Abrir menu principal
Diagrama da batida do Cururu
Tempos do ritmo Cururu


Cururu é um ritmo musical bastante utilizado na música caipira.[1] Cururu é o repente, um combate poético, um desafio em trovas ao som de violas caipiras. Nasceu como canto religioso, marcado pela batida de pé.[2]

Índice

Músicas com o ritmo do CururuEditar

  • Amor em Segredo (Claudionor - Nicanor)
  • Campeão Piracicabano (Teddy Vieira - Ado Benatti)
  • Canoeiro (Zé Carreiro - Alocin)
  • Facão de Penacho (Piraci - Lourival dos Santos)
  • O Menino da Porteira (Teddy Vieira - Luizinho)
  • Peito Sadio (Raul Torres)
  • Pirangueiro (Zé Carreiro)
  • Sapo Cururu (Braz da Viola)

BibliografiaEditar

  • Araújo, Rui Torneze de (1998). Viola Caipira. Estudo Dirigido. São Paulo: Irmãos Vitale S/A. 64 páginas. CDD 787.3 
  • Corrêa, Roberto (2000). A Arte de Pontear Viola. Brasília/Curitiba: Edição do Autor. 259 páginas. ISBN 85-901603-1-9 
  • Moura, Reis (2000). Descomplicando a Viola. Método Básico de Viola Caipira. 1. Brasília: Edição do autor. 62 páginas. ISBN 85-901637-1-7 
  • Queiroz, Eusébio Divino de (2000). Repertório de Ouro para Viola Caipira. São José do Rio Preto: Ricordi. 76 páginas 
  • Viola, Braz da (1992). A Viola Caipira. São Paulo: Ricordi. 47 páginas 
  • Viola, Braz da (1999). Manual do Violeiro. São Paulo: Ricordi. 74 páginas 

Referências

  1. Corrêa, Roberto (2000). A Arte de Pontear Viola. Brasília/Curitiba: Edição do Autor. 259 páginas. ISBN 85-901603-1-9 
  2. O Poema Narrativo da Canção Caipira (Dissertação de Mestrado)[ligação inativa]

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.