Cara sucia

telenovela

Cara Sucia (Brasil: Sombras do Passado ou Cara Suja) é uma telenovela venezuelana produzida por Marisol Campos e exibida pela Venevisión entre 5 de março a 12 de outubro de 1992,[1] substituindo Mundo de fieras e sendo substituída por Por amarte tanto.

Cara Sucia
Estrella (PT)
Sombras do Passado / Cara Suja (BR)
Cara sucia
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Duração 45 minutos aproximadamente
Criador(es) Inés Rodena
Elenco Sonya Smith
Guillermo Dávila
Gigi Zanchetta
Humberto Garcia
Chony Fuentese
País de origem  Venezuela
Idioma original espanhol
Episódios 174
Produção
Diretor(es) Gabriel Walfensao
Produtor(es) Marisol Campos
Roteirista(s) Carlos Romero
Alberto Gómez
Tema de abertura "Antología de caricias", por Altamira Banda Show
Exibição
Emissora original Venezuela Venevisión
Transmissão original 5 de março de 1992 a 12 de outubro de 1992
Cronologia
Mundo de fieras

É protagonizada por Sonya Smith e Guillermo Dávila e Antagonizada por Gigi Zanchetta e Humberto García

Baseada na radionovela La gata de Inés Rodena, foi escrita por Carlos Romero e Alberto Gómez.

Elenco editar

Exibição no Brasil editar

No Brasil, foi exibida pela Rede Bandeirantes, entre 7 de junho e 22 de outubro de 1999, sob o título de Sombras do passado.

Foi exibida pela segunda vez,na íntegra, com a mesma dublagem brasileira da Megasom, a partir do primeiro semestre de 2022, tendo seu último capítulo transmitido em 31 de outubro do mesmo ano, inaugurando o horário das 19:00 (com reprise em diversos horários e maratona aos finais de semana) do canal Novelíssima (2138), disponível através do serviço de streaming gratuito Samsung TV Plus. Foi sucedida no horário por sua substituta original na Venezuela, Por amarte tanto.

Está sendo exibida novamente pelo canal Novelíssima, desde 05 de outubro de 2023, agora no horário das 21:00,substituindo Maria Celeste, menos de um ano após ser finalizada. Nessa ocasião, foram apresentados os dois primeiros capítulos nos dias 05 e 06 de outubro. A partir da segunda-feira seguinte,durante pouco mais de uma semana,foram apresentados somente os dois primeiros capítulos continuamente,retornando a exibição normal (por volta do décimo capítulo) no dia 18 do mesmo mês.

Exibição em Portugal editar

Foi exibida na TVI, em 1994, sob o título "Estrela", e substituindo a primeira telenovela venezuelana exibida na emissora, "Lágrimas", e sendo substituída por Morena Clara. Nos fins de semana, eram reprisados os episódios da semana anterior, como um compacto longo de aproximadamente 4 a 5 horas de emissão.[3]

Versões editar

Cara sucia é baseada, de forma livre, da radionovela La gata, escrita originalmente por Inés Rodena, da qual outras versões foram feitas:

No México:

Na Venezuela:

No Brasil

Referências

  1. «Cara sucia, telenovela». Venevisión International. Consultado em 20 de agosto de 2013 
  2. Obelmejías Yolimer (20 de outubro de 2013). «"'Cara sucia' fue encantadora"». El Universal. Consultado em 30 de setembro de 2018. Cópia arquivada em 23 de abril de 2014 
  3. «Lista de telenovelas internacionais da TVI». Wikipédia, a enciclopédia livre. 2 de julho de 2022. Consultado em 2 de julho de 2022 

Ligações externas editar