Cemitério da Ajuda

cemitério de Lisboa, Portugal
Cemitério da Ajuda
Cemitério da Ajuda, October 2012.jpg
País
Endereço
Estatuto patrimonial
Incluído em sítio classificado (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Coordenadas
Rua do cemitério.

O Cemitério da Ajuda é um cemitério da freguesia da Ajuda, em Lisboa.

HistóriaEditar

Entre 1766 e 1787, Pina Manique, a mando da rainha D. Maria I, ergueu na Ajuda um cemitério que serviria os criados da Casa Real e os pobres das freguesias da Ajuda e Santa Maria de Belém. Em 1835 passa a ser propriedade pública através do decreto-lei de Rodrigo da Fonseca Magalhães, que obrigava a existência de cemitérios públicos ao invés do que acontecia anteriormente, visto que a população era sepultada nas igrejas. Em 1849 passa para tutela municipal, a mando da rainha D. Maria II, ficando circunscrito à população das freguesias da Ajuda, Santa Maria de Belém e por vezes a freguesia vizinhas. A entrada do cemitério está ornamentada com quatro esculturas dispostas em nichos que representam a Verdade e a Fortaleza ladeando o portão à direita e no lado oposto, a Justiça e a Esperança. No exterior da Capela, as figuras escultóricas simbolizam a Oração e a Fé, à esquerda e à direita, a Humildade e a Caridade.[1]

Ilustres sepultados no Cemitério da AjudaEditar

ReferênciasEditar

  1. «Cemitério da Ajuda». Junta de Freguesia da Ajuda. Consultado em 30 de Janeiro de 2018 
  2. «Cemitério da Ajuda». Sítio da Câmara Municipal de Lisboa. 2017. Consultado em 30 de Janeiro de 2018