Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Edmundo I
Rei dos Ingleses
Reinado 27 de outubro de 939
a 26 de maio de 946
Coroação c. 29 de novembro de 940
Antecessor(a) Etelstano
Sucessor(a) Edredo
 
Esposas Edgiva de Shaftesbury
Etelfleda de Damerham
Descendência Eduíno de Inglaterra
Edgar de Inglaterra
Casa Wessex
Nascimento 921
  Wessex, Inglaterra
Morte 26 de maio de 946 (25 anos)
  Pucklechurch, Wessex, Inglaterra
Enterro Abadia de Glastonbury, Glastonbury
Pai Eduardo, o Velho
Mãe Edgiva de Kent

Edmundo I (921 - 26 de maio de 946), também chamado de Edmundo, o Velho, o Justo ou o Magnífico, foi Rei de Inglaterra entre 939 e 946, sucedendo ao seu irmão Etelstano. Era um dos filhos de Eduardo, o Velho.

Edmundo perdeu o pai quando era criança, em 924, quando seu meio-irmão de 30 anos, Atelstano, subiu ao trono. Edmundo cresceria no reinado de Atelstano, participando inclusive da Batalha de Brunanburh na sua adolescência em 937.

Atelstano morreu no ano de 939, quando o jovem Edmundo chegou ao trono.Edmundo lidou com várias revoltas e invasões dos reinos vizinhos ao que era então Inglaterra. O Rei Olaf III Guthfrithson conquistou a Nortúmbria e invadiu as Midlands; quando Olaf morreu em 942, Edmundo reconquistou as Midlands.[1] Em 943, Edmundo tornou-se padrinho do rei Olaf de York. Em 944, Edmund foi bem sucedido em reconquistar a Nortúmbria[2]. No mesmo ano, seu aliado Olaf de York perdeu seu trono e partiu para Dublin na Irlanda. Olaf tornou-se o rei de Dublin como Amlaíb Cuarán e continuou aliado a seu padrinho.

Estabeleceu uma aliança com o rei Malcolm I da Escócia onde ficaram determinadas as fronteiras entre os dois países. Edmundo foi um defensor do cristianismo e fundou diversos mosteiros.

Em 946, Edmundo foi assassinado durante um banquete por Leofa, um homem que havia sido exilado da corte. Como os seus filhos, Eduíno e Edgar, eram apenas crianças à data da sua morte, foi sucedido pelo irmão Edredo.

ReferênciasEditar

  1. Edmund I (king of England), "Edmund-I" Encyclopædia Britannica
  2. David Nash Ford, Edmund the Magnificent, King of the English (AD 921-946), Early British Kingdoms.
  Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Etelstano
Rei de Inglaterra
939 - 946
Sucedido por
Edredo