Copa Libertadores da América de 1983

A Taça Libertadores da América de 1983, foi a 24ª edição da competição sul-americana organizada pela CONMEBOL. Participaram vinte e um clubes e dez países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. O torneio começou em 3 de março e encerrou-se em 28 de junho de 1983.

Taça Libertadores da América de 1983
XXIV Copa Libertadores
Gremio FBPA 1983.jpg
Grêmio campeão da Copa Libertadores da América de 1983. Escalação: Mazarópi, Jorge Baidek, Hugo de León, Paulo Roberto, China, Casemiro, Renato Portaluppi, Osvaldo, Caio, Tita, Tarciso.
Dados
Participantes 21
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 3 de março28 de julho
Gol(o)s 184
Partidas 75
Média 2,45 gol(o)s por partida
Campeão Brasil Grêmio (1º título)
Vice-campeão Uruguai Peñarol
Melhor marcador UruguaiURU Arsenio Luzardo (Uruguai Nacional) – 8 gols
Melhor ataque (fase inicial) Brasil Grêmio – 13 gols
Melhor defesa (fase inicial) Colômbia América de Cali – 3 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Bolívar Bolívia 6 – 0 Bolívia Blooming
Hernando SilesLa Paz
13 de março, Grupo 2
 
Flamengo Brasil 7 – 1 Bolívia Blooming
MaracanãRio de Janeiro
22 de abril, Grupo 2
◄◄ Libertadores 1982 Soccerball.svg Libertadores 1984 ►►

O campeão deste ano foi o Grêmio, do Brasil, ao vencer o Peñarol, do Uruguai, por 2 a 1, em Porto Alegre. É o primeiro título do Grêmio na competição.

Regulamento[1]Editar

Na primeira fase da Libertadores, os 20 times estão divididos em cinco grupos de quatro equipes cada, que jogam entre si em turno e returno. Classificam-se apenas os campeões de cada chave.

Na Segunda fase, os clubes estão separados em duas chaves de três clubes, mais o campeão da Libertadores de 1982, o Peñarol, do Uruguai. Jogam em turno e returno, dentro das chaves. Os vencedores de cada grupo vão a final.

Serão 2 ou, se necessário, 3 partidas para decidir o torneio de 1983.

Equipes participantesEditar

País Equipe Classificacão
  Argentina
2 vagas
Ferro Carril Oeste
Estudiantes de La Plata
Campeão do Campeonato Nacional de 1982
Campeão do Campeonato da Primeira Divisão de 1982
  Bolivia
2 vagas
Bolívar
Blooming
Campeão do Campeonato de Primeira Divisão de 1982
Vice-campeão do Campeonato de Primeira Divisão de 1982
  Brasil
2 vagas
Flamengo
Grêmio
Campeão do Campeonato Brasileiro de 1982
Vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 1982
  Chile
2 vagas
Cobreloa
Colo-Colo
Campeão da Primeira Divisão de 1982
Vencedor da Liguilla Pre-Libertadores de 1982
  Colômbia
2 vagas
América de Cali
Deportes Tolima
Campeão do Campeonato Colombiano de 1982
Vice-campeão do Campeonato Colombiano de 1982
  Equador
2 vagas
El Nacional
Barcelona
Campeão do Campeonato Equatoriano de 1982
Vice-campeão do Campeonato Equatoriano de 1982
  Paraguai
2 vagas
Olimpia
Nacional
Campeão do Campeonato Paraguaio de 1982
Vice-campeão do Campeonato Paraguaio de 1982
  Peru
2 vagas
Universitario
Alianza Lima
Campeão do Campeonato Descentralizado de 1982
Vice-campeão do Campeonato Descentralizado de 1982
  Uruguai
2 vagas + atual campeão vigente
Peñarol
Nacional
Montevideo Wanderers
Campeão da Copa Libertadores de 1982
1º lugar da Liguilla Pre-Libertadores de América de 1982
2º lugar da Liguilla Pre-Libertadores de América de 1982
  Venezuela
2 vagas
Atlético San Cristóbal
Deportivo Táchira
Campeão da Primeira Divisão Venezolana de 1982
Vice-campeão da Primeira Divisão Venezuelana de 1982

Fase de gruposEditar

Critérios de desempate.
  • Dois pontos para o vencedor.
  • Um ponto em caso de empate.
Classificado para as Semifinais
Eliminados


Grupo 1Editar

Equipes Pts J V E D GP GC SG
  Estudiantes 7 6 3 1 2 8 6 +2
  Cobreloa 6 6 3 0 3 8 6 +2
  Colo-Colo 6 6 3 0 3 5 8 -3
  Ferro Carril Oeste 5 6 2 1 3 4 5 -1

Grupo 2Editar

Equipes Pts J V E D GP GC SG
  Grêmio 11 6 5 1 0 13 4 +9
  Flamengo 6 6 2 2 2 15 10 +5
  Bolívar 4 6 2 0 4 13 14 -1
  Blooming 3 6 1 1 4 4 17 -13

