Abrir menu principal
Braco húngaro de pelo curto
Braco húngaro de pêlo curto
Nome original Rövidszörü magyar vizsla
Outros nomes Vizsla
País de origem  Hungria
Características
Peso 18-29 kg
Altura 53-64 cm na cernelha
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 7 - Cães de parar ou cães apontadores
Seção 1 - Cães de parar continentais
Estalão #57 - 25 de outubro de 2000

A braco húngaro de pelo curto[Nota] (em húngaro: Rövidszörü magyar vizsla) é uma raça cães de caça originária da Hungria.[1]

HistóriaEditar

A raça foi descrita pela primeira vez em 1501, como resultado de duas outras raças já extintas: o turkish yellow e o pannonian hound. Usados em caçadas e na falcoaria, foram os cães da aristocracia, o que quase os levou à extinção quando os comunistas assumiram a nação após a Segunda Guerra Mundial. Levados ao Canadá e aos Estados Unidos, retornou ao seu país de origem como animal de companhia, dito calmo e afetuoso, cujo adestramento é classificado como fácil. Entre ele e sua variedade de pêlo duro, reside apenas a pelagem, já que alguns registros tratam as duas como iguais.[2]

CaracterísticasEditar

O Vizsla é um cão inteligente, dócil, afetuoso, companheiro, carinhoso, confiável, leal, protetor, brincalhão, rápido, ágil, atleta, saudável, bonito e expressivo. Adora comer e dormir junto ao dono, e por ser muito limpo, sem cheiro, e possuir pelo curto, pode perfeitamente viver dentro de casa. Por ser muito ligado ao dono e precisar sempre estar em companhia de alguém, ganhou o apelido de "velcro dog". Gosta de ambientes abertos, aonde possa correr e gastar energia física e mental, como sítios e praias, pois adora brincar, nadar, correr, praticar agility e canicross. Sua inteligência muito acima da média o torna um cão facilmente adestrável.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Fogle (2009), pág 218
  2. Fogle (2009), pág 218

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

NotasEditar

  Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.