Economia da Finlândia

A Finlândia possui uma economia de mercado altamente industrializada, com produção per capita maior que a do Reino Unido, França, Alemanha e Itália. O padrão de vida finlandês é elevado. O setor chave de sua economia é a indústria - principalmente madeireira, metalurgia, engenharia, telecomunicações (destaque para a Nokia) e produtos eletrônicos. O comércio externo é importante, representando cerca de 1/3 do PIB. Com exceção de madeira e de vários minérios, a Finlândia depende de importações de matérias primas, energia, e alguns componentes de bens manufaturados.

Economia da Finlândia
Helsinki
Moeda Euro (EUR)
Ano fiscal ano calendário
Blocos comerciais União Europeia, OMC
OCDE e outras
Estatísticas
PIB $247.2 mil milhões (2012 est.) (54º lugar)
Variação do PIB 0,3% (2012 est.)
PIB per capita $36.700 (2011 est.) (PPP)
PIB por setor agricultura: 2.6%; indústria: 29.1%; serviços: 68.2% (2010 est.)
Inflação (IPC) 3.3% (2011 est.)
População
abaixo da linha de pobreza
17.9% em risco de pobreza ou exclusão social[1]
Coeficiente de Gini 28.2 (2010)[2]
Força de trabalho total 2,818 milhões (2011))[3]
Força de trabalho
por ocupação
agricultura e florestas 4.5%, indústria 18.3%, construção civil 7.3%, comércio 16%, finanças, seguros e negócios 14.5%, transporte e comunicações 7%, serviços públicos 32.4% (2008)
Desemprego 7.3% (2012 est.)[4]
Principais indústrias metais e produtos de metal, eletrônicos, máquinas e instrumentos científicos, construção naval, celulose e papel, alimentos, produtos químicos, têxteis, roupas
Exterior
Exportações $78.83 mil milhões (2011 est.)
Produtos exportados equipamentos elétricos e óticos, máquinas, equipamentos de transporte, papel e celulose, produtos químicos, metais básicos; madeira, minério de ferro é produtos de aço;
Principais parceiros de exportação  Suécia 11.8%

 Alemanha 10%
 Rússia 9.2%
 Países Baixos 6.8%
 Reino Unido 5.2%
 Estados Unidos 4.9%
 China 4.7% (2011)

Importações $80.34 mil milhões (2011 est.)
Produtos importados alimentos, petróleo e derivados, produtos químicos, equipamentos de transporte, máquinas, fios e tecidos, grãos
Principais parceiros de importação  Rússia17.6%
 Suécia 13.6%
 Alemanha 13.6%
 Países Baixos 7.6%
 China 4.2% (2011)
Dívida externa bruta $370.8 mil milhões (30 de junho de 2010)
Finanças públicas
Receitas $129.4 mil milhões (2012 est.)
Despesas $134 mil milhões (2012 est.)
Fonte principal: [[5] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

Por causa do clima rigoroso, o desenvolvimento da agricultura é limitado a produtos básicos de subsistência. A exploração madeireira, uma importante fonte de renda, fornece um segundo trabalho para a população rural.

O processo de rápida integração à Europa Ocidental - a Finlândia foi um dos 11 países que aderiram ao Euro - dominará o cenário dos próximos anos. O crescimento do país foi fraco em 2002 e se reduziu novamente em 2003 devido à depressão global.

O país é o quarto no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial.[6]

Comércio exteriorEditar

Em 2020, o país foi o 41º maior exportador do mundo (US $ 73,3 bilhões, 0,4% do total mundial). Na soma de bens e serviços exportados, chega a US $ 107,4 bilhões, ficando em 36º lugar mundial.[7][8] Já nas importações, em 2019, foi o 43º maior importador do mundo: US $ 73,5 bilhões.[9]

Setor primárioEditar

AgriculturaEditar

A Finlândia produziu, em 2018[10]:

Além de produções menores de outros produtos agrícolas.[11]

PecuáriaEditar

Na pecuária, a Finlândia produziu, em 2019, 2,3 bilhões de litros de leite de vaca, 168 mil toneladas de carne suína, 130 mil toneladas de carne de frango, 87 mil toneladas de carne bovina, entre outros.[12]

Setor secundárioEditar

IndústriaEditar

O Banco Mundial lista os principais países produtores a cada ano, com base no valor total da produção. Pela lista de 2019, a Finlândia tinha a 44ª indústria mais valiosa do mundo (US $ 39,6 bilhões).[13]

