Classe Yorktown

A Classe Yorktown identifica um grupo de porta-aviões da Marinha dos Estados Unidos.[1]

USS Yorktown (CV-5) (1937).

HistóriaEditar

A classe Yorktown é composta de 3 navios de guerra: USS Yorktown (CV-5), USS Enterprise (CV-6) e USS Hornet (CV-8). Estes porta-aviões, ao contrário dos projetos contemporâneos, eram dotados de hangar aberto, o que aumentava a quantidade de aviões transportados.

Os três navios participaram da Batalha de Midway e seus bombardeiros de mergulho foram os principais responsáveis pela derrota do Império do Japão, que perdeu nesta batalha 4 porta-aviões, 2 cruzadores e aproximadamente 2 500 homens.

O USS Enterprise (CV-6) foi o único da classe a sobreviver até o final da guerra, tendo participado de todas as batalhas aero-navais no Pacífico, exceto a Batalha do Mar de Coral. O USS Yorktown (CV-5) foi afundado por torpedos japoneses em 2 de Outubro de 1942 na Batalha de Midway. O USS Hornet (CV-8) foi afundado em 27 de Outubro de 1942 em consequência dos danos sofridos na Batalha das Ilhas Santa Cruz.

Navios na classeEditar

Navio Construtor Batimento de Quilha Lançamento Comissionamento Fatalidade
USS Yorktown (CV-5) Newport News Shipbuilding and Drydock Company, Newport News, Virgínia 21 de maio de 1934 4 de abril de 1936 30 de setembro de 1937 Afundado por submarino seguido de ataque aéreo em 6 de junho de 1942
USS Enterprise (CV-6) 16 de julho de 1934 3 de outubro de 1936 2 de maio de 1938 Desmanchado em Kearny (Nova Jérsei) em 1958
USS Hornet (CV-8) 25 de setembro de 1939 14 de dezembro de 1940 20 de outubro de 1941 Afundado por ataque aéreo em 27 de outubro de 1942

EspecificaçõesEditar

  • Comprimento: 246,7 m (total) [1]
  • Boca: 33,4 m
  • Calado: 7 m
  • Deslocamento: 19 576 toneladas (padrão) / 25 484 toneladas (plena carga)
  • Propulsão: Turbinas a vapor, 4 eixos (120 000 shp)
  • Velocidade Máxima: 32,5 nós
  • Autonomia: 12 000 mn a 15 nós
  • Blindagem: 102 mm (lateral), 76 mm (convés) e 25–76 mm (convés inferior)
  • Armamento principal: 8 x 127 mm L/38 duplos instalados no deck de decolagem
  • Artilharia antiaérea: 40 x 12.7 mm L/90
  • Aviões: 96 aviões
    • Yorktown, maio de 1942
  • Enterprise, junho de 1944
  • Tripulação: 227 oficiais/1 990 marinheiros (1941)

Referências

  1. a b Keith E. Allen. «Yorktown class, Design History» (em inglês). Anti-Air Armament Development. Consultado em 23 de junho de 2012 

BibliografiaEditar

  • Stefan Terzibaschitsch: Flugzeugträger der U.S. Navy. Bernhard & Graefe Verlag, Bonn 2001, ISBN 3-7637-6200-0
  • Mark Stille: US Navy Aircraft Carriers 1922-45. Prewar classes. Osprey Publishing, Oxford 2007, ISBN 978-1-84176-890-8
  • Steve Wiper: Warship Pictorial No. 9. Yorktown Class Carriers. Classic Warships Publishing, Tucson 2000. ISBN 978-0-9654829-8-1

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Classe Yorktown
  Este artigo sobre Porta-aviões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.