Abrir menu principal
Darren Till
Informações
Nascimento 24 de dezembro de 1992 (26 anos)
Liverpool, Merseyside[1]
Nacionalidade inglês
Outros nomes The Gorilla
Altura 1,85 m
Peso 84 kg
Divisão Peso-meio-médio (2014–2019)
Peso-médio (2013–2014, 2019–presente)
Envergadura 189 cm[2]
Modalidade Muay thai, Luta livre esportiva
Luta por Liverpool, Merseyside, Inglaterra
Equipe Astra Fight Team (Brasil)[3]
Team Kaobon (Inglaterra)[4]
Graduação Mestre em Muay thai[2]
     Faixa roxa em Luta livre esportiva[2]
Período em
atividade
2010–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 21
Vitórias 18
Por nocaute 10
Por finalização 2
Por decisão 6
Derrotas 2
Por nocaute 1
Por finalização 1
Empates 1
Cartel amador
Total 3
Vitórias 3
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 7 de novembro de 2019

Darren Till (Liverpool, 24 de dezembro de 1992) é um lutador de artes marciais mistas inglês e ex-lutador profissional de kickboxing, que atualmente compete na categoria peso-médio do Ultimate Fighting Championship.[5]

BiografiaEditar

Till começou a treinar Muay Thai aos 12 anos, e se tornou profissional aos 15 anos de idade. Till fez a transição para o MMA quando era membro da Team Kaobaon, aos 17 anos, e foi campeão europeu no K-1.[6][7] Till se envolveu em uma briga numa festa, em agosto de 2012, e foi esfaqueado duas vezes nas costas. Foi uma experiência que quase o levou à morte, pois a facada fora profunda, ficando à um centímetro de sua artéria principal. Após o incidente, seu treinador, na época, o aconselhou a ir ao Brasil para treinar, pois viver em Liverpool causou muita distração em sua vida. Ele tomou este conselho e mudou-se para o Brasil para prosseguir a carreira no MMA e ensinar Muay Thai. Seu plano inicial era permanecer no Brasil por apenas seis meses, mas ele acabou ficando por três anos e meio.[8]

Carreira no MMAEditar

Início de carreiraEditar

Till passou grande parte de sua carreira inicial no MMA em Santa Catarina, onde ele fazia parte da Astra Fight Team. Ele compilou um cartel amador de 3-0, antes de se tornar profissional, e teve um total de 11 lutas no Brasil e uma luta na Argentina. Till lutou oito vezes somente em 2013, e seu cartel foi de 12-0-0, com sete TKO/KO's, antes de assinar com o UFC.[1]

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

2015Editar

Till enfrentou o brasileiro Wendell de Oliveira Marques em sua estreia no UFC, com nove dias de aviso, no UFC Fight Night: Condit vs. Alves, em 30 de maio de 2015. Oliveira dominou maior parte do primeiro round, levando até à grade e aplicando joelhadas no abdômen e na parte interna das coxas. No segundo round, Till levou Oliveira à knockdown, ficando por cima no chão, aplicando diversas cotoveladas. Ele nocauteou Oliveira e garantiu sua primeira vitória no UFC.[9]

Na próxima, Till enfrentou Nicolas Dalby, em 24 de outubro de 2015, no UFC Fight Night: Holohan vs. Smolka. Após uma luta com reviravoltas, o resultado foi um empate majoritário.[10][11] Ambos os lutadores foram premiados com o bônus de Luta da Noite.[12]

2017Editar

Após uma grande lesão no ombro e vários problemas pessoais, Till manteve-se fora de ação por um longo período de tempo, até que voltou para enfrentar Jessin Ayari, em 28 de maio de 2017, no UFC Fight Night: Gustafsson vs. Teixeira. Ele ultrapassou o limite do peso-meio-médio para lutas que não valem o cinturão, de 171 libras (77,6 kg), atingindo 5 libras (2,3 kg) acima do limite, e teve que ceder 20% de sua bolsa na luta para o adversário. Ele explicou que ultrapassou o peso devido ao longo tempo afastado das competições, e que seu corpo também não respondeu ao processo de corte de peso como no passado. Apesar desta difícil situação, Till superou Ayari nos cartões de pontuação, ganhando por decisão unânime.[13]