Em 2019, a Finlândia era o 38ª maior produtor de veículos do mundo (114 mil) e o 37ª maior produtor de aço (3,5 milhões de toneladas).[14][15][16] O país também era o 7º maior produtor mundial de papel em 2019.[17]

EnergiaEditar

Nas energias não-renováveis, em 2020, o país não produzia petróleo.[18] Em 2019, o país consumia 193 mil barris/dia (57º maior consumidor do mundo).[19][20] O país foi o 31º maior importador de petróleo do mundo em 2013 (236 mil barris/dia).[21] Em 2020, o país quase não produzia gás natural.[22] Em 2010 a Finlândia era a 33ª maior importadora de gás do mundo (4,7 bilhões de m3 ao ano).[23] O país também não produz carvão.[24] Em 2019, a Finlândia tinha 4 usinas atômicas em seu território, com uma potência instalada de 2,7 GW.[25]

Nas energias renováveis, em 2020, a Finlândia era o 28º maior produtor de energia eólica do mundo, com 2,4 GW de potência instalada, e o 51º maior produtor de energia solar do mundo, com 0,3 GW de potência instalada.[26]

MineraçãoEditar

Em 2019, o país era o 5º maior produtor mundial de cromo,[27] o 17º maior produtor mundial de enxofre[28] e o 20º maior produtor mundial de fosfato[29]

Recursos Naturais

Existem alguns recursos de urânio na Finlândia, mas até o momento nenhum depósito comercialmente viável foi identificado para a mineração exclusiva de urânio.[30]

  • Ouro
  • Prata
  • Urânio
  • Madeira
  • Minério de Ferro
  • Cobre
  • Zinco
  • Níquel
  • Calcário

Setor terciárioEditar

TurismoEditar

Em 2018, o país recebeu 3,2 milhões de turistas internacionais. As receitas do turismo, neste ano, foram de US $ 3,6 bilhões.[31]

ComunicaçãoEditar

Código Postal
  • Código Postal: 5 dígitos
Telefone
  • Linhas telefônicas: 2.548.000
Celular
  • Linhas telefônicas móveis: 5.000.000+
  • Freqüencia do celular
    • GSM 900
    • GSM 1800
    • UMTS 2100
  • Tecnologia do Celular
    • GSM
    • GPRS
    • EDGE
    • UMTS

Ligações externasEditar

Referências

  1. «In 2011, 24% of the population were at risk of poverty or social exclusion» (PDF). Luxembourg: Eurostat. 3 de dezembro de 2012. Consultado em 9 de março de 2013. Arquivado do original (PDF) em 24 de dezembro de 2012 
  2. http://www.stat.fi/til/tjkt/2010/tjkt_2010_2011-12-16_tie_001_en.html
  3. [1]
  4. Eurostat Desemprego
  5. «The World Factbook». Consultado em 9 de março de 2013. Arquivado do original em 29 de novembro de 2006 
  6. The Global Competitiveness Index 2011-2012 rankings
  7. Trade Map - List of exporters for the selected product in 2018 (All products)
  8. Market Intelligence: Disclosing emerging opportunities and hidden risks
  9. «International Trade Statistics». International Trade Centre. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  10. Finland production in 2018, by FAO
  11. Finland production in 2018, by FAO
  12. Produção da pecuária da Finlândia em 2019, pela FAO
  13. Fabricação, valor agregado (US $ corrente)
  14. World vehicle production in 2019
  15. World crude steel production
  16. Global crude steel output increases by 3.4% in 2019
  17. WorldPaperMill
  18. Annual petroleum and other liquids production
  19. Statistical Review of World Energy, June 2020
  20. The World Factbook — Central Intelligence Agency
  21. Annual petroleum and other liquids production
  22. CIA. The World Factbook. Natural gas - production.
  23. CIA Gas imports
  24. Statistical Review of World Energy 2018
  25. Nuclear Share of Electricity Generation in 2019
  26. RENEWABLE CAPACITY STATISTICS 2021
  27. USGS Chromium Production Statistics
  28. USGS Sulfur Production Statistics
  29. USGS Phosphate Production Statistics
  30. «Uraanikaivokset». www.gtk.fi. 18 de março de 2015 
  31. Destaques do turismo internacional