Abrir menu principal

Campeonato Carioca de Futebol de 1923

Campeonato Carioca de Futebol de 1923
Carioca 1923
Município do Rio de Janeiro
Dados
Participantes 16
Organização LMDT
Período 15 de abril14 de outubro
Gol(o)s 459
Partidas 115
Média 3,99 gol(o)s por partida
Campeão Município do Rio de Janeiro Vasco da Gama
Vice-campeão Município do Rio de Janeiro Flamengo
3.º colocado Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg São Cristóvão
4.º colocado Município do Rio de Janeiro Fluminense
Rebaixado(s) Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Americano FC
Melhor marcador Nonô (Flamengo) – 17 gols
Melhor ataque (fase inicial) Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Villa Isabel – 42 gols
Melhor defesa (fase inicial) Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Mangueira – 12 gols
Maior goleada
(diferença)
Villa Isabel Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg 10 – 0 Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Americano FC
Campo do Jardim Zoológico, Vila IsabelRio de Janeiro
26 de agosto, Série B
Outras divisões
2ª divisão Hellenico
◄◄ Município do Rio de Janeiro Carioca 1922 Soccerball.svg Carioca 1924 Município do Rio de Janeiro ►►

O Campeonato Carioca de Futebol de 1923 foi a 18ª edição da principal divisão do futebol no Rio de Janeiro. A disputa ocorreu entre 15 de abril e 26 de agosto e foi organizada pela Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT). O torneio foi vencido pelo Vasco da Gama, sendo o primeiro título de um clube de fora da Zona Sul ou Tijuca, até então os polos futebolísticos da cidade e da aristocracia.[1] A equipe do Vasco da Gama tinha, a época, a alcunha de Os Camisas Negras,[2] devido à cor de seu uniforme. O título do Vasco foi, também, o primeiro de uma equipe composta por jogadores negros, mulatos e operários, o que causou enorme repercussão à época, já que o futebol era um esporte praticado sobretudo pela aristocracia inglesa. Considera-se que o campeonato vencido pelo Vasco em 1923 foi um marco na vitória sobre o racismo no futebol brasileiro.[3]

Índice

RegulamentoEditar

Assim como nas edições anteriores, os 16 participantes foram divididos entre as Série A e B de acordo com a classificação do ano anterior. Os participantes enfrentaram os adversários da sua própria série em dois turnos e, ao final, a equipe de melhor campanha foi declarada campeã da série.

O primeiro colocado da Série A enfrentaria o primeiro colocado da Série B para definir o campeão carioca. Antes, porém, o campeão da Série B tinha de enfrentar o último colocado da Série A para definir o clube que disputaria a Série A do campeonato do ano seguinte. Caso a partida fosse vencida por este último, seria declarado campeão da cidade o primeiro colocado da Série A.

A equipe de pior campanha da Série B enfrentou a campeã da Segunda Divisão para determinar quem participaria da Série B do campeonato do ano seguinte.

Série A da 1ª DivisãoEditar

Equipes participantesEditar

Equipe Bairro, Cidade Em 1922 Estádio Capacidade Títulos Participações
America Football Club Tijuca,   Rio de Janeiro Rua Campos Sales 15 000 3 (último em 1922) 15
Andarahy Athletico Club Vila Isabel,   Rio de Janeiro Rua Prefeito Serzedello Corrêa[4] ? 0 7
Bangu Athletic Club Bangu,   Rio de Janeiro Rua Ferrer 8 000 0 11
Botafogo Football Club Botafogo,   Rio de Janeiro Rua General Severiano 20 000 3 (último em 1912) 17
Club de Regatas do Flamengo Flamengo,   Rio de Janeiro Rua Paysandu 10 000 4 (último em 1921) 11
Fluminense Football Club Laranjeiras,   Rio de Janeiro Laranjeiras 25 000 8 (último em 1919) 17
São Christóvão Athletico Club São Cristóvão,   Rio de Janeiro Rua Figueira de Mello 10 000 0 11
Club de Regatas Vasco da Gama São Cristóvão,   Rio de Janeiro 1º (na Série B) Rua General Severiano e Laranjeiras 20 000 e 25 000 0 0 (1ª vez)

Classificação FinalEditar

Campeão
Disputa da Prova eliminatória
Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG %
1   Vasco da Gama 25 14 12 1 1 32 19 13 89,3
2   Flamengo 19 14 8 3 3 39 23 16 67,9
3   São Cristóvão 17 14 8 1 5 34 23 11 60,7
4   Fluminense 14 14 5 4 5 33 26 7 50,0
5   America 13 14 5 3 6 20 25 -5 46,4
6   Andarahy 10 14 3 4 7 20 29 -9 35,7
6   Bangu 10 14 3 4 7 28 43 -15 35,7
8   Botafogo 4 14 2 0 12 21 39 -18 14,3

