Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2016). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O couro cabeludo é a grosso modo, a pele que reveste o crânio do ser humano e que possui cabelo. É diferente das demais peles por dois motivos: o primeiro é que abaixo desta pele existe uma estrutura muito vascularizada, formada por uma ramificação enorme de vasos sanguíneos e que é a responsável pelos grandes sangramentos ocorridos em ferimentos neste local.

Este tecido fino, friável e altamente vascularizado é chamado de gálea. Os ferimentos neste local devem necessariamente ser suturados para evitar a formação de hematomas. Os ferimentos contusos apresentam grandes hematomas, e muitos recém-nascidos nascem com bossa, ou seja, hematomas abaixo do couro cabeludo e acima da calota craniana que dão ao recém nascido a aparência de um projétil, com a cabeça pontuda. A segunda diferença é que apresenta cabelos mesmo nos calvos, apesar de ser chamado de couro cabeludo.

Ver tambémEditar