Carlota de Saxe-Hildburghausen

aristocrata alemã

Catarina Carlota Jorgina Frederica Sofia Teresa de Saxe-Hildburghausen (em alemão: Katharina Charlotte Georgine Friederike Sophie Therese; 17 de junho de 1787 - 12 de dezembro de 1847) foi a filha de Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo e da sua esposa, a duquesa Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz.

Carlota de Württemberg
Princesa de Württemberg
Duquesa de Saxe-Hildburghausen
Cônjuge Paulo de Württemberg
Descendência Carlota de Württemberg
Frederico de Württemberg
Paulo Frederico de Württemberg
Paulina de Württemberg
Augusto de Württemberg
Nascimento 17 de junho de 1787
  Hildburghausen, Alemanha
Morte 12 de dezembro de 1847 (60 anos)
  Bamberg, Alemanha
Pai Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo
Mãe Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz

Primeiros anosEditar

Carlota viveu num mundo de conspiração, política e guerra. O seu pai mal podia vê-la a ela e aos seus irmãos. A sua mãe era rígida e queria dar-lhe uma boa educação. Sendo a mais velha da família, Carlota tinha muitas responsabilidades, como tomar conta dos irmãos mais novos, estar presente em aulas importantes, influenciar os súbditos do seu ducado e ser um modelo a seguir. Carlota nunca perdia a esperança e teve sempre pensamentos positivos.[1]

Casamento e descendênciaEditar

No dia 28 de setembro de 1805, Carlota casou-se com o príncipe Paulo de Württemberg, numa cerimónia extravagante.[2] Contudo, o casamento não foi feliz. Os dois discutiam constantemente e dizia-se que Paulo tinha muitas amantes. Apesar de tudo o casal teve cinco filhos juntos:

  1. Carlota (1807-1873), casada com o grão-duque Miguel Pavlovich da Rússia
  2. Frederico (1808-1870), casado com a princesa Catarina Frederica de Württemberg, sua prima
  3. Paulo (1809-1810), morreu com menos de um ano de idade
  4. Paulina (1810-1856), casada com Guilherme, Duque de Nassau
  5. Augusto (1813-1885), casado com Marie Bethge

Paulo não demorou a sair de casa e a mudar-se para Paris, o que deixou Carlota inconsolável. Pouco depois da morte de Carlota, Paulo voltou a casar-se e descreveu a sua primeira esposa como "uma figura perdida" em muitas páginas do seu diário.[3]

Carlota era a avó materna da princesa Sofia de Nassau, que se tornou rainha-consorte da Suécia.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Carlota de Saxe-Hildburghausen em três gerações[4]
Carlota de Saxe-Hildburghausen Pai:
Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo
Avô paterno:
Ernesto Frederico III, Duque de Saxe-Hildburghausen
Bisavô paterno:
Ernesto Frederico II de Saxe-Hildburghausen
Bisavó paterna:
Carolina Amália de Erbach-Fürstenau
Avó paterna:
Ernestina Augusta de Saxe-Weimar
Bisavô paterno:
Ernesto Augusto I de Saxe-Weimar
Bisavó paterna:
Sofia Carlota de Brandemburgo-Bayreuth
Mãe:
Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz
Avô materno:
Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavô materno:
Carlos Luís Frederico de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavó materna:
Isabel Albertina de Saxe-Hildburghausen
Avó materna:
Frederica de Hesse-Darmstadt
Bisavô materno:
Jorge Guilherme de Hesse-Darmstadt
Bisavó materna:
Maria Luísa de Leiningen-Falkenburg-Dagsburg

Referências

  1. Heinrich Ferdinand Schoeppl: Die Herzoge von Sachsen-Altenburg. Bozen 1917, Neudruck Altenburg 1992
  2. http://www.thepeerage.com/p10885.htm#i108844
  3. Dr. Rudolf Armin Human: Chronik der Stadt Hildburghausen. Hildburghausen 1886
  4. The Peerage