ConfrontosEditar

  AME AND BAN BOT FLA FLU SCR VAS
America 2–1 3–3 1–0 1–3 2–4 0–0 0–1
Andarahy 0–0 2–2 W–O 3–2 2–2 0–0 1–3
Bangu 6–1 2–0 3–5 3–3 1–5 1–2 2–2
Botafogo 0–1 2–4 0–2 1–4 1–2 2–3 1–3
Flamengo 1–3 4–1 6–0 4–1 1–1 2–1 1–3
Fluminense 3–1 3–3 6–0 3–5 2–2 0–1 1–2
São Cristóvão 1–4 6–2 5–1 6–1 1–3 4–1 2–3
Vasco 2–1 1–1 3–2 3–2 2–3 1–0 3–2

     Vitória do mandante;
     Empate;
     Vitória do visitante.

Prova eliminatória da série AEditar

14 de outubro Botafogo 3 – 1 Villa Isabel Laranjeiras, Rio de Janeiro

Neco  
Alkindar  ,  
  Lalá Árbitro: Arthur Antunes de Moraes e Castro "Laís"

Com esta vitória, o Botafogo garantiu sua permanência na Série A do Carioca de 1924 e acabou com a necessidade da partida entre Vasco da Gama e Villa Isabel, campeões das Séries A e B, respectivamente. O Vasco da Gama, portanto, foi declarado campeão carioca.

Série B da 1ª DivisãoEditar

Equipes participantesEditar

Equipe Bairro, Cidade Em 1922 Estádio Capacidade Títulos
Americano Football Club Engenho de Dentro,   Rio de Janeiro 3º (na Série B) Sem sede fixa - 0
Carioca Football Club Jardim Botânico,   Rio de Janeiro 4º (na Série B) Estrada Dona Castorina[5] ? 0
Palmeiras Atlético Clube São Cristóvão,   Rio de Janeiro 5º (na Série B) Rua Prefeito Serzedello Corrêa[6] ? 0
River Football Club Piedade,   Rio de Janeiro 1º (na Segunda Divisão) Rua João Pinheiro[7] ? 0
Sport Club Brasil Botafogo,   Rio de Janeiro 2º (na Segunda Divisão) Rua Paysandu 10 000 0
Sport Club Mackenzie Méier,   Rio de Janeiro 7º (na Série B) Sem sede fixa - 0
Sport Club Mangueira Tijuca,   Rio de Janeiro 6º (na Série B) Rua Desembargador Isidro - 0
Villa Isabel Futebol Clube Vila Isabel,   Rio de Janeiro 2º (na Série B) Campo do Jardim Zoológico ? 0


Classificação finalEditar

Disputa da Prova eliminatória da série A
Disputa da Prova eliminatória da série B
Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG %
1   Villa Isabel 21 14 9 3 2 42 17 25 75,0
1   Mangueira 21 14 9 3 2 27 12 15 75,0
3   Carioca 17 14 8 1 5 37 19 18 60,7
4   Mackenzie 17 14 8 1 5 36 23 13 60,7
5   River 14 14 5 4 5 23 25 -2 50,0
6   SC Brasil 10 14 5 0 9 28 33 -5 35,7
7   Palmeiras 8 14 3 2 9 13 35 -22 28,6
8   Americano FC 4 14 2 0 12 15 57 -42 14,3

Nota: Villa Isabel e Mangueira terminaram o campeonato empatados em número de pontos. Como na época não havia critérios de desempate, o título foi decidido, então, em uma partida extra, decidida na prorrogação.

Partida-desempate da Série BEditar

20 de setembro Villa Isabel 3 – 2 (pro.) Mangueira Rua General Severiano, Rio de Janeiro

Com esta vitória, o Villa Isabel se classificou para a disputa da Prova eliminatória da Série A, contra o último colocado da Série A do mesmo ano, o Botafogo, que viria a ganhar a disputa.

ConfrontosEditar

  AFC BRA CAR MAC MAN PAL RIV VIL
Americano FC 2–1 2–3 0–1 1–6 2–3 2–3[a] 1–4
SC Brasil 6–0 1–5 2–3 0–1 4–1 2–0 3–2
Carioca 7–2 7–2 3–1 1–3 5–0 3–1 1–2
Mackenzie 7–1 3–4 1–2 2–0 4–0 1–1 3–2
Mangueira 2–0 2–1 1–0 1–0 1–2 3–1 0–0
Palmeiras 1–2 2–1 0–0 0–2 1–4 1–3 0–3
River 3–0 2–0 2–0 3–5 1–1 1–1 2–2
Villa Isabel 10–0 3–1 1–0 4–3 2–2 3–1 4–0
  • a. ^ O mando de campo foi invertido e passado para o River.

