Bilal ibne Rabá

Bilal ibne Rabá (em árabe: بِلَال ٱبْن رَبَاح, Bilāl ibn Rabāḥ, 580–640 d.C.) foi um dos Sahabah (companheiros) mais confiáveis e leais do profeta islâmico Maomé. Ele nasceu em Meca e é considerado o primeiro almuadém da história, escolhido pelo próprio Maomé.[1][2][3][4] Ele era um ex-escravo e era conhecido por sua voz com a qual chamava as pessoas para suas orações. Ele morreu em 640 d.C., aos sessenta anos (ou pouco mais de sessenta nos anos lunares islâmicos).

Bilal ibne Rabá
Nascimento 580
Meca
Morte 642
Damasco
Sepultamento Bab al-Saghir Cemetery
Cidadania Califado Ortodoxo
Ocupação Sahaba
Religião Islão

Referências

  1. «BBC - Religions - Islam: Slavery in Islam». www.bbc.co.uk (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2013 
  2. Ludwig W. Adamec (2009), Historical Dictionary of Islam, p.68. Scarecrow Press. ISBN 0810861615.
  3. Robinson, David. Muslim Societies in African History. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 2004. Print.
  4. Levtzion, Nehemia, and Randall Lee Pouwels. The History of Islam in Africa. South Africa: Ohio UP, 2000. Print.

BibliografiaEditar

  • H.M. Ashtiyani. Bilâl d’Afrique, le muezzin du Prophète, Montréal, Abbas Ahmad al-Bostani, la Cité du Savoir, 1999 ISBN 2-9804196-4-8 Em Português



Ligações externasEditar