Abrir menu principal

Breakthrough Prize in Mathematics

O Breakthrough Prize in Mathematics é um prêmio em matemática concedido desde 2014 (para o ano 2015). É o terceiro de uma série de premiações científicas da Breakthrough Prize Foundation, em sequência ao Breakthrough Prize in Life Sciences e ao Fundamental Physics Prize. O prêmio destina a cada laureado 3 milhões de dólares. No primeiro ano foram reconhecidos cinco matemáticos, e a partir de 2015 (para o ano 2016) é previsto ser laureado anualmente um único matemático.

LaureadosEditar

Ano N.º Imagem Nome País Citação
2015 1   Simon Donaldson   Inglaterra "Pelos novos e revolucionários invariantes de variedades 4-dimensionais e pelo estudo da relação entre estabilidade em geometria algébrica e geometria diferencial global, para feixes e variedades de Fano."[1]
2   Maxim Kontsevich   Rússia "Por trabalho de profundo impacto em uma vasta variedade de disciplinas matemáticas, incluindo geometria algébrica, teoria da deformação, topologia simplética, álgebra homológica e sistemas dinâmicos."[2]
3   Richard Taylor   Reino Unido
4 Jacob Lurie   Estados Unidos
5   Terence Tao   Austrália "Por numerosas contribuições breakthrough em análise harmônica, combinatória, equações diferenciais parciais e teoria analítica dos números."[3]
2016 6   Ian Agol   Estados Unidos "Por contribuições espetaculares à topologia de baixa dimensão e teoria geométrica de grupos, incluindo trabalho sobre as soluções das conjecturas de tameness, virtually Haken and virtual fibering"[4]
2017 7   Jean Bourgain   Bélgica "Por múltiplas contribuições transformativas em análise, combinatória, equações diferenciais parciais, geometria multi-dimensional e teoria dos números."[5]
2018 8   Christopher Hacon   Reino Unido "Por contribuições transformacionais à geometria algébrica birracional, especialmente programa de modelo mínimo em todas as dimensões."[6][7]
9   James McKernan   Reino Unido
2019 10 Vincent Lafforgue   França "Por contribuições inovadoras para várias áreas da matemática, em particular para o programa Langlands no caso do campo funcional."[8]

Referências

Ligações externasEditar