Capitão Poço

Município brasileiro do estado do Pará
Capitão Poço
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Capitão Poço
Bandeira
Brasão de armas de Capitão Poço
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Terra da Laranja"
Gentílico capitão pocense
Localização
Localização de Capitão Poço no Pará
Localização de Capitão Poço no Pará
Mapa de Capitão Poço
Coordenadas 1° 44' 42" S 47° 03' 54" O
País Brasil
Unidade federativa Pará
Municípios limítrofes Ourém, Garrafão do Norte, Irituia, Santa Luzia do Pará, Aurora do Pará e Mãe do Rio.
Distância até a capital 226 km
História
Fundação 1961
Aniversário 29 de dezembro
Administração
Prefeito(a) João Tonheiro (PR, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 2 899,532 km²
População total (estimativa IBGE/2017[2]) 62 839 hab.
Densidade 21,7 hab./km²
Clima Tropical
Altitude 73 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,615 médio
PIB (IBGE/2014[4]) R$ 381 498,71 mil
PIB per capita (IBGE/2014[4]) R$ 7 250,62
Website Sítio oficial (Prefeitura)

Capitão Poço é um município brasileiro do estado do Pará, pertencente à Mesorregião do Nordeste Paraense na microrregião do Guamá. Sendo mais conhecido por sua grande produção de laranja.

EtimologiaEditar

Denominação em homenagem ao explorador Capitão Possolo, integrante da primeira caravana de exploradores pioneiros, que chegaram na região em junho de 1955.[5]

HistóriaEditar

Na década de 1950, no Município de Ourém foi instalada uma "frente pioneira" que passou a ser chamada de Capitão Poço, após a criação da BR Belém-Brasília, que resultaram na instalação de migrantes, de outras partes do país, em território paraense.[5]

Formação AdministrativaEditar

Em dezembro de 1961, foi elevado à categoria de município com denominação de Capitão Poço pela Lei Estadual nº 2 460 (de 29/12/1961), sendo desmembrado de Ourém.[6]

GeografiaEditar

Localiza-se no norte brasileiro, a uma latitude 02º25'08" sul e longitude 48º09'08" oeste, estando a uma altitude de 73 metros do nível do mar.[7] O município possui uma população estimada em 52.839 habitantes distribuídos em 2 899,553 km² de extensão territorial.[2]

Subdivisões

Bairros:

  • Marupá;
  • Gasolina;
  • Tatajuba;
  • DER;
  • JR 1;
  • JR 2;
  • JR 3;
  • Coutilândia;
  • Eurico Siqueira;
  • Flor de Lins;
  • Goiabarana;
  • Goiânia;
  • Centro;
  • Jardim Tropical;
  • Vila Nova;
  • Vila Kennedy;
  • Bairro de Fátima;
  • Santa Rita de Cássia;
  • IPASEP.


Principais Vilas e/ou povoados:

  • Açaiteua;
  • Arauaí;
  • Ajará;
  • Santa Luzia do Induá;
  • Jacamim;
  • Boca Nova;
  • Boca Velha;
  • Caraparu da Estrada;
  • Caraparu do Meio;
  • Caraparu de Cima;
  • Caraparu de Baixo;
  • Grota Seca;
  • Iacaiacá;
  • Bom Jardim;
  • Muriá;
  • Jararaca;
  • Vila Nazaré;
  • Cubiteua;
  • Santana;
  • Beira do Rio;
  • Igarapé-Açú.

