Cruzeiro Futebol Clube (Rio Grande do Norte)

O Cruzeiro Futebol Clube é um clube de futebol brasileiro da cidade de Macaíba, no estado do Rio Grande do Norte. O clube foi fundado em 8 de outubro de 1937 e suas cores são o azul e o branco, assim como o Cruzeiro de Minas Gerais, clube qual presta homenagem com o nome, o escudo e o uniforme. Contudo, a informação é questionável, pois o clube belorizontino somente adotou o nome em assembléia de 07 de outubro de 1942, após Decreto-lei de 30 de janeiro de 1942, no qual o Governo Getúlio Vargas proibiu o uso de termos e denominações referentes as nações inimigas (Itália, Alemanha e Japão)

Cruzeiro de Macaíba
CruzeiroFCRN.png
Nome Cruzeiro Futebol Clube (Rio Grande do Norte)
Alcunhas Cruzeiro Nordestino
Mascote Raposa
Fundação 8 de outubro de 1937 (83 anos)[1]
Estádio Estádio Jorjão
Capacidade 4.000 pessoas
Localização Macaíba, RN
Presidente João Batista de Araújo
Treinador Romildo Freire
Patrocinador Unilar
Material (d)esportivo Dody Sport
Competição Potiguar - Série B
Brasileirão Feminino - Série A-2
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

HistóriaEditar

Em 08 de outubro de 1937, um grupo de jovens amigos decide criar um time de futebol, para seus momentos de lazer e descontração. Esta equipe, inicialmente, se localizava nas proximidades do bairro do Campo da Santa Cruz. Em seu campo de treino e de jogos, existia um cruzeiro que foi construído em memórias a uma menina que faleceu próximo ao campo de futebol. O time fundado pelos jovens amigos começou a ganhar fama e sucesso, devido as suas incansáveis vitórias. Logo na cidade, começou a ser chamado do time do campo do cruzeiro, que depois se concretizou como o Cruzeiro Futebol Clube, o Cruzeiro mais antigo do Brasil.
O Cruzeiro FC, em seguida, transferiu o seu campo de treino e jogo para a região aonde se localiza o atual cemitério publico de Macaíba. Ganhando maiores projeções a nível estadual, o Cruzeiro foi apelidado do “Espantalho do interior”, que dificilmente perdia uma partida em suas visitas aos campos de fora, destacando-se em Natal, Mossoró, Caicó, Macau, Ceará-mirim, Parelhas e Assú. Em suas turnês nas décadas de 50 a 60, fora do estado do Rio Grande do Norte, o Cruzeiro-FC atuou em Recife-PE, Paraiba-PB, Aracaju-SE e Fortaleza-CE, sempre conseguindo deslocamento com carros das Forças Armadas. O Dr José Jorge Maciel, ex-prefeito de Macaíba, ao ser eleito, doou em seu mandato o terreno do atual estádio de futebol do Cruzeiro. Em respeito a tal grandiosa atitude, os diretores do Cruzeiro-FC homenagearam-no dando o seu nome ao estádio (Estádio Dr. José Jorge Maciel). Foram os fundadores do Cruzeiro: Romão Bezerra (em memória, Avô do atual Secretário de Cultura Marcelo Augusto), Vicente Inácio de Araújo (em memória, Pai do atual Presidente Executivo do Cruzeiro, o Sr João Batista e Avô do atual Presidente do Conselho Deliberativo, o Sr. Paulo Victor), João da Costa (em memória), Nestor Lima (em memória), Manoel Samuel de Araújo (Em memória), Aguinaldo Ferreira da Silva (em memória), Francisco Falcão (em memória), Luiz Cassimiro de Araújo (em memória), Sebastião Rangel (em memória), Vivaldo Cassimiro de Araújo (em memória), Luiz Inácio (em memória). Todos os nomes destes citados se encontram no estatuto do Clube como fundadores, conforme registrado em cartório.
O Cruzeiro Futebol Clube obteve o título de Utilidade Publica Municipal em 1973 e de Utilidade Publica Estadual, publicado e homologado pelo Ex-Governador do Estado do Rio Grande do Norte, o Sr José Cortez Pereira de Araújo, com data de 10 de novembro de 1973, n° 4.255. Em 1984, o ex-presidente executivo do Cruzeiro, o Sr. Francisco das Chagas Palhares, cria o Conselho Deliberativo do clube, gerando uma cúpula gestora nos processos de fiscalização e incentivos em apóio a administração do clube. Desde então, o Cruzeiro possui democracia na escolha de seus gestores a cada 3 anos. O atual quadro do Conselho Deliberativo possui 45 membros (sócios contribuintes).
Na presidência executiva passaram: Geraldo Cavalcante, Francisco das Chagas Peixoto, Francisco das Chagas Souza, Edgar Dantas, Augusto Neto, Chico Brotinho, Chico Cobra, Francisco das Chagas Palhares, Francisco Menguita da Costa (o “Gaita”) e o atual, O Sr João Batista Alves de Araújo.
Em sua conquistas, desde 1937, o cruzeiro acumula 46 títulos municipais (Campeonato Municipal de Macaíba-RN) e 3 títulos estaduais (Campeonato Estadual Amador, antigo matutão) em 1966, 1994 e 1996. Em 1947, 2006, 2007 e 2008 o Cruzeiro ficou com o vice-campeonato da segunda divisão do Campeonato Estadual do Rio Grande, campeonato promovido pela Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF).

