Dandara Guerra

actriz brasileira
Dandara Guerra
Nome completo Dandara Carneiro Guerra
Nascimento 10 de outubro de 1983 (36 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
Progenitores Mãe: Cláudia Ohana
Pai: Ruy Guerra
Cônjuge Álamo Facó (c. 2010)

Dandara Carneiro Guerra (Rio de Janeiro, 10 de outubro de 1983) é uma atriz brasileira.

Filha da atriz Cláudia Ohana e do cineasta, poeta e dramaturgo moçambicano Ruy Guerra. Foi casada com o músico Rafael Rocha, com quem tem um filho, Martim.[carece de fontes?] Dandara é casada com o ator Álamo Facó, de quem tem um filho, Arto, nascido em 2012.[1]

Em alguns trabalhos, é creditada como Dandara Ohana.

Biografia e carreiraEditar

A estreia no cinema aconteceu no longa-metragem de Sérgio Resende - Guerra de Canudos[2], em (1997). Sua personagem Teresa era filha do casal interpretado por Marieta Severo e Paulo Betti, e irmã de Cláudia Abreu.

Em (1999), participou do filme Traição[3], baseado na obra de Nelson Rodrigues. Neste, foi dirigida por Cláudio Torres e contracenou com Fernanda Torres, Drica Moraes, Pedro Cardoso, Daniel Dantas e Ludmila Dayer.

Em (1998) atuou em Estorvo[4], dirigido por Ruy Guerra.

Em (2002), faz o papel de Maria na minissérie Aquarela do Brasil, da Rede Globo, escrita por Lauro César Muniz, colaboração de Rosane Lima e direção de Marcelo Travesso e Carlo Milani, e direção geral e núcleo de Jayme Monjardim e Carlos Magalhães.

Em (2005), trabalhou como assistente de direção e montagem do curta Dolores[5], protagonizado por Cláudia Ohana e como estagiária de montagem de O Veneno da Madrugada[6], dirigido por Ruy Guerra.

Em (2006), interpretou a personagem Júlia em 1972[7], comédia romântica produzida por Ana Maria Bahiana e dirigida José Emilio Rondeau.

Sua última participação como atriz na TV foi na série Os Buchas[8], do Canal Oi, em (2009).

CarreiraEditar

TelevisãoEditar

CinemaEditar

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.