Abrir menu principal
Doris Benta Maria Löve
Nascimento 2 de janeiro de 1918
Kristianstad
Morte 25 de fevereiro de 2000 (82 anos)
São José
Cidadania Suécia
Cônjuge Áskell Löve
Alma mater Universidade de Lund
Ocupação botânico
Empregador Universidade de Montreal, Universidade de Manitoba, Universidade da Islândia

Doris Benta Maria Löve (Kristianstad, 2 de janeiro de 1918San Jose (Califórnia), 25 de fevereiro de 2000) foi uma botânica sueca que trabalhou na Islândia e nos Estados Unidos, junto com seu colega e marido, o islandês Áskell Löve, em fitogeografia.[1][2][3]

Índice

BiografiaEditar

Conheceu seu marido na Universidade de Lund enquanto estudavam Botânica e Genética Vegetal com Arne Müntzing. Sua tese de doutorado, aprovada em 1940, foi sobre a sexualidade do género Melandrium. Juntos obtiveram seus Ph.D. e demais graus de doutorados em Ciências e, por muitos anos, colaboraram em estudos e publicações de textos ainda muito solicitados actualmente.[4]

Áskell e Doris Löve realizaram numerosos estudos sobre o número cromossómico de diversos grupos de plantas e seu uso na sistemática vegetal, publicando numerosos artigos sobre esta temática.

Em 1951 mudaram-se para Winnipeg, onde ambos leccionaram na Universidade de Manitoba, e continuaram seus estudos científicos. Em 1955 passaram a leccionar na Universidade de Montreal.[4]

Em 1962, quando trabalhava em Montreal, foi a organizadora de uma influente conferência científica sobre o biota das regiões em torno do Atlântico Norte e sua história evolutiva, com contribuições, entre outros, de especialistas como Eric Hultén, Tyge W. Böcher, Hugo Sjörs, John Axel Nannfeldt, Knut Fægri, Bruce C. Heezen e Marie Tharp. Nesta conferência analisaram a teoria da deriva continental e seus efeitos na biografia da região do norte do Atlântico, uma ideia revolucionária à época. A conferência aconteceu na Islândia, com fundos da NATO.

Referências

Obras publicadasEditar

Doris Löve é autora, entre muitas outras, das seguintes obras:

  • 1947. Löve, Á; D Löve. Studies on the origin of the Icelandic flora. I. Cyto-ecological investigations on Cakile. Ed. Reykjavík. 29 pp.
  • 1953. Löve, Á; D Löve. Studies on Bryoxiphium. The Bryologist: 56; 3: 183-203
  • 1954. Löve, Á; D Löve. Cytotaxonomical Studies on the Northern Bedstraw. Am.Midland Naturalist: 52: 1: 88-105
  • 1956. Löve, Á; D Löve. Chromosomes & taxonomy of eastern North American Polygonum. Bot. 34(4): 501-521
  • 1975. Löve, Á; D Löve. Nomenclatural adjustments in some European monocotyledons. Folia Geobotanica Vol. 10, Nº 3, ISSN 1211-9520
  • 1961. Löve, Á; D Löve. Chromosome numbers of Central & Northwest European plant species. Ed. Stockholm, Distributor: Almqvist & Wiksell. 581 pp.
  • 1963. North Atlantic biota and their history; a symposium held at the University of Iceland, Reykjavík, July, 1962, under the auspices of the University of Iceland and the Museum of Natural History. / Sponsored by the NATO Advanced Study Institutes Program. Ed. Áskell Löve & Doris Löve. [Oxford] : Pergamon Press. 430 pp.
  • 1973. Traducción rusa de Vavilov: "Origen y Geografía de las Plantas Cultivadas"
  • 1974. Löve, Á; D Löve. Plant chromosomes. Ed. Vaduz: J. Cramer ; Beaverton, Ore. 184 pp.
  • 1974. Löve, Á; D Löve. Cytotaxonomical atlas of the Slovenian flora. Ed. Lehre: J. Cramer. 1241 pp.
  • 1975. Traducción rusa de Vavilov: "Cinco Continentes"
  • 1975. Löve, Á; D Löve. Cytotaxonomical atlas of the Arctic flora. 598 pp. Ed. Vaduz J.Cramer. ISBN 3768209768
  • 1977. Löve, Á; D Löve; REG Pichi Sermolli. Cytotaxonomical atlas of the Pteridophyta. Ed. Vaduz: J. Cramer. 398 pp.

Ligações externasEditar