Edith Siqueira

actriz brasileira

Edith Siqueira (Santo André, 20 de setembro de 1956São Paulo, 2 de julho de 1996) foi uma atriz brasileira.[1]

Edith Siqueira
Nascimento 20 de setembro de 1956
Santo André, SP
Morte 2 de julho de 1996 (39 anos)
São Paulo, SP

BiografiaEditar

Antes de se tornar atriz ela foi repórter-fotográfica. A carreira como atriz começou em 1977 no teatro experimental. Participou de espetáculos como "Áulis", "As Guerreiras do Amor", "Tâmara" e "Os Ventos e os Valdes".

Foi casada com o ator e diretor Celso Frateschi com quem fez vários espetáculos e, quando faleceu, preparava com o marido a montagem da peça Silvânia".

Na televisão estreou em 1979, em um pequeno papel na telenovela "Cara a Cara", na TV Bandeirantes. Na mesma emissora ela ainda participaria de "Todo Poderoso" e da minissérie "Colônia Cecília". Na TV Globo fez as minisséries "Avenida Paulista", "O Tempo e o Vento" e "Sampa", e na TV Manchete a minissérie "Rosa dos Rumos".

Ela morreu em 1996, depois de lutar contra um câncer por mais de um ano.[1]

Na TelevisãoEditar

Ano Título Personagem
1979 Cara a Cara Maria Tonha
O Todo Poderoso
1982 Avenida Paulista
1985 O Tempo e o Vento Maruca
1988 Sampa Vera
1989 Colônia Cecília Adele
1990 Rosa dos Rumos Luiza

Referências

  1. a b «Atriz Edith Siqueira morre aos 39 de câncer». www1.folha.uol.com.br. 26 de julho de 1996. Consultado em 24 de setembro de 2019