Abrir menu principal

Carlos Marreiros, de nome completo Carlos Alberto dos Santos Marreiros (Macau, 1957) é um arquiteto, urbanista e artista plástico natural de Macau e luso-descendente (ou macaense).

Índice

BiografiaEditar

Estudou em Macau, Portugal, Alemanha Ocidental e Suécia, tendo regressado à sua terra natal em 1983, onde veio a estabelecer o seu gabinete de arquitetura.

Nas últimas três décadas, Carlos Marreiros concebeu e construiu perto de 200 obras em Macau, Hong Kong, República Popular da China, Portugal e Austrália.

Para além do trabalho de Arquitectura e Urbanismo, teve sempre um papel activo na sociedade de Macau, tendo desempenhado desde cedo diversos cargos públicos e de representação em áreas distintas.

Foi fundador, Diretor Artístico e Sub-Diretor da “RC-Revista de Cultura”, editada desde 1987, pelo Instituto Cultural do Governo de Macau, instituição da qual foi também Presidente (1989-1992). Principal fundador do Círculo dos Amigos da Cultura de Macau e seu presidente desde então (1985). Presidente da Direção (1999-2001) da Assembleia Geral (2002-2005) e do Conselho Fiscal (2006-2008) da Associação dos Arquitetos de Macau. Delegado ao Conselho da ARCASIA-Architects Regional Council of Asia (1999-2005) e Vice-presidente da ARCASIA (2003-2004), responsável pela Região C (R.P. China, Japão, Coreia do Sul, Hong Kong e Macau).

Foi também Membro da Comissão Eleitoral para a Eleição do Chefe do Executivo da Região Administrativa Especial de Macau (1999, 2004 e 2009). Desde 2000 até à data, é Membro do Conselho Geral do Conselho do Ambiente do Governo da Região Administrativa Especial de Macau (R.A.E.M), do Conselho Consultivo para o Reordenamento dos Bairros Antigos, do Conselho Consultivo para a Acreditação Profissional de Arquitetos e Engenheiros, e do Conselho Consultivo da Cultura do Governo da R.A.E.M.. É Curador da Fundação Macau (desde 2001) e Membro do Conselho para as Indústrias Culturais (desde 2010) do Governo da R.A.E.M.

É Presidente do Fellow Members Council da Associação de Arquitectos de Macau, Presidente Honorário da Associação de Engenharia e Construção de Macau e Diretor-Geral do Albergue SCM, Indústrias Criativas.

Como professor universitário lecionou nas Universidades de Xangai, de Hong Kong e de Macau, e como orador e professor convidado, na Universidade Técnica de Lisboa, na Universidade da Califórnia em Berkeley, no Politecnico di Milano, entre outras, na Ásia, Europa e Américas.

Artista plásticoEditar

Como artista plástico realizou mais de vinte e quatro exposições individuais e participou em mais de meia centena de coletivas em todo o mundo. Em 2013 foi o artista escolhido para representar Macau na 55ª Exposição Internacional de Arte de Veneza, La Biennale 2013.

Exposições individuaisEditar

  • 1976
    • “Carlos Marreiros, Pintura, Desenho e Gravura”, Escola Comercial Pedro Nolasco da Silva, Macau
  • 1977
    • Galeria do Grand Hotel das Termas, Luso, Portugal
  • 1991
    • Galeria do Hotel de Ville, Europália, Bruxelas, Bélgica
  • 1992
  • 1993
    • “Carlos Marreiros, Pinturas & Desenhos” – Galeria da Casa Garden, Fundação Oriente, Macau
    • Museu Nacional de História, Beijing, República Popular da China
  • 1994
    • “Carlos Marreiros, Desenhos”, Galeria Kuarto, Taipa, Macau
  • 1997
  • 1998
    • “Carlos Marreiros: Dinastia Macau”, Galeria do Leal Senado, Macau
    • “Carlos Marreiros: O Poeta e a Cidade”, Clube Militar de Macau, Macau
  • 2000
    • “Macau 2000”, Casa da Lusofonia, Lisboa, Portugal
  • 2005-6
    • “Peregrinacam, Fernam Mendez Pinto” – Uma Exposição dos Irmãos Marreiros, MAM-Museu de Arte de Macau, Macau
  • 2009
    • Lanterna do Coelhinho, Parte 1, Exposição de Carlos Marreiros & Amigos, Galeria do Albergue SCM / ALBcreativeLAB, Macau
  • 2010
    • Lanterna do Coelhinho, Parte 2, Exposição de Carlos Marreiros & Amigos, Galeria do Albergue SCM / ALBcreativeLAB, Macau
    • “Some Smoky Stories”, Carlos Marreiros, Galeria da Macau Creations, Macau
    • Lanterna do Coelhinho, Parte 3, Exposição de Carlos Marreiros & Amigos, Galeria do Albergue SCM / ALBcreativeLAB, Macau
  • 2011
    • Lanterna do Coelhinho, Parte 4, Exposição de Carlos Marreiros & Amigos, Galeria do Albergue SCM / ALBcreativeLAB, Macau
    • Guerras do Tabaco, Exposição de Carlos Marreiros, Galeria do AFA Beijing, “798 Art Zone”, Beijing, República Popular da China
  • 2012
  • 2013
    • “PATO•MEN, by Carlos Marreiros”[1], La Biennale 2013, Veneza, Itália

