Abrir menu principal

Copa Europeia/Sul-Americana de 1983

A Copa Europeia/Sul-Americana, também conhecida como Copa Toyota e Copa Intercontinental, foi realizada em partida única disputada na cidade de Tóquio, no Japão. O confronto foi disputado entre o Grêmio do Brasil, campeão da Taça Libertadores da América e o Hamburgo da Alemanha, campeão da Liga dos Campeões da UEFA. Foi vencida pelo Grêmio, após empate em 1–1 no tempo normal e 1–0 na prorrogação, com o resultado total de 2–1 para o time brasileiro.

Europeia/Sul-Americana de 1983
Evento
1 a 1 no tempo normal,
o Grêmio venceu por 1 a 0 na prorrogação
Data 11 de dezembro de 1983
Local Estádio Nacional, Tóquio
Melhor em campo Renato Gaúcho (Grêmio)
Árbitro FrançaFRA Michel Vautrot
Público 62000

O Conselho da FIFA (antigo Comitê Executivo) reconheceu no dia 27 de outubro de 2017 os vencedores da Copa Intercontinental como campeões mundiais. Desta forma, o Grêmio se torna o primeiro clube gaúcho a ser campeão mundial. Feito reconhecido pela entidade máxima do futebol.[1][2]

Índice

História

A equipe derrotada (Hamburgo) pelo time brasileiro, apesar de dispor apenas três jogadores reservas para o confronto (o goleiro Uwe Hain, o zagueiro Dieter Brefort e o atacante Thomas von Heesen, que não apresentava condições de jogo)[3], era composta quase que em sua totalidade por jogadores com passagem pela seleção alemã (além de Hansen, que compunha a seleção dinamarquesa). Dos onze que iniciaram a partida, somente Wehemeyer e Schröeder não tiveram passagens pelos respectivos selecionados nacionais. O destaque da equipe alemã era o maestro Felix Magath, que havia sido o autor do gol da final da Copa dos Campeões da Europa 1982-1983, contra a Juventus de Turim (por sua vez, base da seleção da Itália de 1982, campeã mundial, que eliminou o Brasil de Telê Santana) de Zoff, Gentile, Cabrini, Scirea, Tardelli, Paolo Rossi, Platini (FRA) e Boniek (POL), dentre outros. Em 1983, tal equipe do Hamburgo havia completado 36 partidas de invencibilidade, um recorde na Europa.

A decisão

Com o pontapé inicial, o campo seco por conta do rigoroso inverno japonês prejudicava o toque de bola, mas não foi empecilho para o Grêmio mostrar mais ímpeto e partir para cima dos alemães, quando Renato Gaúcho, aos 38´, abriu o placar para o tricolor num lindo gol. Na segunda etapa, o jogo ficou nervoso, o Grêmio apostando na velocidade de Renato e na eficiência de sua zaga. Tudo corria bem até os 41´, quando Schroeder, no único momento que não preciso marcar Renato, subiu ao ataque e marcou o gol de empate do Hamburgo. O jogo iria para a prorrogação. Cansados, os jogadores tinham que jogar mais meia hora em busca da maior glória tricolor. E Renato Gaúcho marcou mais uma vez aos 3', após driblar seu marcador e acertar um belo chute. Os alemães não conseguiram mais pressionar e o clube brasileiro pôde comemorar o seu primeiro título de nível mundial.

Equipes classificadas

Localidade das equipes que disputaram a Copa Toyota 1983.
Confederação Equipe Classificação Participação
CONMEBOL   Grêmio Campeão da Copa Libertadores da América de 1983
UEFA   Hamburgo Campeão da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1982–83

Chaveamento

  A Classificação[NOTA] Copa Intercontinental
                     
   Hamburgo 1  
   Juventus 0  
     Hamburgo 1
     Grêmio (pro) 2
   Grêmio 1 2 3
   Peñarol 1 1 2
Notas

Final

11 de dezembro de 1983 Grêmio   2 – 1 (pro)   Hamburgo Estádio Nacional, Tóquio
12:00
Renato   37',   93' Schröder   85' Público: 62 000
Árbitro:  FRA Michel Vautrot
Assistente 1:  JPN Toshikazu Sano
Assistente 2:  JPN Shizuhasu Nakamichi
     
 
 
Grêmio
     
 
 
Hamburgo

GRÊMIO:
G 1   Mazarópi   75'
LD 2   Paulo Roberto
Z 3   Baidek
Z 6   De León     113'
LE 4   P.C Magalhães
V 5   China
V 8   Osvaldo   78'
M 11   Mário Sérgio
A 7   Renato Gaúcho   103'
A 9   Tarciso
A 10   Paulo César Lima   70'
Substituições:
G   Beto
Z   Leandro
Z   Casemiro
M   Tonho
M 15   Paulo Bonamigo   78'
A   César
A 16   Caio   81'   70'
Treinador:
  Valdir Espinosa
 

HAMBURGO:
G 1   Stein   73'
LD 3   Wehemeyer
Z 5   Hieronymus
Z 4   Jakobs
LE 2   Schröder
M 6   Hartwig   104'
V 8   Groh
M 10   Magath  
M 11   Rolff
A 9   Hansen
A 7   Wuttke
Substituições:
G   Hain  
Z   Brefort
M   Von Heesen
Treinador:
  Ernst Happel

Campeão

Copa Europeia/Sul-Americana de 1983
 
GRÊMIO
1º título

Ver também

Ligações externas

Referências