     Vitória do mandante;
     Empate;
     Vitória do visitante.

Prova eliminatória da série BEditar

9 de setembro Hellenico 2 – 0 Americano FC Rua Paysandu, Rio de Janeiro
13:30
 ,  

Com esta vitória, o Hellenico, campeão da Segunda Divisão, conseguiu a promoção para a Primeira Divisão de 1924 - Série B enquanto o Americano FC foi rebaixado para a Segunda Divisão de 1924.

O CampeãoEditar

 
Uniforme dos Camisas Negras

O Campeonato Carioca de 1923 teve como vencedor o Vasco da Gama, grande centro do sport náutico com seu pequeno campo na rua Moraes e Silva no Maracanã, (Zona Norte). Esta foi a primeira vez, até então, que de um clube de fora da Zona Sul ou Tijuca, até então os polos futebolísticos da cidade e da aristocracia,[8] vencia o campeonato. Além disso, foi a segunda vez que um clube fora dos chamados "Quatro Grandes" da época (América, Botafogo, Flamengo e Fluminense) venceu o certame, com a exceção do título do Payssandu em 1912.

A equipe do Vasco da Gama tinha, a época, a alcunha de Os Camisas Negras,[9] devido à cor de sua camisa. O título do Vasco foi, também, o primeiro de uma equipe composta por jogadores pobres, negros, mulatos, comerciários e operários, o que causou enorme repercussão à época, rompendo com o paradigma de que somente os grandes clubes do então Distrito Federal detinham a supremacia de títulos conquistados, cujo futebol era praticado sobretudo pela elite carioca. Considera-se que o campeonato vencido pelo Vasco em 1923 foi um marco na vitória sobre o racismo no futebol brasileiro.[10]

A CampanhaEditar

1º TurnoEditar

15 de abril de 1923 Vasco da Gama   1–1[11]   Andarahy Rua General Severiano, Rio de Janeiro

Torterolli  

22 de abril de 1923 Botafogo   1–3   Vasco da Gama Rua General Severiano, Rio de Janeiro

Mingote  , Paschoal  , Cecy  

29 de abril de 1923 Flamengo   1–3   Vasco da Gama Rua Paysandu, Rio de Janeiro

Cecy   , Negrito  

13 de maio de 1923 America   0–1   Vasco da Gama Rua Campos Sales, Rio de Janeiro

Arlindo  

20 de maio de 1923 Vasco da Gama   1–0   Fluminense Laranjeiras, Rio de Janeiro

Arlindo  

03 de junho de 1923 Vasco da Gama   3–2   Bangu Laranjeiras, Rio de Janeiro

Arlindo   , Negrito  

10 de junho de 1923 São Cristóvão   2–3   Vasco da Gama Rua Figueira de Melo, Rio de Janeiro

Lucio (contra)  , Torterolli  , Arlindo  

2º TurnoEditar

24 de junho de 1923 Andarahy   1–3   Vasco da Gama Rua Prefeito Serzedello Corrêa, Rio de Janeiro

Cecy    , Bolão  

01 de julho de 1923 Vasco da Gama   3–2   Botafogo Laranjeiras, Rio de Janeiro

Arlindo    , Cecy  

08 de julho de 1923 Vasco da Gama   2–3   Flamengo Laranjeiras, Rio de Janeiro

Cecy  , Arlindo  

22 de julho de 1923 Vasco da Gama   2–1   America Laranjeiras, Rio de Janeiro

Nicolino  , Torterolli  

29 de julho de 1923 Fluminense   1–2   Vasco da Gama Laranjeiras, Rio de Janeiro

Pires  , Negrito  

12 de agosto de 1923 Vasco da Gama   3–2 [12]   São Cristóvão Rua General Severiano, Rio de Janeiro

Negrito   , Cecy  

19 de agosto de 1923 Bangu   2–2   Vasco da Gama Rua Ferrer, Rio de Janeiro

Bolão  , Negrito  

Time-baseEditar

Gol Zaga Meio-campo Ataque Técnico

  Nélson

  Leitão

  Mingote

(  Cláudio)

  Nicolino

  Bolão

  Arthur

  Paschoal

  Torterolli

  Arlindo

  Cecy

  Negrito

  Ramón Platero


ArtilhariaEditar

Pos. Jogador Equipe Gols[13]
1   Nonô   Flamengo 17
2   Chiquinho   America 13
  Ismael   Mackenzie
  Vadinho   SC Brasil
5   Nilo   Botafogo 12
  José Manoel Coelho   Fluminense
  Cid   Villa Isabel
8   Arthur "Bahianinho"   São Cristóvão 11
  Junqueira   Flamengo
10   Durval   Mackenzie 10
11   Zezé   Fluminense 9
  Lalá   Villa Isabel
13   Arlindo   Vasco da Gama 8
  Sílvio Moreira "Cecy"   Vasco da Gama
  Antuérpia   Carioca
  Henrique   Villa Isabel
  Mazzeo I   Mangueira

