Diretor de Inteligência Nacional

O Diretor(a) de Inteligência Nacional (em inglês: Director of National Intelligence - DNI) é o funcionário do governo dos Estados Unidos - sujeito à autoridade, direção e controle do Presidente - exigido pela Lei de Reforma da Inteligência e Prevenção do Terrorismo de 2004 para:

Diretora de Inteligência Nacional
Estados Unidos
Seal of the Office of the Director of National Intelligence.svg
Selo oficial
Nomeado por Joe Biden (Presidente)
Duração Não possui mandato específico
Criado em 22 de abril de 2005
Primeiro titular John Negroponte
Website https://www.dni.gov/

Em 30 de julho de 2008, o presidente George W. Bush emitiu a Ordem Executiva 13470,[1] alterando a Ordem Executiva 12333 para fortalecer o papel do DNI.[2] Além disso, pela Diretriz de Diretiva Presidencial 19, assinada por Barack Obama em outubro de 2012, o DNI recebeu a responsabilidade geral pelo denúncia e proteção de fontes da Comunidade de Inteligência.

Segundo a lei, "em circunstâncias normais, é desejável" que o Diretor ou o Diretor Adjunto Principal de Inteligência Nacional seja um oficial comissionado de serviço ativo nas forças armadas ou tenha treinamento ou experiência em atividades e requisitos de inteligência militar. Apenas um dos dois cargos pode ser ocupado por um oficial militar em qualquer momento. O estatuto não especifica o grau que o oficial comissionado manterá durante seu mandato em qualquer posição. Em 20 de julho de 2010, o presidente Obama nomeou o general aposentado James R. Clapper para o cargo, que foi confirmado pelo Senado em 5 de agosto de 2010 e substituiu o diretor interino David C. Gompert. O DNI anterior era o almirante aposentado da Marinha Dennis C. Blair, cuja renúncia entrou em vigor em 28 de maio de 2010. Atualmente o cargo é ocupado por Avril Haines.[3]

Lista de diretoresEditar

N.º Diretor(a) Período em ofício Tempo de serviço Presidente
Sucedeu o cargo de Diretor de Inteligência Central
1   John Negroponte 21 de abril de 2005–
13 de fevereiro de 2007
1 ano, 298 dias George W. Bush
2   Mike McConnell 13 de fevereiro de 2007–
27 de janeiro de 2009
1 ano, 349 dias
3   Dennis C. Blair 29 de janeiro de 2009–
28 de maio de 2010
1 ano, 119 dias Barack Obama
  David Gompert
(interino)
28 de maio de 2010–
5 de agosto de 2010
69 dias
4   James Clapper 5 de agosto de 2010–
20 de janeiro de 2017
6 anos, 168 dias
  Mike Dempsey
(interino)
20 de janeiro de 2017–
16 de março de 2017
55 dias Donald Trump
5   Dan Coats 16 de março de 2017–
15 de agosto de 2019
2 anos, 152 dias
  Joseph Maguire
(interino)
16 de agosto de 2019–
20 de fevereiro de 2020
188 dias
  Richard Grenell
(interino)
20 de fevereiro de 2020–
26 de maio de 2020
96 dias
6   John Ratcliffe 26 de maio de 2020–
20 de janeiro de 2021
239 dias
  Lora Shiao
(interino)
20 de janeiro de 2021–
21 de janeiro de 2021
1 dia Joe Biden
7   Avril Haines 21 de janeiro de 2021–
presente
685 dias

Referências

  1. «Executive Order 13470». Federal Register. National Archives and Records Administration. 30 de julho de 2008. Consultado em 22 de novembro de 2016 
  2. «Bush Orders Intelligence Overhaul». The New York Times. Associated Press. 31 de julho de 2008 
  3. «Avril Haines se torna a primeira mulher a dirigir a inteligência dos EUA». Valor Econômico. Consultado em 22 de janeiro de 2021 

Ligações externasEditar