Dreams (jogo eletrônico)

jogo eletrônico de 2020 desenvolvido pela Media Molecule

Dreams é um sistema de criação de jogos desenvolvido pela Media Molecule e publicado pela Sony Interactive Entertainment. Ele foi lançado mundialmente em 14 de fevereiro de 2020 exclusivamente para PlayStation 4. Dreams tem como foco "jogar, criar e compartilhar" e permite aos jogadores criarem conteúdos gerados pelo usuário na forma de jogos eletrônicos completos, lógica e mecânica de jogos, objetos tridimensionais, músicas, artes e muito mais. Esse conteúdo pode ser compartilhado ou remixado para ser usado nas criações de outras pessoas. No dia 1 de maio de 2020, a Media Molecula anunciou que Dreams tem um trial que os jogadores podem usar para experimentar o jogo.[1]

Dreams
Desenvolvedora(s) Media Molecule
Publicadora(s) Sony Interactive Entertainment
Diretor(es) Mark Healey
Projetista(s) Mark Healey
John Beech
Christophe Villedieu
Steve Belcher
Programador(es) Alex Evans
David Smith
Artista(s) Kareem Ettouney
Francis Pang
Jon Eckersley
Emilie Stabell
Plataforma(s) PlayStation 4
Lançamento 14 de fevereiro de 2020
Gênero(s) Sistema de criação de jogos
Modos de jogo Um jogador
Multijogador

JogabilidadeEditar

Dreams apresenta um modo campanha desenvolvido pela Media Molecule, conhecido como Art's Dream, e um ambiente em que os usuários podem criar seus próprios jogos para que outros possam jogar, ou jogar uma lista crescente de jogos criados por outros.

Em Dreams, os jogadores controlam um "imp", que é usado para interagir com o mundo do jogo (como um cursor do mouse), criar novos itens e personagens e manipular objetos, agarrando-os e puxando-os.[2] Os jogadores movem o imp usando os controladores DualShock 4 ou o PlayStation Move.[3] O imp é personalizável e pode possuir personagens apresentados em um sonho, permitindo que os jogadores assumam o controle direto desses personagens.[4][2]

Os níveis de Dreams são separados por diferentes segmentos conhecidos como "sonhos", e esses sonhos são conectados por diferentes portais, como portas.[2] Os jogadores encontram quebra-cabeças diferentes no jogo, que devem ser resolvidos usando as habilidades do imp e dos personagens possuídos, bem como os objetos que os jogadores recuperaram em um sonho.[5] Os itens coletados pelos jogadores podem ser usados ​​para alterar e modificar o estado do mundo do jogo.[6]

Os jogadores podem criar seus níveis no jogo usando objetos personalizados ou pré-criados.[7] Os jogadores podem compartilhar seus sonhos realizados online.[8] O modo multiplayer cooperativo é apresentado no jogo, permitindo que os jogadores criem e manipulem seus sonhos personalizados juntos.[9]

RecepçãoEditar

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Destructoid 9.5/10[10]
Edge 10/10[11]
Game Revolution      [12]
GameSpot 9/10[13]
IGN 9/10[14]
Jeuxvideo.com 18/20[15]
The Guardian      [16]
Pontuação global
Agregador Nota média
Metacritic 89/100[17]

Dreams foi muito bem recebido pela crítica especializada. De acordo com o agregador de resenhas Metacritic, o jogo mantém uma nota média de 89/100 com base em 77 avaliações, indicando "críticas geralmente favoráveis".[17]

Referências

  1. Nunes, Tiago (1 de maio de 2020). «Dreams para PlayStation 4 agora tem Trial». GameHub.pt. Consultado em 5 de maio de 2020 
  2. a b c Purchese, Robert (27 de outubro de 2015). «Watch: What you actually do in Media Molecule's new game Dreams». Eurogamer. Gamer Network. Consultado em 21 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2015 
  3. Kuchera, Ben (15 de junho de 2015). «Dreams is the new game from Media Molecule, allowing you to create using the Dual Shock 4». Polygon. Vox Media. Consultado em 21 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2015 
  4. Nunneley, Stephany (27 de outubro de 2015). «Here's a gameplay demo of Media Molecule's Dreams show today at Paris Games Week». VG247. Gamer Network. Consultado em 21 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2015 
  5. Alvarez, Edgar (27 de outubro de 2015). «Media Molecule's 'Dreams' beta coming to PS4 in 2016». Engadget. Oath Inc. Consultado em 21 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2015 
  6. Takahashi, Dean (16 de dezembro de 2015). «Media Molecule's Dreams encourages incredible levels of user creativity». VentureBeat. Consultado em 21 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2015 
  7. Frank, Allegra (27 de outubro de 2015). «Explore Dreams, Media Molecule's latest, with a first look at gameplay». Polygon. Vox Media. Consultado em 21 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2015 
  8. Hussain, Tamoor (15 de junho de 2015). «LittleBigPlanet Dev Reveals Dreams for PS4 at E3 2015». GameSpot. CBS Interactive. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  9. Welch, Chris (15 de junho de 2015). «Dreams is the most surreal game we've ever seen on PlayStation 4». The Verge. Vox Media. Consultado em 21 de dezembro de 2015 
  10. «Review: Dreams». Destructoid. Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  11. Bryan (21 de março de 2020). «EDGE #344 review scores». Nintendo Everything. Consultado em 5 de abril de 2020 
  12. «Dreams PS4 Review | Squeezing your creative juices». Game Revolution. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  13. «Dreams Review - Create And Play». GameSpot. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  14. Cardy, Simon (13 de fevereiro de 2020). «Dreams Review». IGN. Ziff Davis. Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  15. «Test du jeu Dreams sur PS4». Jeuxvideo.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  16. Reuben, Nic (20 de fevereiro de 2020). «Dreams review – creative learning as delightful play». The Guardian. Guardian Media Group. Consultado em 20 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 20 de fevereiro de 2020 
  17. a b «Dreams for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. CBS Interactive. 13 de fevereiro de 2020. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 

Ligações externasEditar