Eborico

rei suevo

Rei suevo (583-584), também é chamado Eurico.[1] Sucedeu a seu pai Miro.[1] Viu-se forçado a reconhecer a supremacia dos visigodos, o que deu origem a uma revolta da aristocracia e à sua queda do poder. Foi assassinado por Andeca, o qual se casou, à força, com a mãe de Eborico (viúva de Miro) e se proclamou rei.[1]

Eborico
Cidadania Reino da Galiza
Progenitores

Referências

  1. a b c Arias, Jorge C. (2007). «Identity and Interaction: The Suevi and the Hispano-Romans». University of Virginia: 32 

Ligações externasEditar

Precedido por
Miro
Reino Suevo
583 - 584
Sucedido por
Andeca