Abrir menu principal

Dan Smith

cantor e compositor da banda Bastille.
Dan Smith
Dan Smith (2015)
Informação geral
Nome completo Daniel Campbell Smith
Nascimento 14 de julho de 1986 (33 anos)
Local de nascimento Londres, Reino Unido
Nacionalidade britânico
Gênero(s) Rock alternativo
Ocupação(ões) Músico, cantor, compositor e produtor
Instrumento(s) Piano, canto, teclado, percussão e escaleta
Período em atividade 2008–presente
Gravadora(s) Virgin Records, Virgin EMI Records, Capitol Music Group e Universal Music Group
Afiliação(ões) Bastille
Página oficial bastillebastille.com

Dan Smith (Londres, 14 de julho de 1986) é um cantor, compositor, músico e produtor britânico.[1] É o vocalista e fundador do grupo musical de indie rock Bastille,[2] cuja formação se concretizou em 2010 e conquistou popularidade em massa com o single "Pompeii" em 2013.[3][4]

Carreira soloEditar

Aos quinze anos, Smith começou a escrever letras de músicas e, com seu piano e teclado, apresentava-as secretamente para seus amigos e familiares. Apesar de guardar o segredo de que compôs diversas canções, mas sem nenhuma repercussão, um amigo escolar descobriu e o inscreveu em uma competição local, cujo prêmio seria a gravação e produção de uma música em um estúdio profissional e a realização de um show.[5] Dan Smith aceitou participar e conseguiu gravar várias canções, incluindo "Alchemy", "Words Are Words" e "Irreverence". Ele não alcançou um sucesso satisfatório em sua carreira solo, todavia continuou escrevendo, até que seu amigo de quarto, Ralph Pelleymounter, da atual banda To Kill a King, decidiu formar um projeto chamado "Annie Oakley Hanging", formando uma dupla, a qual também não conseguiu repercussão.[6]

Após finalizar seus estudos, Smith retornou a Londres onde continuou perseguindo sua carreira solo. Depois de receber um folhetim, sua mãe ligou para o músico Chris 'Woody' Wood, que ficou observando seus trabalhos estudantis. Smith quis conhecê-lo, e entraram em um consenso para formar uma banda. Portanto, Dan Smith e Chris Wood decidiram iniciar esse trabalho, e se uniram a Kyle Simmons e Will Farquarson.

DiscografiaEditar

Ano Detalhes do Álbum Singles
2013 Bad Blood (por Bastille)[7]
  1. "Laura Palmer"
  2. "Bad Blood"
  3. "Flaws"
  4. "Overjoyed"
  5. "Pompeii"
  6. "Things We Lost in the Fire"
2013 All This Bad Blood (por Bastille)[8]
  1. "Of the Night"
  2. "Oblivion"
2014 VS. (Other People's Heartache, Part III) (por Bastille)
  1. "Torn Apart"
2016 Wild World (por Bastille)
  1. "Good Grief"
  2. "Fake It"
  3. "Send Them Off!"
  4. "Blame"
  5. "Glory"

Referências

  1. Lane, Daniel (1 de janeiro de 2014). «The Official Top 40 Biggest Artist Albums of 2013». Official Charts Company. Consultado em 5 de maio de 2014 
  2. «Rock Albums: Year End 2013». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 18 de dezembro de 2014 
  3. Horton, Matthew (1 de março de 2013). «Review of Bastille – Bad Blood». BBC Music. Consultado em 20 de junho de 2013 
  4. «Album – Classifica settimanale WK 11 (dal 10-03-2014 al 16-03-2014)» (em Italian). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 20 de março de 2014 
  5. «Bastille's Dan Smith: The quiet man who can't stop singing». Arts Entertainment. Independent. Consultado em 2 de abril de 2015 
  6. «Unstoppable Pharrell scores chart record hat-trick as Happy smashes a». Officialcharts.com. Consultado em 8 de junho de 2014 
  7. «Bastille – All This Bad Blood (Deluxe Edition)». Target. Consultado em 8 de junho de 2014 
  8. «Bad Blood by Bastille». Amazon UK (UK). Consultado em 23 de abril de 2014 

Ligações externasEditar