Classificação FinalEditar

Campeão
Disputa da Prova eliminatória da série A
Rebaixado à Segunda Divisão
Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG %
1   Vasco da Gama 25 14 12 1 1 32 19 13 89,3
2   Flamengo 19 14 8 3 3 39 23 16 67,9
3   São Cristóvão 17 14 8 1 5 34 23 11 60,7
4   Fluminense 14 14 5 4 5 33 26 7 50,0
5   America 13 14 5 3 6 20 25 -5 46,4
6   Andarahy 10 14 3 4 7 20 29 -9 35,7
7   Bangu 10 14 3 4 7 28 43 -15 35,7
8   Botafogo 6 15 3 0 12 24 40 -16 20
9   Villa Isabel 23 16 10 3 3 46 22 24 71,9
10   Mangueira 21 14 9 3 2 27 12 15 75,0
11   Carioca 17 14 8 1 5 37 19 18 60,7
12   Mackenzie 17 14 8 1 5 36 23 13 60,7
13   River 14 14 5 4 5 23 25 -2 50,0
14   SC Brasil 10 14 5 0 9 28 33 -5 35,7
15   Palmeiras 8 14 3 2 9 13 35 -22 28,6
16   Americano FC 4 15 2 0 13 15 59 -44 13,3

PremiaçãoEditar

Campeonato Carioca de 1923
 
VASCO DA GAMA
Campeão
(1º título)

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • ASSAF, Roberto; MARTINS, Clovis. Campeonato Carioca - 96 Anos de História - 1902/1997. Ed. Irradiação Cultural. Rio de Janeiro; 1997.
  • MERCIO, Roberto. A História dos Campeonatos Cariocas de Futebol. Studio Alfa. Rio de Janeiro; 1985.
  • ASSAF, Roberto e MARTINS, Clóvis. História dos Campeonatos Cariocas de Futebol - 1906/2010. Maquinária Editora; 2010.
  • ROCHA, José da Silva. Club de Regatas Vasco da Gama - Histórico 1898-1923.
  • Revista Grandes Clubes Brasileiros
  • Polyanthea Vascaína, revista de 1927

Referências

  1. FFERJ. «Campeões do Campeonato Carioca - 1ª Divisão (1° Quadro)». 01 de maio de 2005. Consultado em 9 de maio de 2016 
  2. Club de Regatas Vasco da Gama. «1923 - Os camisas negras». Consultado em 9 de maio de 2016 
  3. Observatório Racial Futebol. «Vasco da Gama, o time que venceu o racismo». Consultado em 9 de maio de 2016 
  4. Futebol Nacional (20 de junho de 2014). «Campo da Rua Prefeito Serzedello Corrêa (Andarahy AC)». Consultado em 9 de maio de 2016 
  5. Futebol Nacional (20 de junho de 2014). «Campo da Estrada Dona Castorina». Consultado em 9 de maio de 2016 
  6. Futebol Nacional (20 de junho de 2014). «Campo da Rua Prefeito Serzedello Corrêa (Andarahy AC)». Consultado em 9 de maio de 2016 
  7. River Futebol Clube. «O River através dos tempos». Consultado em 9 de maio de 2016 
  8. FFERJ. «Campeões do Campeonato Carioca - 1ª Divisão (1° Quadro)». 01 de maio de 2005. Consultado em 9 de maio de 2016 
  9. Club de Regatas Vasco da Gama. «1923 - Os camisas negras». Consultado em 9 de maio de 2016 
  10. Observatório Racial Futebol. «Vasco da Gama, o time que venceu o racismo». Consultado em 9 de maio de 2016 
  11. Em 23 de maio, o Vasco ganha os pontos na Liga, o Andarahy atuou com João Martins (Joãozinho) que estava irregular, não tinha pago a multa; 2) Em 11 de agosto (decisão do Conselho Superior), negar provimento ao recurso do Andarahy ao ato do Conselho Técnico da 1ª Divisão, que lhe desmarcou o ponto obtido no empate com o Vasco, por ter incluído um jogador multado.RSSSF Brasil (12 de fevereiro de 2005). «Rio de Janeiro Championship 1923». Consultado em 9 de maio de 2016 
  12. Vasco campeão com uma rodada de antecedência.
  13. RSSSF Brasil (12 de fevereiro de 2005). «Topscorers Rio de Janeiro Championship 1923». Consultado em 9 de maio de 2016 

Ligações externasEditar