Exposições ColectivasEditar

  • 2001
    • “Biombos dos Portugueses”, Comissão Nacional para as Celebrações dos Descobrimentos Portugueses, Portugal, Brasil, Macau e Canadá
    • “Urbanalidades, 3 Artistas na Cidade”[2], Carlos Marreiros, Conceição Jr. e Konstantin Bessmertny, Capital Lusófona da Cultura 2001- UCLA, Museu de Arte de Macau, Macau
    • 16ª Exposição Internacional de Arte da Ásia, República Popular da China
  • 2002
    • “Sketch Extension 2”, ‘Old Ladies’ House Art Space, Macau
    • “Um Serão no Jardim da Primavera, Artistas de Macau”, Várias Cidades de Portugal
    • 17ª Exposição Internacional de Arte da Ásia, Coreia do Sul
  • 2003-4
    • “Um Serão no Jardim da Primavera, Artistas de Macau”, Várias Cidades de Espanha
  • 2003
    • 18ª Exposição Internacional de Arte da Ásia, Hong Kong
  • 2004
    • ACA 11, Congresso dos Arquitectos da Ásia, Exposição de Arquitectura de Macau, Associados de AAM, Universidade de Macau, Taipa, Macau
  • 2005
    • “15 Anos, 15 Artistas”, IPOR - Instituto Português do Oriente, várias galerias, Macau
    • 20ª Exposição Internacional de Arte da Ásia, Filipinas
  • 2006
    • Macau Nova Vaga, Exposição de Arte Contemporânea, MAM – Museu de Arte de Macau, Macau
  • 2008
    • Artistas de Macau e Jianmen, Galeria Kam Pek, Macau
  • 2009
  • 2010
    • “Habitar Portugal 2006/2008”, Exposição Nacional de Arquitetura, Portugal, [[Reino Unido
    • AFA Autumn Salon, Casa Garden, Fundação Oriente, Macau
  • 2011
    • “Nas Comissuras da Memória” – Artistas Contemporâneos, Museu de Arte de Macau, Macau
    • “Acessórios Imaginários”, Arte Contemporânea de Macau, Museu do Oriente, Lisboa, Portugal
  • 2012
    • “Wu Min Wu Tu – Exposição Colectiva”, Museu de Arte de Guangdong, Guangdong, República Popular da China
    • “Rota das Letras”, Festival Literário de Macau, Galeria do Antigo Tribunal, Macau
    • “MC Biennale”, Exposição Colectiva dos Artistas Colaboradores, Macau Creations, Macau

BibliografiaEditar

  • Marreiros, Carlos, "Arquitectura corrente de Macau", Figueira, Francisco, Marreiros, Carlos e Marreiros, Victor, Património arquitectónico, Macau, 1983
  • Marreiros, Carlos, “Falsas Fachadas”, in Nam Van, Revista Mensal do GCS, n.2, Junho, Macau, 1984
  • Marreiros, Carlos, “O Mercado Vermelho”, in Nam Van, Revista Mensal do GCS, Macau, 1984
  • Cremmer, R. D., “Macau: City of Commerce and Culture”, University of East Asia Press, Hong Kong, 1987 (“Traces of Chinese and Portuguese Architecture”, chapter 7, Carlos Marreiros) (ISBN 962-308-002-6)
  • Marreiros, Carlos, “1999 – Pela continuidade descomplexada da cultura de Macau”, Vértice – Revista Bimensal Nov.-Dez. 1993, II Série, Lisboa, 1993
  • Marreiros, Carlos, “O Modelo-Mãe: a Arquitectura Mestiça Macaense das Falsas Fachadas”, in Revista de Cultura, nos. 38-39, Instituto Cultural de Macau, Macau, 1999
  • Marreiros, Carlos, “Sede Actual do Conselho do Ambiente – O Palacete de Chan Chi”, Lotus . Revista do Ambiente, Ano 5 n.9, Outubro, Macau, 2001
  • Marreiros, Carlos, “Raul Chorão Ramalho, In Memoriam”, Magazine Nº 5, Associação dos Arquitectos de Macau, Macau, 2002
  • Marreiros, Carlos, “Macau Mixed Architecture and Urbanization / A Arquitectura Mista e a Urbanização de Macau”, RC – Review of Culture, International Edition No. 3, Cultural Institute, Macau, 2002
  • Marreiros, Carlos, “For an Architectural Culture of Macau, From California to Macau”, in Architecture for the New Millennium, Macau Art Museum, 2003
  • Imperadori, Marco; Montanelli, Arturo; Iannaccone, Giuliana, “Carlos Marreiros: Un Architetto fra due Culture / Carlos Marreiros: An Architect betweent two Cultures”, BE-MA Editrice, Milão, 2007 (ISBN 88-7143-255-X)

Referências