EducaçãoEditar

Educação BásicaEditar

O índice de Desenvolvimento de Educação Básica é 3,1 (IBGE, 2016), o índice abaixo da média nacional. Atualmente o município de Capitão Poço conta com um número aproximadamente de 1,5 mil alunos matriculados no ensino infantil, 10 mil matriculado no ensino fundamental e 2 mil matriculados no ensino médio (IBGE, 2015).[8]


Escolas Estaduais:

  • EEEFM Padre Vitaliano Maria Vari;
  • EEEFM Terezinha Bezerra Siqueira;
  • EEEFM Oswaldo Cruz;
  • EEEFM Belina Campos Coutinho;
  • EEEFM Antônio Valdenir Araújo de Lima (Lions);

Principais escolas municipais:

  • EMEF Fátima Oliveira;
  • EMEF Silvio Nascimento;
  • EMEF Francisco Marques Aguiar;
  • EMEF Mariana das Graças;
  • EMEF Valmeire Borges;
  • EMEF Laura Borges;


Educação SuperiorEditar

 
CAMPUS DE CAPITÃO POÇO

Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)Editar

Atualmente, Capitão Poço conta com o campus universitário da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), que realiza suas atividades de ensino, pesquisa e extensão no município desde 2005. Ofertando cursos presenciais nas áreas de Ciências Agrárias, Ciências Biológicas e Tecnologia da Informação[9].

Universidade Federal do Pará (UFPA)Editar

A Universidade Federal do Pará (UFPA) contém um núcleo da universidade no município, que ofertas cursos de graduação intensivo pelo Plano Nacional de Formação de Professores (PARFOR).[10]

Faculdade Educacional da Lapa (FAEL)Editar

Faculdade Educacional da Lapa (FAEL) é uma instituição Privada, que oferta cursos de graduação à distância. Atualmente, oferta variáveis cursos à distância.[11]

Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI)Editar

Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI) é uma instituição privada, que oferta cursos de graduação à distância. Atualmente, oferta variáveis cursos à distância.[12]

EconomiaEditar

AgriculturaEditar

O município contém um expressiva produtividade, contendo plantações de Bananas (1,6 t), Coco-da-Baía (14 mil), Laranja (150 mil t), Maracujá (180 t), Pimenta do Reino (2 mil t), Arroz (104 t), Feijão (1,5 mil t), Malva (112 t), Mandioca (54 mil t), Milho (1,1 mil t) e Açaí (35 t). [13](IBGE, 2015)

PecuáriaEditar

O município de capitão Poço contém produção pecuária interessante, contando com aquicultura, Bovinos, caprinos, galináceo, mel de abelhas e criação de suínos. (IBGE, 2015)

SilviculturaEditar

Na silvicultura Capitão Poço produz Carvão Vegetal (20 t), Lenha (2 mil m³) e Madeira em tora (10 mil m³). (IBGE, 2016).

ComércioEditar

Possui comércio forte, que é responsável por quase 50% do PIB da Cidade.

TurismoEditar

Pontos turísticos
  • Santuário Santo Antonio Maria Zaccaria (Igreja Matriz);
  • Balneário Águas Cristalinas;
  • Praça da Alvorada;
  • Balneário Geladeira;
  • Prainha da Boca Nova;
  • Balneário Cacurí;
  • Balneário Pensamento;
  • Parque Hotel Fazenda Cachoeira;
  • Parque Clube Riacho Doce;
  • Parque Clube Cantagalo.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. a b «Estimativa populacional 2017 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 10 de outubro de 2017 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 28 de dezembro de 2016 
  5. a b «Capitão Poço Pará - PA Histórico» (PDF). IBGE. 5 de março de 2010. Consultado em 8 de abril de 2013 
  6. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. «Histórico». Município de Capitão Poço. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  7. Geografos. «Capitão Poço, Pará». Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  8. «Cidades | IBGE». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  9. DTI, Secretarias de Educaocao Superiro requisitou a Celula A da Diretoria de Tecnologia da Informacao e Comunicacao (DTI), Ministerio da Educacao -. «e-MEC - Sistema de Regulação do Ensino Superior». emec.mec.gov.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  10. «SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas». sigaa.ufpa.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  11. «Cursos de Graduação». FAEL - Faculdade Educacional da Lapa. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  12. «Cursos de graduação em Capitão Poço/PA». portal.uniasselvi.com.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  13. «Cidades | IBGE». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.