III, Duque de Saxe-Meiningen Pai:
Jorge II, Duque de Saxe-Meiningen
Avô paterno:
Bernardo II, Duque de Saxe-Meiningen
Bisavô paterno:
Jorge I, Duque de Saxe-Meiningen
Bisavó paterna:
Luísa Leonor de Hohenlohe-Langenburg
Avó paterna:
Maria Frederica de Hesse-Cassel
Bisavô paterno:
Guilherme II, Eleitor de Hesse
Bisavó paterna:
Augusta da Prússia
Mãe:
Carlota Frederica da Prússia
Avô materno:
Alberto da Prússia (1809–1872)
Bisavô materno:
Frederico Guilherme III da Prússia
Bisavó materna:
Luísa de Mecklemburgo-Strelitz
Avó materna:
Mariana dos Países Baixos
Bisavô materno:
Guilherme I dos Países Baixos
Bisavó materna:
Guilhermina da Prússia, Rainha dos Países Baixos

Referências

  1. a b c d e Biographie, Deutsche. «Bernhard III. - Deutsche Biographie». www.deutsche-biographie.de (em alemão). Consultado em 5 de outubro de 2017 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bernardo III, Duque de Saxe-Meiningen