Condado de Veldenz



Grafschaft Veldenz
Condado de Veldenz

Estado do Sacro Império Romano-Germânico

Frankenrechen.svg
1112 – 1801 COA family de Pfalz-Simmern.svg
 
Flag of Prussia (1892-1918).svg

Brasão de Veldenz

Brasão

Localização de Veldenz
Continente Europa
Capital Veldenz
Língua oficial Dialeto Frâncico do Mosela (Alemão)
Governo Monarquia
História
 • 1112 Criação do Condado
 • 1277 Condes de Veldenz-Geroldseck
 • 1444 Herdado pelos Duques do Palatinado-Zweibrücken
 • 1500 Integração no Círculo imperial da Alta Renãnia
 • 1543 Condes do Palatinado-Veldenz
 • 1801 Anexado pelo Império Francês
Membro de: Sacro-Império
Castelo de Veldenz 2005
Castelo de Veldenz, 2007

O Condado de Veldenz (em alemão: Grafschaft Veldenz), foi um antigo principado alemão, situado no atual estado federado da Renânia-Palatinado. O condado estava localizado parcialmente entre Kaiserslautern, Sponheim e Zweibrücken e, por outra parte, no Mosela, no Arcebispado de Tréveris.

Um município com o mesmo nome, Veldenz, e um castelo (Schloss Veldenz), localizam-se no distrito de Bernkastel-Wittlich.

HistóriaEditar

Os Condes de Veldenz separaram-se dos Vildgraves de Kyrburgo e de Schmidburgo em 1112. A linhagem masculina da primeira casa condal extinguiu-se em 1260 com a morte de Gerlach V de Veldenz e a sua filha, Inês de Veldenz, herdou o condado em 1260. O seu marido, Henrique de Geroldseck foi o fundador da segunda linhagem dos Condes de Veldenz, designada Casa de Veldenz-Geroldseck (Hohengeroldseck).

Em 1444 o condado passou para o controlo de Estêvão do Palatinado-Simmern-Zweibrücken que casara com Ana de Veldenz, filha e herdeira de Frederico III de Veldenz.

Desde então, o Condado de Veldenz ficou associado ao Ducado do Palatinado-Zweibrücken até que, em 1543, pelo Tratado de Marburgo, o duque Wolfgang do Palatinado-Zweibrücken, doou o Condado de Veldenz ao seu tio, Roberto, que fora regente dos estados durante a sua menoridade.

Roberto, deu início à nova linhagem do Palatinado-Vendenz, tendo-lhe sucedido o seu filho Jorge João I que casou com a princesa Ana Maria da Suécia, filha do rei Gustavo I da Suécia

Em 1553, pelo Tratado de Sucessão de Heidelberga, Wolfgang do Palatinado-Zweibrücken, regularizara a sucessão entre os várias linhagens do ramo Palatino dos Wittelsbach. Assim, quando o neto de Jorge João, Leopoldo Luís, morreu sem sucessão legítima (1694), Veldenz reverteu para a linhagem do Palatinado-Zweibrücken.

Em 1801 foi incorporado no departamento do Sarre do Primeiro Império Francês. Em 1815, o Congresso de Viena, atribuiu uma pequena parte do condado, situada junto ao Mosela, ao Reino da Prússia e o restante ao Reino da Baviera.

Condes de VeldenzEditar

Linhagem de Veldenz

  • Emicho, Conde de Kyrburgo e Schmidburgo, 1086–1113
  • Gerlach I de Veldenz, 1112–1146
  • Gerlach II de Veldenz, 1146–1186
  • Gerlach III de Veldenz, 1186–1214
  • Gerlach IV de Veldenz, 1214–1254
  • Gerlach V de Veldenz, 1254–1260
  • Inês de Veldenz, 1260–1277

Linhagem de Veldenz-Geroldseck

  • Henrique de Geroldseck,1277–1298, casou com Inês de Veldenz
  • Walter de Veldenz, 1298–1327
  • Jorge I de Veldenz, 1327–1347
  • Henrique II de Veldenz, 1347–1378
  • Frederico II de Veldenz, 1378–1396
  • Henrique III de Veldenz, 1378–1389
  • Henrique IV de Veldenz, 1389–1393
  • Frederico III de Veldenz, 1393–1444

Linhagem do Palatindo-Zweibrücken

 
Brasão da Linha Palatinado-Veldenz.

Linhagem do Palatinado-Veldenz

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar

BibliografiaEditar