Controvérsia

estado de disputa ou debate pública prolongado
Wikcionário
O Wikcionário tem o verbete controvérsia.

Uma controvérsia (do latim controversia) ou disputa é uma questão de opinião sobre a qual as partes discordam ativamente, argumentam ou debatem.[1] Controvérsias podem variar em tamanho, indo desde disputas privadas entre dois indivíduos até desentendimentos em larga escala entre sociedades.

Áreas perenes de controvérsia incluem religião, filosofia e política. Controvérsias em questões teológicas têm sido particularmente inflamadas, dando origem à frase odium theologicum. Questões controvertidas são tidas como potencialmente divisoras numa dada sociedade, porque levam à tensão e má vontade. Algumas controvérsias são consideradas tabu para muitas pessoas, a menos que a sociedade possa encontrar um terreno comum para compartilhar e discutir os sentimentos de seu povo sobre determinado assunto controverso.

PsicologiaEditar

Controvérsias são frequentemente percebidas como um resultado da falta de confiança da parte de um dos argumentadores – como sugerido pela lei de controvérsia de Benford, que apenas fala sobre falta de informação ("paixão é inversamente proporcional a quantidade de informação verdadeira disponível"). Por exemplo, numa análise da controvérsia política sobre a mudança climática, que é excepcionalmente virulenta nos Estados Unidos, foi proposto que aqueles que se opõem ao consenso científico o fazem por não terem informações suficientes sobre o tópico.[2][3] Em contrapartida, um estudo feito com 1 540 adultos americanos[4] relatou que níveis de educação científica correlacionam com a força da opinião na mudança climática, mas não em que lado do debate a pessoa estaria.

O fenômeno enigmático de dois indivíduos serem capazes de chegar em diferentes conclusões depois de serem expostos aos mesmos fatos têm sido frequentemente explicado (particularmente por Daniel Kahneman) pela referência a "limitação da racionalidade" – em outras palavras, que a maior parte dos julgamentos são tomados usando heurísticas que agem rapidamente[5][6] que funcionam bem em situações diárias, mas não são ideais para a tomada de decisões sobre assuntos complexos como mudança climática. A ancoragem tem sido particularmente identificada como relevante em controvérsias de mudanças climáticas[7] uma vez que foi descoberto que indivíduos tendem a ser mais positivamente inclinados a acreditar em mudança climática se a temperatura externa está maior, se eles são induzidos a pensar sobre o calor, e se eles são expostos a temperaturas altas quando pensam sobre aumentos futuros de temperatura causados pela mudança climática.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

Citações

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.