Em 6 de junho de 2015 o Cruzeiro se sagrou Campeão do Campeonato Metropolitano de Futebol União - CMFU Sub-19 (2015), vencendo a equipe do Globo FC (Ceará-Mirim) de virada por 2 a 1. A partida foi realizada no Centro de Treinamento da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Atletas do PassadoEditar

Na sua formação de atletas, o Cruzeiro revelou para o Brasil: Miguel de Lima (ex-goleiro do Náutico, Vasco da Gama e outros), Djalma (ex-jogador do América-RN, Sport e Corinthians) e Wallyson. Em Macaíba tiveram destaques:

  • Nos anos 1950 a 1970 (Vingador, Edilson, Malheiros, Vicente, Punga, Neguinho de Punga, Zé Maria e muitos outros);
  • Anos 1975 a 1990 (Odilon, Neré, Quinho, Batucada, João, Rui, Arí, Valério Goleiro, Zacarias e outros);
  • 1990 a 2000 (Reinaldo, Bizú, João Menguita, Val, e outros);
  • 2000 a 2012 (Charles, Kelson, Ricardo, Eliabe, Marquinhos de Braz e outros).

TítulosEditar

Estaduais

Sub-20

  • Campeonato Metropolitano de Futebol União - CMFU - 1 (2015)[2]

Feminino

Campanhas de DestaqueEditar

AtualidadeEditar

Hoje, o Cruzeiro vem executando atividades nas categorias de base, com escolinhas das categorias sub-10, sub-13 e sub-15, formando atletas e homens de bem para a cidade; Participando de competições de base a nível estadual; Participando do Campeonato Municipal de Macaíba, promovido pela Liga Macaibense de Desporto (LMDE); Desde o início do mandato da atual gestão, o Cruzeiro conta com 1 ano e 5 meses invicto na cidade de Macaíba, totalizando 21 partidas (ultima derrota foi para o América-RN em 02 de fevereiro de 2011).

O Cruzeiro tem também vem executando atividades no Futebol Feminino, onde é atualmente bi - campeão estadual e disputa o Brasileirão Feminino A2 . O Cruzeiro também vem desenvolvendo projetos para o futuro, visando a melhoria das instalações de infra-estrutura e patrimônio do clube.

Em 2018, após anos em inatividade, o Cruzeiro disputou o Campeonato Potiguar - Segunda Divisão, enfrentou Palmeira de Goianinha e Alecrim pelo Grupo B, mas acabou eliminado na primeira fase.

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. «"Cruzeiro/RN (BRA)"». Futebol Nacional. Consultado em 12 de fevereiro de 2016 
  2. «Sub 19: Cruzeiro vence Globo de virada e é Campeão Metropolitano invicto». Cruzeiro de Macaíba. Consultado em 13 de agosto de 2020