Em 1 de agosto de 2017, foi anunciado que Till havia assinado um novo contrato de cinco lutas com o UFC.[14]

Till enfrentou Bojan Veličković, em 2 de setembro de 2017, no UFC Fight Night: Volkov vs. Struve.[15] Till estendeu a sua série invicta, vencendo por decisão unânime.[16]

Till enfrentou Donald Cerrone, no dia 21 de outubro de 2017, no UFC Fight Night 118 [17] e manteve a invencibilidade ao nocautear o rival aos 4m20s do primeiro round.

Vida pessoalEditar

Além de seu inglês nativo, Till também pode falar português, pois aprendeu ao viver no Brasil por três anos e meio.[6] Ele voltou para Liverpool em dezembro de 2016.[18]

Como presente de aniversário surpresa para sua ex-namorada, que é a mãe de seu filho, ele fez uma tatuagem do rosto dela na parte superior de seu braço.[19]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 18-2-1   Kelvin Gastelum Decisão (dividida) UFC 244: Masvidal vs. Diaz 02/11/2019 3 5:00   Nova Iorque, Nova Iorque Retorno aos Médios.
Derrota 17-2-1   Jorge Masvidal Nocaute (soco) UFC Fight Night: Till vs. Masvidal 16/03/2019 2 3:05   Londres
Derrota 17-1-1   Tyron Woodley Finalização (estrangulamento d'arce) UFC 228: Woodley vs. Till 08/09/2018 2 4:19   Dallas, Texas Pelo Cinturão Meio Médio do UFC.
Vitória 17-0-1   Stephen Thompson Decisão (unânime) UFC Fight Night: Thompson vs. Till 27/05/2018 5 5:00   Liverpool Luta no Peso Casado (79,1 kg). Till não bateu o peso.
Vitória 16-0-1   Donald Cerrone Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Cerrone vs. Till 21/10/2017 1 4:20   Gdańsk Performance da Noite.
Vitória 15-0-1   Bojan Veličković Decisão (unânime) UFC Fight Night: Volkov vs. Struve 02/09/2017 3 5:00   Rotterdam
Vitória 14-0-1   Jessin Ayari Decisão (unânime) UFC Fight Night: Gustafsson vs. Teixeira 28/05/2017 3 5:00   Estocolmo Peso casado (176 lbs); Till não bateu o peso.
Empate 13-0-1   Nicolas Dalby Empate (majoritário) UFC Fight Night: Holohan vs. Smolka 24/10/2015 3 5:00   Dublin Luta da Noite.
Vitória 13-0   Wendell Oliveira Nocaute (cotoveladas) UFC Fight Night: Condit vs. Alves 30/05/2015 2 1:37   Goiânia Estreia no UFC.
Vitória 12-0   Laerte Costa e Silva Nocaute Técnico (socos) MMA Sanda Combat 09/05/2015 4 2:01   Apucarana
Vitória 11-0   Guillermo Martinez Ayme Decisão (unânime) Arena Tour MMA 20/12/2014 3 5:00   Buenos Aires
Vitória 10-0   Sergio Matias Finalização (chave de dedo) Aspera Fighting Championship 14 29/11/2014 2 3:05   Lages Estreia nos Meio Médios.
Vitória 9-0   Deivid Caubiack Nocaute (soco) Aspera Fighting Championship 11 30/08/2014 1 1:35   Curitibanos
Vitória 8-0   Cristiano Marquesotti Finalização (triângulo invertido) Curitibanos AMG Fight Champion 09/11/2013 1 4:45   Curitibanos
Vitória 7-0   Edson Jairo da Silva Nocaute Técnico (desistência) Predador Campos Fight 2 05/10/2013 3 4:00   Campos Novos
Vitória 6-0   Alexandre Pereira Nocaute (soco) Encontro dos Espartanos 10/08/2013 3 2:47   Blumenau
Vitória 5-0   Pedro Keller de Souza Nocaute (soco) Sparta MMA 7 15/06/2013 2 1:54   Balneário Camboriú
Vitória 4-0   Paulo Batista Nocaute (soco) Sparta MMA 6 28/05/2013 1 1:24   Itajaí
Vitória 3-0   Junior Dietz Nocaute Técnico (socos) São João Super Fight: Forja de Campeões 04/05/2013 1 1:24   São João Batista
Vitória 2-0   Muriel Giassi Nocaute Técnico (socos) Tavares Combat 6 06/04/2013 2 2:50   Palhoça
Vitória 1-0   Luciano Oliveira Ribeiro Decisão (unânime) Sparta MMA 3 23/02/2013 3 5:00   Balneário Camboriú

