Capitania-Geral de São Domingos

A Capitania-Geral de São Domingos (em espanhol: Capitanía General de Santo Domingo) foi uma entidade territorial integrante do Império espanhol, sediada na Ilha de São Domingos. Foi criada em 1524 e em 1812 transformou-se na Província espanhola de Santo Domingo. Fez parte do Vice-Reino das Índias até 1535 para passar a fazer parte do Vice-Reino de Nova Espanha até 1821. Foi a primeira província espanhola estabelecida no Novo Mundo e desde 1511 o exercício da jurisdição foi organizada em torno da Real Audiencia de São Domingos.



Capitanía General de Santo Domingo (es)
Capitania-Geral de São Domingos (pt)
Flag of France (1794–1815, 1830–1958).svg
 
Flag of the Dominican First Republic.svg
 
Royal Banner of the Crown of Castille (Habsbourg Style).svg
1493 – 1795 Flag of Spanish Haiti.svg
 
Flag of France (1794–1815, 1830–1958).svg
 
Flag of the Dominican Republic (up to 1844).svg

Bandeira de São Domingos

Bandeira

Continente América do Norte
Região Caribe
Capital São Domingos
Língua oficial espanhol
Religião Catolicismo
Governo Capitania-geral
Governador
 • 1524 – 1527 Gaspar de Espinosa
 • 1864 – 1865 José de la Gándara
História
 • 1493 Fundação
 • 1795 Dissolução

Depois de anos de luta com os franceses, eles acabaram ficando com o terço ocidental da ilha.[1] Os espanhóis mantiveram o controlo permanente dos dois terços orientais da mesma, com excepção de um período de domínio francês de 1795 a 1809. Este território tornar-se-ia anos mais tarde na República Dominicana.

São Domingos teve um papel importante na conquista do Novo Mundo ao tornar-se o centro de operações dos conquistadores espanhóis em seu caminho para a conquista da o continente americano.

Referências

  1. «Hispaniola». Britannica.com. Consultado em 4 de janeiro de 2014