Cristina Salvador

arquiteta portuguesa

Maria Cristina Pinto da França Salvador Bagulho (Peniche, 28 de março de 1947 — Lisboa, 22 de setembro de 2011) foi uma arquiteta portuguesa.

Cristina Salvador
Nascimento 28 de março de 1947
Peniche
Morte 22 de setembro de 2011 (64 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal portuguesa
Ocupação arquitecta
Prémios Prémio Fernando Távora 2008-2009

BiografiaEditar

Diplomou-se em 1971 na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa. Iniciou a sua carreira profissional no final da década de 1960, tendo colaborado com os arquitetos Manuel Tainha, José Rafael Botelho e, em Angola, com Vasco Vieira da Costa. Em 1976 fundou o Atelier do Chiado com Fernando Bagulho.[1]

Projetos de arquitetura e urbanismo em Portugal, Angola e Congo Brazzaville. Missões técnicas de avaliação de equipamentos sociais e de infraestruturas urbanas em Angola e Guiné Bissau.[2]

Teve papel importante na aproximação entre os arquitetos de Portugal e Angola; foi autora de diversos projetos de investigação, trabalhos e livros sobre a realidade arquitetónica, mas também antropológica, social e política em países africanos de expressão portuguesa.[3]

Entre 1998 e 2000, trabalhou em Luanda (e em Maputo) como bolseira do Programa Praxis 21, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Desde essa data, fez investigação em arquitetura e urbanismo na África subsariana e realizou (ou coordenou), vários projetos de planeamento e arquitetura em Angola e na República do Congo. Foi membro fundador do CE.DO-Centro de Estudos do Deserto[4]. Em 2009, com a proposta de viagem "Diário do Deserto - Namibe 2009" recebeu o Prémio Fernando Távora, atribuído pela Ordem dos Arquitetos, Secção Regional Norte, em parceria com a Câmara Municipal de Matosinhos. Para este trabalho, "Cristina Salvador estudou no terreno “o encontro e as trocas entre comerciantes e pastores” e “a troca de pesquisas antropológicas, económicas e espaciais” [...] naquele território, que é considerado o deserto mais antigo do mundo".[3][5][6]

Foi membro do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Arquitetos (2005-2007), onde assumiu o Pelouro da Prática Profissional, destacando-se o seu papel no lançamento do Estudo “Profissão Arquitetos” em 2006. Membro Honorário da Ordem dos Arquitetos em 2011.[3][7]

PublicaçõesEditar

  • Salvador, Cristina – Diário do Deserto: Namibe. Lisboa: MIASOAVE, 2015. ISBN 978-989-99412-2-9
  • Salvador, Cristina; Rodrigues, Cristina U. – Viagem no Deserto: Namibe, Angola. Lisboa: IPAD, 2010. ISBN 978-972-8975-31-9

Ligações ExternasEditar

Referências

  1. «Cristina Salvador». Buala. Consultado em 19 de abril de 2014 
  2. Salvador, Cristina; Rodrigues, Cristina U – Viagem no Deserto; Namibe, Angola. Lisboa: Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, 2010.
  3. a b c «A arquitecta Cristina Salvador, membro nº 864 da Ordem dos Arquitectos, faleceu a 22 de Setembro de 2011.». Ordem dos Arquitetos – SRN. Consultado em 19 de abril de 2014 
  4. «Membros Fundadores do Centro de Estudos do Deserto». CE.DO. Consultado em 19 de abril de 2014 
  5. «Arquitecta Cristina Salvador é a vencedora do 4º Prémio Fernando Távora». Público – Cultura. Consultado em 19 de abril de 2014 
  6. «Lançamento de Livro + CD Diário do Deserto (Cristina Salvador) e Paisagens Propícias (João Lucas)». Ordem dos Arquitetos. Consultado em 13 de dezembro de 2015 
  7. «Membros Honorários da Ordem dos Arquitectos». Ordem dos Arquitectos. Consultado em 19 de abril de 2014