Boeing Crewed Flight Test

Boeing Crew Flight Test (Boe-CFT) será a primeira missão tripulada do Boeing Starliner à Estação Espacial Internacional, e o terceiro voo orbital de teste da cápsula, seguido de dois voos não tripulados, OFT-1 e OFT-2. Originalmente, a missão estava planejada para acontecer em 2020, mas a previsão atual de lançamento é para Julho de 2021.[1][2][3][4] Terá uma tripulação de três astronautas da NASA, que permanecerão a bordo da ISS.[5][6]

Boe-CFT
Insígnia da missão
Informações da missão
Operadora
Foguete Atlas V N22 (#3)
Espaçonave Starliner
Astronautas
Base de lançamento Kennedy LC 41
Lançamento julho de 2021 (planejado)[1][2]
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem
White Sands
Imagem da tripulação
Fincke, Wilmore e Mann
Fincke, Wilmore e Mann
Navegação
Boe OFT-2
Boeing Starliner-1

CápsulaEditar

"Depois de remover e checar vários sistemas e equipamentos de vôo, a Boeing está preparando para remontar o veículo para vôo", divulgou a NASA em relação ao módulo da tripulação da missão CFT. "Em breve, a montagem do interior do módulo começará, em conjunto com a colocação dos paraquedas e airbags antes da instalação". O sistema de atracamento da cápsula está sendo modificado para acomodar a nova cobertura de reentrada, que será testada no vôo OFT-2.[7]

TripulaçãoEditar

A tripulação do Boe-CFT será formada por três astronautas da NASA: Barry Wilmore (comandante), Michael Fincke (piloto) e Nicole Aunapu Mann (especialista de missão). Nicole Mann será a primeira mulher a participar do primeiro vôo tripulado de uma espaçonave americana.

Por motivos médicos, Eric Boe, inicialmente planejado para ser o piloto da missão, foi substituído por Michael Fincke em 22 de janeiro de 2019. Chris Ferguson, astronauta da Boeing, foi originalmente designado para ser o comandante da missão, mas foi substituído em 7 de Outubro de 2020 por Barry Wilmore, da NASA. Ferguson citou razões familiares para a substituição.[8]

Tripulação principal
Posição Membro
Comandante   Barry Wilmore
Piloto   Michael Fincke
Especialista de Missão   Nicole Aunapu Mann

MissãoEditar

A terceira variante do foguete Atlas V N22 lançará o Starliner com uma tripulação de três ou quatro astronautas, sendo o primeiro lançamento deste foguete com uma missão tripulada. A cápsula irá atracar na Estação Espacial Internacional e retornar à Terra, com um pouso terrestre nos Estados Unidos. Originalmente, a missão estava programada para ser mais curta, durando duas semanas, mas, em Abril de 2019, a NASA anunciou que ela se tornaria uma missão de longa duração para a ISS. Foi anunciado em 28 de Agosto de 2020 que o vôo ocorrerá em julho de 2021.[1][2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Boeing's Starliner Makes Progress Ahead of Flight Test with Astronauts». NASA. 28 de agosto 2020. Consultado em 29 de agosto 2020 
  2. a b c «Launch Schedule». spaceflightnow.com. 28 de agosto 2020. Consultado em 28 de agosto 2020 
  3. Gebhardt, Chris (28 de fevereiro de 2020). «Boeing provides update, path forward for Starliner». nasaspaceflight.com. NASAspaceflight.com 
  4. Clark, Stephen (6 de abril de 2020). «After problem-plagued test flight, Boeing will refly crew capsule without astronauts». Spaceflight Now 
  5. Herridge, Linda (3 de abril de 2019). «NASA and Boeing Extend Starliner Crew Flight Test Duration to Space Station, Target New Flight Dates». NASA    Este artigo incorpora texto desta fonte, que está no domínio público.
  6. Gebhardt, Chris (20 de junho de 2019). «Station mission planning reveals new target Commercial Crew launch dates». nasaspaceflight.com. NASAspaceflight.com 
  7. Clark, Stephen (25 de agosto de 2020). «Boeing plans second Starliner test flight in December 2020 or January 2021». Spaceflight Now. Consultado em 26 de agosto de 2020 
  8. Roulette, Joey. «Boeing's top Starliner astronaut pulls out of space mission role». Reuters. Consultado em 7 de outubro de 2020 

Precedido por
Soyuz MS-20
Voos tripulados
Sucedido por
SpaceX Crew-4