Grupo 3Editar

Equipes Pts J V E D GP GC SG
  América de Cali 10 6 4 2 0 10 3 +7
  Deportes Tolima 6 6 1 4 1 5 6 -1
  Universitario 4 6 0 4 2 5 8 -3
  Alianza Lima 4 6 1 2 3 3 6 -3

Grupo 4Editar

Equipes Pts J V E D GP GC SG
  Atlético San Cristóbal 8 6 3 2 1 8 4 +4
  El Nacional 7 6 3 1 2 7 4 +3
  Barcelona SC 4 6 1 2 2 7 9 -2
  Deportivo Táchira 3 6 0 3 3 1 6 -5

Grupo 5Editar

Equipes Pts J V E D GP GC SG
  Nacional 9 6 4 1 1 12 4 +8
  Montevideo Wanderers 9 6 3 3 0 9 5 +4
  Nacional 4 6 1 2 3 6 12 -6
  Olimpia 2 6 0 2 4 3 9 -6

Jogo desempate

26 de maio de 1983
Nacional 2–1 Montevideo Wanderers Montevidéu

Semi-finaisEditar

Grupo 1Editar

Equipe J V E D GP GC SG Pts
  Grêmio 4 2 1 1 7 6 1 5
  Estudiantes 4 1 2 1 6 5 1 4
  América de Cali 4 1 1 2 2 4 -2 3
21 de junho de 1983 Grêmio   2 — 1   Estudiantes La Plata Olímpico Monumental, Porto Alegre

Osvaldo   4'
Tarciso   85'
Gerieri   11' Público: 24,544
24 de junho de 1983 América de Cali   1 — 0   Grêmio Cáli

González   69'
1 de julho de 1983 Estudiantes de La Plata   2 — 0   América de Cali La Plata

6 de julho de 1983 Grêmio   2 — 1   América de Cali Olímpico Monumental, Porto Alegre

Caio   23'
Osvaldo   61'
Battaglia   60' Público: 24,043
8 de julho de 1983 Estudiantes de La Plata   3 — 3   Grêmio La Plata

Gurrieri   39',   76'
Gugnali   87'
Osvaldo   45'
César   52'
Renato   63'
Público: 30,000
Árbitro: L. Da Rosa  
15 de julho de 1983 América de Cali   0 — 0   Estudiantes de La Plata Cáli

Grupo 2Editar

Equipes J V E D GP GC SG Pts
  Peñarol 4 3 1 0 5 1 4 7
  Nacional 4 2 0 2 8 6 2 4
  Atlético San Cristóbal 4 0 1 3 2 8 -6 1
19 de junho de 1983 Atlético San Cristóbal   0 — 0   Peñarol San Cristóbal

26 de junho de 1983 Atlético San Cristóbal   1 — 2   Nacional San Cristóbal

5 de julho de 1983 Peñarol   2 — 0   Nacional Estádio Centenário, Montevidéu

8 de julho de 1983 Nacional   5 — 1   Atlético San Cristóbal Montevidéu

13 de julho de 1983 Peñarol   1 — 0   Atlético San Cristóbal Estádio Centenário, Montevidéu

15 de julho de 1983 Nacional   1 — 2   Peñarol Montevidéu

FinaisEditar

22 de julho de 1983 Peñarol   1 — 1   Grêmio Estádio Centenário, Montevidéu

Morena   70' Tita   15' Público: 70,000
Árbitro:   Teodoro Nitti

Peñarol: Fernández, Olivera, Gutiérrez, Montelongo e Diogo; Bossio, Silva (Villarreal) e Saralegui; Zalazar, Morena e Ramos. Técnico: Hugo Bagnullo

Grêmio: Mazarópi, Paulo Roberto, Baidek, Hugo De León e Casemiro; China, Osvaldo e Tita; Renato Gaúcho, Caio (César) e Tarciso. Técnico: Valdir Espinosa


28 de julho de 1983 Grêmio   2 — 1   Peñarol Olímpico Monumental, Porto Alegre

Caio   10'
César   76'
Morena   70' Público: 73,093 pessoas com renda de 110,551,500 cruzeiros[2]
Árbitro:   Edison Pérez

Grêmio: Mazarópi, Paulo Roberto, Baidek, Hugo De León e Casemiro; China, Osvaldo e Tita; Renato, Caio (César) e Tarciso. Técnico: Valdir Espinosa

Peñarol: Fernández, Olivera, Gutiérrez, Montelongo e Diogo; Bossio, Silva e Saralegui; Zalazar, Morena e Ramos. Técnico: Hugo Bagnullo

O campeãoEditar

Libertadores 1983
 
GRÊMIO
Campeão
(1º título)

Referências

  1. «Regulamento». Bola n@ Área 
  2. Revista Placar. Abril. Nº 708. 16 de dezembro de 1983. pg. 82

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.