Comrade Kim Goes Flying

filme de 2012 dirigido por Kim Kwang-Hoon

Comrade Kim Goes Flying (Brasil: A Camarada Kim Quer Voar ) é um filme anglo-belga-norte-coreano do género comédia romântica, realizado por Kim Gwang Hun, Nicholas Bonner e Anja Daelemans e escrito por Sin Myong Sik e Kim Chol.[1] A rodagem aconteceu em Pionguiangue na Coreia do Norte.[2] Estreou-se no Festival Internacional de Cinema de Pionguiangue[3] e no Festival Internacional de Cinema de Toronto em setembro de 2012.[4] Também foi exibido na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo a 31 de outubro de 2013.[5]

Comrade Kim Goes Flying
A Camarada Kim Quer Voar (BRA)
 Bélgica
Coreia do Norte
 Reino Unido
2012 •  cor •  81 min 
Realização Kim Gwang Hun
Nicholas Bonner
Anja Daelemans
Produção Anja Daelemans
Nicholas Bonner
Ryom Mi Hwa
Argumento Sin Myong Sik
Kim Chol
Elenco Han Jong Sim
Pak Chung Guk
Género comédia romântica
Música Ham Chol
Frederik Van de Moortel
Cinematografia Jin Sok Hwang
Edição Alain Dessauvage
Kim Yun-sim
Gao Bing
Ren Jia
Companhia(s) produtora(s) Another Dimension of an Idea
Korea Film Export & Import Corporation
Koryo Group
Idioma coreano
Site oficial

ElencoEditar

  • Han Jong Sim como camarada Kim Yong Mi
  • Pak Chung Guk como Pak Jang Phil
  • Ri Yong Ho como comandante Sok Gun
  • Kim Son Nam como pai de Yong Mi
  • Ri Ik Sung como gestor da mina de carvão
  • Kim Un Yong como trapezista Ri Su Hyon
  • Han Kil Myong como avó de Yong Mi
  • An Chang Sun como mãe de Jang Phil

ReceçãoEditar

Comrade Kim goes Flying teve sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Toronto em setembro de 2012, sendo mostrado também no Festival Internacional de Cinema de Pionguiangue no mesmo ano.[3] Em outubro, foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Busan na Coreia do Sul.[6] Em março de 2013 durante a estreia do filme nos Estados Unidos, Ron Gluckman do Wall Street Journal escreveu que a longa-metragem possui: "um estilo eufórico semelhante a um filme com Doris Day e Rock Hudson".[7]

Jay Weissberg da Variety escreveu: "“Comrade Kim Goes Flying” prova que a cooperação com o ocidente é realmente possível, pelo menos no cinema. Uma reminiscência com tonalidades doces para a época alegre da Technicolor quando ainda triunfava e a “pós-modernidade” ainda não havia sido inventada, este conto “vamos colocar num espetáculo!” de uma jovem mineira que sonha em tornar-se uma acrobata, vem conquistando corações desde sua estreia em Toronto".[4]

Referências

  1. Beja, Hélder (15 de outubro de 2012). «No Norte há uma camarada que sabe voar». Ponto Final 
  2. Landreth, Jonathan (30 de julho de 2012). «Filming a North Korean Dream» (em inglês). The New York Times 
  3. a b Iyer, Pico (Março de 2015). «A Rare Glimpse Inside North Korea's Pyongyang International Film Festival» (em inglês). Vanity Fair 
  4. a b Weissberg, Jay (9 de março de 2013). «Film Review: 'Comrade Kim Goes Flying'» (em inglês). Variety 
  5. Varella, Juliana (24 de outubro de 2013). «Programação da Mostra 2013 – Quinta-feira, 31 de outubro». Guia da Semana 
  6. Rauger, Jean-François (12 de outubro de 2012). «Le camarade Kim, invité posthume du Festival de Busan» (em francês). Le Monde 
  7. Gluckman, Ron (20 de março de 2013). «Romantic North Korea» (em inglês). Wall Street Journal 

Ligações externasEditar