David Low

George David Low (Cleveland, 19 de fevereiro de 1956Reston, 15 de março de 2008) foi um astronauta norte-americano.[1]

David Low
Nome completo George David Low
Nascimento 19 de fevereiro de 1956
Cleveland, Estados Unidos
Morte 15 de março de 2008 (52 anos)
Reston, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Progenitores Mãe: Mary Ruth McNamara
Pai: George Low
Cônjuge JoAnn Andochick
Filho(s)
  • Maggie
  • Chris
  • Abigail
Alma mater Universidade Washington
e Lee
Universidade Cornell
Universidade Stanford
Ocupação engenheiro aeroespacial
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Tempo no espaço 29d 18h 5min
Seleção Grupo 10 da NASA 1984
Tempo de AEV 5h 50min
Missões
Insígnia da missão STS-32 patch.png Sts-43-patch.png Sts-57-patch.png
Aposentadoria fevereiro de 1996

Formado em engenharia mecânica pela Universidade de Cornell com mestrado em Ciências em aeronáutica e astronáutica pela Universidade de Stanford, era filho de George Low, diretor de departamento dos programas Apollo e Gemini e o primeiro a sugerir ao presidente John F. Kennedy, em 1960, que os americanos poderiam colocar um homem na Lua em uma década.[2] Trabalhou na seção de engenharia de naves espaciais no Jet Propulsion Laboratory em Pasadena entre 1980 e 1984, quando foi selecionado para o curso de astronautas da NASA, qualificando-se no ano seguinte, conseguindo assim o objetivo que tinha desde os nove anos de idade.[2]

Veterano de três missões espaciais, seu primeiro voo foi em 9 de janeiro de 1990 integrando a tripulação da STS-32 Columbia, que colocou satélites em órbita. Nesta viagem, carregou consigo um par de meias de 159 anos pertencentes a Ezra Cornell, fundador da universidade que leva seu nome e alma mater de Low.[2] O segundo foi como engenheiro de voo da STS-43 Atlantis, em 2 de agosto de 1991, missão de oito dias em órbita. Seu último voo foi em 21 de junho de 1993, na STS-57 Endeavour, primeira missão do laboratório espacial Spacehab, em que realizou uma caminhada espacial de cinco horas e meia para reposicionamento de antenas do satélite EURECA e a avaliação de novas técnicas e ferramentas previstas para futuras missões espaciais, completando um total de 29 dias no espaço em três missões.[3]

Low morreu de câncer de cólon aos 52 anos em Reston, na Virgínia.[2]

Referências

  1. «David Low». NASA. Consultado em 2 de maio de 2016 
  2. a b c d Holley, Joe. «G. David Low, 52: Cerebral Astronaut Flew on 3 Shuttles». The Washington Post. Consultado em 17 de setembro de 2015 
  3. «George Low». Spacefacts. Consultado em 17 de setembro de 2015 


  Este artigo sobre astronautas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.