Irituia

Município brasileiro do estado do Pará

Irituia é um município brasileiro, localizado na região Nordeste do estado do Pará.

Irituia
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Irituia
Bandeira
Brasão de armas de Irituia
Brasão de armas
Hino
Lema De Irituia para o Pará, de Irituia para o Brasil, de Irituia para o Mundo
Apelido(s) "Terra do Pão, do Carimbó e da Gengibirra"
Gentílico irituiense
Localização
Localização de Irituia no Pará
Localização de Irituia no Pará
Mapa de Irituia
Coordenadas 1° 46' 08" S 47° 26' 20" O
País Brasil
Unidade federativa Pará
Municípios limítrofes São Miguel do Guamá,Capitão Poço,Mãe do Rio e São Domingos do Capim
Distância até a capital 170 km
História
Fundação 16 de dezembro de 1725
Aniversário 16 de dezembro
Administração
Prefeito(a) Carmelina Costa (2017/2020) (DEM)
Características geográficas
Área total [1] 1 379,523 km²
População total (IBGE/2016[2]) 32 504 hab.
Densidade 23,6 hab./km²
Clima Tropical, com inverno Amazônico que vai de dezembro a Junho, e verão de Julho a Novembro
Altitude 25 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,559 baixo
PIB (IBGE/2014[4]) R$ 175 752,31 mil
PIB per capita (IBGE/2014[4]) R$ 5 554,05

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 01º46'16" sul e a uma longitude 47º26'17" oeste, estando a uma altitude de 25 metros. Sua população estimada Segundo o Censo Demográfico em 2016 era de 31.664 habitantes.

Cultura e HistóriaEditar

As mais importantes festas religiosas do município de Irituia são a de São Benedito, realizada no primeiro domingo de janeiro, e da santa padroeira do lugar, Nossa Senhora da Piedade, homenageada no último domingo de outubro, também é claro não podemos deixar de citar aqui duas grande festas de manifestação cultural realizada em Irituia é o Festival da Cultura Irituiense que é realizado agora na terceira semana de julho e o festival do Carimbó realizado na segunda semana de janeiro.

A origem do atual município, situado na zona fisiográfica denominada Guajarina, data de 1725, quando foi concedida sesmaria para Lourenço Ferreiria Gonçalves, antecessor de Lourenço de Souza Pereira, que fundou a capela de Nossa Senhora da Piedade.

Em 1754, o Bispo Frei Miguel de Bulhões erigiu a referida capela em freguesia. Assim, entrou Irituia para o século XVIII e para a Independência.

Irituia adquiriu categoria de Vila e município no ano de 1867, sendo extinto em 1868, em virtude de dissensões políticas geradas entre liberais e conservadores, no Município de Ourém, a que Irituia era subordinado.

Em 1879, Irituia readquiriu sua condição de Vila e município e, em 1886, foi extinta pela segunda vez.

A emancipação político-administrativa de Irituia ocorreu, também em 1889 e a instalação se deu em 1881. Porém, em 1930, o município sofreu nova supressão, ficando o território anexado ao de São Miguel do Guamá.

Há controvérsia em relação à data definitiva de sua restauração. Entretanto no quadro da Divisão Administrativa relativo a 1933, Irituia figura como município, constituído por um só distrito: o de Irituia.

O topônimo Iritua, de origem tupi I-ri-tuia significa corredeira velha, antiga.

Gentílico: Irituense ou Irituiense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Irituia, pela lei provincial nº 14, de 09-09-1839, subordinado ao município de Ourém.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Irituia, pela lei provincial nº 534, de 12-10-1857, desmembrado de Ourém.

Pelas leis provinciais nº 586, de 23-10-19-1868 e 1286, de 13-09-1886, é extinta a vila, sendo seu território anexado ao município de São Miguel do Guamá.

Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Irituia, pela lei provincial nº 934, de 31-07-1879, desmembrada de São Miguel do Guamá. Sede na vila de Irituia. Constituído do distrito sede.

Reinstalado 07-01-1881.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Pelo decreto estadual nº 6, de 04-11-930, é extinto novamente o município de Irituia, sendo seu território anexado ao município de São Miguel do Guamá.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Irituia, pelo decreto estadual de 1933, desmembrado de São Miguel do Guamá.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito.

 Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o município aparece constituído de 5 distritos: Irituia, Mututuí, Santa Rita Durão, São Gregório e Vila Conceição.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1937, o município aparece constituído de 7 distritos: Iritua, Bonito, Caju, Conceição de Iritua, Mututui, São Gregório e Santa Rita Durão. Não figura no distrito de Vila Conceição no seu lugar figura o distrito de Conceição Irituia.

Pelo decreto-lei estadual nº 3131, de 31-10-1938, são extintos todos os distritos, sendo seu territórios anexados ao distrito sede do município de Irituia.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2019.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «Estimativa Populacional 2016» (PDF). Estimativa Populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 22 de setembro de 2013 
  4. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 29 dez. 2016 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.