[1]

Referências

  1. a b c Sherdog.com. «Darren Till MMA Stats, Pictures, News, Videos, Biography - Sherdog.com». Sherdog. Consultado em 29 de maio de 2017 
  2. a b c «Darren Till - Perfil Official no UFC». UFC.com. Consultado em 3 de julho de 2019 
  3. «Darren Till | MMA Fighter Page | Tapology». Tapology (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2017 
  4. «UFC signs UK Muay Thai stylist for Goiania card». Bloody Elbow. 20 de maio de 2015. Consultado em 30 de maio de 2017 
  5. «Darren Till». UFC (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2017 
  6. a b MMACrazyTV.com (28 de maio de 2017), Darren Till on win over Jessie Ayari "Im a Gangster" UFC Fight Night Stockholm, consultado em 30 de maio de 2017 
  7. «Darren Till: From Liverpool to Brazil and back again - Fighters Only». Fighters Only (em inglês). 26 de maio de 2017. Consultado em 30 de maio de 2017 
  8. Best Fight Picks (15 de julho de 2016), UFC welterweight Darren Till on Half The Battle, consultado em 30 de maio de 2017 
  9. «Darren Till: From Liverpool to Brazil and back again - Fighters Only». Fighters Only (em inglês). 26 de maio de 2017. Consultado em 6 de junho de 2017 
  10. «MMADecisions.com». MMADecisions.com. Consultado em 29 de maio de 2017 
  11. «UFC Fight Night 76 results: Nicholas Dalby rallies to earn draw with Darren Till». MMAjunkie (em inglês). 24 de outubro de 2015. Consultado em 29 de maio de 2017 
  12. «UFC Fight Night 76 bonuses and awards: Darren Till, Nicolas Dalby and more take home $50,000 in Dublin». mmamania.com. 24 de outubro de 2015 
  13. «UFC Fight Night 109 results: Darren Till puts on striking clinic, cruises to win over Jessin Ayari». MMAjunkie (em inglês). 28 de maio de 2017. Consultado em 30 de maio de 2017 
  14. Mike Bohn (1 de agosto de 2017). «Unbeaten welterweight Darren Till signs new 5-fight UFC deal». mmajunkie.com 
  15. «Darren Till to face Bojan Velickovic at UFC Rotterdam: British ace on Fight Night 115 bill». Dailystar.co.uk (em inglês). 4 de agosto de 2017. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  16. «UFC-Rotterdam results: Darren Till strikes, showboats his way past Bojan Velickovic in crowd pleaser». MMAjunkie (em inglês). 2 de setembro de 2017. Consultado em 3 de setembro de 2017 
  17. Ryan Harkness (7 de setembro de 2017). «Donald Cerrone to fight Darren Till in UFC Gdansk main event». mmamania.com. Consultado em 7 de setembro de 2017 
  18. «Darren Till's road to UFC headliner? High school dropout, stabbed twice, cutting teeth in strange land». MMAjunkie (em inglês). 11 de setembro de 2017. Consultado em 11 de outubro de 2017 
  19. MMAFightingonSBN (30 de maio de 2015), UFC Fight Night 67: Darren Till Says He Didn't Get Paige VanZant Tattoo, consultado em 30 de maio de 2017 

Ligações externasEditar