Caio Víbio Rufo

Caio Víbio Rufo Rufino (em latim: Gaius Vibius Rufus Rufinus) foi um político romano nomeado cônsul sufecto em 16. Além disto, duas coisas se conhecem sobre sua vida: que ele alegava possuir a cadeira curul de Júlio César e que foi casado com a viúva de Cícero, provavelmente a segunda esposa dele, Publília. Entre 16 e 24 foi um dos curatorum alvei Tiberis, responsável pela manutenção das margens do Tibre[1].

Caio Víbio Rufo
Cônsul do Império Romano
Consulado 16 d.C.

Caio Víbio Rufino, cônsul sufecto em 22, era seu filho.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Druso Júlio César

com Caio Norbano Flaco
com Marco Júnio Silano (suf.)

Sisena Estacílio Tauro
16

com Lúcio Escribônio Libão
com Caio Víbio Rufo (suf.)
com Públio Pompônio Grecino (suf.)

Sucedido por:
'Lúcio Pompônio Flaco

com Caio Célio Rufo
com Caio Víbio Marso (suf.)
com Lúcio Voluseio Próculo (suf.)


Referências

  1. Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 12/2, c. 177