Abrir menu principal
Clara Gonzaga
Retrato de Clara por artista desconhecido.
Condessa consorte de Montpensier
Delfina consorte de Auvérnia
Reinado Maio de 14865 de outubro de 1496
Antecessor(a) Gabriela de la Tour
Sucessor(a) Susana de Bourbon
 
Cônjuge Gilberto de Bourbon-Montpensier
Descendência Luísa, Duquesa de Montpensier
Luís II, Conde de Montpensier
Carlos III de Bourbon
Francisco, Duque de Châtellerault
Renata, Duquesa de Lorena
Ana de Bourbon
Casa Gonzaga
Bourbon-Montpensier
Nascimento 1 de julho de 1464
  Mântua, Itália
Morte 2 de junho de 1503 (38 anos)
  França
Enterro Capela Santa de Aigueperse, Auvérnia, França
Pai Frederico I Gonzaga
Mãe Margarida da Baviera

Clara Gonzaga (em italiano: Chiara; em francês: Claire Gonzague; Mântua, 1 de julho de 1464França, 2 de junho de 1503) [1][2][3] foi condessa de Montpensier e delfina de Auvérnia como esposa de Gilberto de Bourbon-Montpensier.

Índice

FamíliaEditar

Clara foi a filha mais velha e primogênita nascida de Frederico I Gonzaga, marquês de Mântua e de Margarida da Baviera. Seus avós paternos eram Luís III Gonzaga, marquês de Mântua e Bárbara de Brandemburgo, e seus avós maternos eram o duque Alberto III da Baviera e Ana de Brunsvique-Grubenhagen-Einbeck.

Ela teve cinco irmãos mais novos: Francisco II Gonzaga, sucessor do pai e marido de Isabel d'Este; Sigismundo, um cardinal; Isabel, duquesa de Urbino como esposa de Guidobaldo I de Montefeltro; Madalena, primeira esposa de Giovanni Sforza, que depois casou-se com Lucrécia Bórgia, e João Gonzaga, conde de Vescovato.

BiografiaEditar

Clara casou-se com o futuro conde Gilberto em 24 de fevereiro de 1482, em Mântua. Ele era filho de Luís I de Montpensier e de sua segunda esposa, Gabriela de la Tour. Em 1486, ele sucedeu ao pai como conde de Montpensier e delfim de Auvérnia.

 
Medalha de Clara por autoria de Bartolomeo Melioli.

Gilberto morreu em 5 de outubro de 1496, em Pozzuoli, na Campânia, na Itália. Ele foi enterrado na Capela Santa de Aigueperse.

Em 1499, ela agiu como mediadora em nome do seu irmão Francisco, que desejava formar uma aliança com a França com o objetivo de proteger Mântua, que à à época estava sendo ameaçada por César Bórgia e pelo Doge de Veneza.[4]

A ex-condessa também manteve contato com sua cunhada, Isabel d'Este, esposa de Francisco II, através de correspondências. [5]

Clara faleceu alguns anos mais tarde, em 2 de junho de 1503, aos 38 anos de idade, e foi enterrada no mesmo local que o marido.

DescendênciaEditar

O casal teve seis filhos:


 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Clara Gonzaga

Referências

  1. «The Peerage». thepeerage.com 
  2. «Foundation for Medieval Genealogy». fmg.ac 
  3. «Geneanet». gw.geneanet.org 
  4. Marek, George R. (1976). The Bed and the Throne: the Life of Isabella D'Este. [S.l.]: Harper & Row. p. 77. ISBN 978-0-06-012810-4 
  5. Marek, George R. (1976). The Bed and the Throne: the Life of Isabella D'Este. [S.l.]: Harper & Row. p. 82. ISBN 978-0-06-012810-4